Início > Ano Pastoral, D. António Couto, Eventos, Igreja, Jesus Cristo, Notícias, Oração, Visitas Pastorais > Visita Pastoral de D. António Couto à Paróquia do Touro

Visita Pastoral de D. António Couto à Paróquia do Touro

SONY DSC

Porque a Visita Pastoral é um “acontecimento de graça que, de algum modo, reflete aquela tão especial visita com a qual o Supremo Pastor, Jesus Cristo, visitou e redimiu o seu povo”, a Comunidade de São Sebastião de Touro preparou-se para receber, no dia seis de novembro, o nosso Pastor Sr. D. António Couto, para “no meio de nós ser a transparência pura de Jesus Cristo e ajudar a encher de mais amor e alegria a família de Deus”.

Para este evento, a Paróquia  preparou-se com um tríduo de oração e reflexão nos dias vinte e sete, vinte e oito e vinte e nove de outubro, orientado pelo Rev. P. José Alfredo, que nos indicou caminhos para melhor conhecermos a missão do nosso Bispo, a profundidade e momento de graça que é a Visita Pascal.

Continuamos, no dia três de novembro, com a Visita Pastoral no Centro Paroquial de Touro. Foi recebido com uma grande salva de palmas, um ramos de flores e com uma saudação de boas-vindas feita por um membro da Direção, com representação do Município de Vila Nova de Paiva. Veio o ponto mais alto da visita ao Lar com a celebração da Eucaristia e administração da Santa-Unção aos utentes e muitas pessoas da comunidade, onde, mais uma vez, o Sr. Bispo mostrou a sua proximidade, incentivando-os nas suas dificuldades, não perdendo a confiança em Jesus, Amigo dos doentes. Teve lugar, depois o almoço no Lar, terminando com o agradecimento feito pelo Presidente da Direção. Depois do almoço, o Sr. Bispo, acompanhado do pároco e várias pessoas, visitaram os doentes. Foram momentos de alegria e agradecimento estampados no rosto dos nossos doentes pelas palavras de estímulo e confiança do nosso Bispo. Continuamos para a visita pelas Capelas de Nosso Senhor da Boa Sorte, lugar propício à oração e meditação, São Martinho, Santo Antão com bela paisagem para o Touro, São Francisco, Santo António e Santa Ana situadas na mesma localidade de Touro. Por volta das dezoito horas, foi o encontro com o Conselho Pastoral e Catequistas, onde o Sr. Bispo destacou a necessidade de a Igreja ser viva, dinâmica, atenta, tudo fazendo para que não nos acomodemos, pelo que já fazemos, mas nos sintamos sempre inquietos para que estejamos tranquilos.

SONY DSC

Sexta-feira, dia quatro, foi a vez de visitarmos os vários lugares da paróquia de Touro. Iniciou-se pela Capela do Viduínho com excelente e ímpar vista panorâmica sobre a zona, passando pela Cerdeira, Póvoa, Lage Gorda e Adomingueiros com a presença de todo o povo em cada uma das localidades, saudando, convivendo e rezando com o Sr. Bispo.

Dia cinco, sábado, com a presença do Sr. D. António, foi a vez do Jubileu das Almas, onde a Comunidade Paroquial pode encher-se de Jesus Cristo através do Sacramento da Penitência, com a Eucaristia e Ofícios pelas almas dos irmãos falecidos e romagem ao Cemitério, onde rezamos pelas almas, cujos corpos aí estão sepultados. Depois do almoço, foi a vez dos mais pequenos: catequese e jovens para uma reunião com o Sr. Bispo, onde mostrou a proximidade, o carinho para com as crianças.

SONY DSC

 Finalmente o dia da Visita Pastoral: toda a paróquia recebeu e cumprimentou os Srs. Bispos D. António e D. Jacinto, acompanhados pelo Vigário Geral, junto à Capela de São Francisco com palmas, ramos de flores, palavras de boas-vindas proclamadas pelo Senhor Presidente da Junta. Seguimos para a casa onde nasceu o Sr. Bispo D. Alberto, Bispo que foi de Leiria-Fátima, prestando-lhe homenagem no centenário do seu nascimento. Foram palavras sobre a vida do homenageado, proferidas pelo Sr. D. Jacinto. Continuamos para a entrada do adro, onde contemplamos a encenação das obras de misericórdia corporais por pessoas de todas as idades, seguindo para a entrada da Igreja, onde o Sr. Bispo beijou a Cruz Paroquial. Deu-se início à Eucaristia com a procissão de entrada, onde o Senhor Bispo, mais uma vez, nos mostrou a necessidade de na Igreja se criarem ministros da esperança, baseados no Senhor Jesus vivo no meio de nós para exercermos a fraternidade, porque todos somos filhos de Deus. Terminada a Eucaristia, foi servido um almoço convívio no Centro Paroquial com a presença de todos os que quiseram almoçar com o Sr. Bispo.

A todos, o nosso muito obrigado.

Pereira Duarte,  in Voz de Lamego, ano 86/50, n.º 4386, 8 de novembro de 2016

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: