Arquivo

Archive for Junho, 2013

Ordenações Sacerdotais

O Sr. D. António José da Rocha Couto, Bispo de Lamego, conferirá a ordenação sacerdotal, no próximo dia 30 de Junho, ao Diácono Adriano Filipe Assis e ao Diácono António Júlio Fernandes Pinto. O Solene Pontifical terá início pelas 15h30, na Igreja Catedral de Lamego.

O Diác. Adriano Filipe Assis é natural de Vila Nova de Foz Côa. Frequentou o Seminário de Nossa Senhora de Lourdes, em Resende, e, posteriormente, o Seminário Maior de Lamego. Está a realizar o seu estágio na Paróquia de S. Pedro de Tarouca.

O Diác. António Júlio Fernandes Pinto também é natural de Vila Nova de Foz Côa. Frequentou o Seminário Maior de Lamego desde 2007 e está a realizar o seu estágio pastoral na Paróquia de Santa Maria Maior de Almacave, na cidade de Lamego.

Esta ocasião, vivida neste Ano da Fé, será propícia para agradecermos a Deus o dom da vocação e implorar, com generosidade, que Ele continue a enviar operários para a Sua messe.

13 de Junho em Fátima: D. Jacinto Botelho preside às celebrações

ImagemO Bispo Emérito de Lamego, D. Jacinto Botelho, presidirá, nos dias 12 e 13 de Junho, à Peregrinação Internacional Aniversária de Junho no Santuário de Nossa Senhora de Fátima. 

O programa, entre as várias celebrações, inclui a recitação do terço, procissão de velas e a Eucaristia no dia 12 de Junho, à noite, e a recitação do terço e a Eucaristia na manhã do dia 13. 

A Peregrinação deste mês de Junho terá, como tema, “Dêmos razões da nossa esperança” (cf. 1 Pe 3, 15) e pode ser acompanhada através do site do Santuário de Fátima.

 

Categorias:Uncategorized

Voz de Lamego, edição de 11 de Junho de 2013

Imagem

Categorias:Uncategorized

Renovação da consagração ao Imaculado Coração de Maria

Imagem

No dia em que a Liturgia da Igreja celebrou a sua memória, que este ano ocorreu a 8 de Junho, a Paróquia da Sé renovou a consagração da cidade de Lamego e das suas famílias ao Imaculado Coração de Maria.

Foi há 25 anos, a 08 de Junho de 1988, que, em resposta aos apelos de Nossa Senhora na Cova da Iria para que triunfe o seu Imaculado Coração, que a cidade de Lamego se consagrou, pela primeira vez ao Coração virginal da Virgem Maria. Como sinal visível dessa consagração, construiu-se um pequeno monumento, junto do cemitério de Santa Cruz. Nesse monumento, pode venerar-se a imagem do Imaculado Coração de Maria. Anualmente, tem-se renovado essa consagração. O mesmo aconteceu no passado sábado. Pelas 16h00, a imagem do Imaculado Coração foi levada, em procissão presidida pelo Sr. Cón. José Ferreira, Pároco da Sé, desde o monumento até à Igreja Catedral, enquanto se recitou o terço. Já na Sé, houve tempo de confissões e foi o tempo dedicado à oração pessoal. Pelas 18h00, foi recitado o terço diante da imagem do Imaculado Coração de Maria. Às 18h30, teve início a Santa Missa, presidida pelo Sr. D. António Couto, Bispo de Lamego, a qual também foi concelebrada  pelo Mons. Joaquim Dias Rebelo, Vigário Geral, pelo Cón. José Ferreira, Pároco da Sé e pelo Pe. José Alfredo Patrício, Assistente do Grupo da Imaculada.

Na sua homilia, e comentando as leituras propostas para o Domingo X do Tempo Comum, o Sr. Bispo de Lamego afirmou que o Evangelho do dia (Lc 7, 11-17) relatava duas procissões: uma da morte, a do enterro do filho único de uma viúva, da cidade de Naim; e outra, da vida, constituída por Jesus, os seus discípulos e “uma grande multidão”. E, no encontro dessas duas procissões, a vida venceu, pois Jesus, compadecido, ressuscitou aquele jovem. Ao terminar a sua homilia, o Sr. D. António afirmou que, nessa ocasião, Nossa Senhora iria, também, em procissão pelas ruas de Lamego, ao encontro das pessoas, das famílias e que esta também constituía uma procissão da vida, já que o Imaculado Coração de Maria, à semelhança de Deus, também estava de visita ao seu povo. “Esta Senhora representa a vida, já que ela soube reconhecer o tempo da visita de Deus”, afirmou o Sr. Bispo. E continuou: “Hoje é o dia de nós reconhecermos que Deus está de visita à nossa cidade, que está de visita a nossas casas, que está de visita a cada um de nós.”

Ao terminar a Eucaristia, o Sr. Bispo e os sacerdotes presentes impuseram o escapulário a cerca de 30 pessoas, que desejam consagrar as suas vidas, de um modo particular, ao Imaculado Coração de Maria.

Por fim, a procissão regressou da Sé ao Monumento, com a preciosa ajuda dos Escuteiros de dos Bombeiros de Lamego, onde se procedeu à renovação de Lamego e das suas famílias, ao Imaculado Coração de Maria.

O Grupo da Imaculada é um movimento de leigos, fundado pela Sra. Maria das Candeias, que promove a consagração das Paróquias, famílias e pessoas ao Imaculado Coração de Maria, procurando, desse modo, responder aos apelos que Nossa Senhora deixou aos Pastorinhos de Fátima de difundir a devoção ao seu Imaculado Coração.

Categorias:Uncategorized

Peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora da Lapa

_U0A3485

O dia 10 de Junho é a data escolhida, desde há vários anos, por várias Paróquias da Diocese de Lamego para peregrinar ao Santuário de Nossa Senhora da Lapa. Este ano não foi excepção, e cerca de três dezenas de Paróquias rumaram àquele Santuário da Virgem Maria. Esta peregrinação foi precedida por uma novena preparatória cuja pregação, este ano, esteve a cargo do Rev. Pe. Manuel de Oliveira Couto, sacerdote da Arquidiocese de Braga.

_U0A3434

A partir das 09h00 do dia 10 de Junho, as várias Paróquias, acompanhadas dos respectivos Párocos, iniciaram as procissões, rezando e cantando, até ao Santuário.

Pelas 11h30, o Sr. D. António Couto, Bispo de Lamego, seguindo atrás do andor da imagem peregrina de N. S. da Lapa, presidiu à procissão que, saindo do Santuário, se dirigiu para o recinto onde foi celebrada a Eucaristia.

Na sua homilia, o Prelado de Lamego, partindo dessa bela oração que é o Magnificat, pronunciada, pela primeira vez, pela Virgem Maria, afirmou: “Hoje são os olhos bondosos de Deus, os seus olhos carinhosos, deixai-me dizer, com as palavras que a Escritura usa, os olhos maternais de Deus, que se fixam nos seus filhos queridos, porque Deus nunca pode esquecer os seus filhos e filhas.” E continuou o Sr. Bispo: “Aqui estamos bem, pois aqui sentimo-nos acolhidos. Aqui sentimos que há um olhar novo que vela sobre nós, que vela por nós. Sentimos que há umas mãos carinhosas, que acariciam o nosso rosto e o nosso coração. E é por isso que vimos a este e a outros Santuários, onde veneramos a Virgem Maria.” Fazendo referência ao Ano da Fé, o Sr. D. António afirmou: “O Ano da Fé deve ser isto, que hoje está aqui a acontecer: vindos de tantos lugares diferentes, sentimo-nos mais filhos, e mais irmãos; juntamo-nos lado a lado, capazes de nos compreendermos e de traçarmos, juntos, rumos mais fraternos, mais maternos e mais solidários.”

A Santa Missa foi contou com a presença do Mons. Joaquim Dias Rebelo, Vigário Geral da Diocese, e ainda com cerca de vinte sacerdotes, várias congregações religiosas e um número muito elevado de fiéis.

O Rev. Pe. José Amorim, Reitor do Santuário de Nossa Senhora da Lapa, informou os presentes que a imagem peregrina venerada neste Santuário será levada à cidade de Guimarães, no próximo dia 16 de Junho, para uma peregrinação mariana que será promovida naquela cidade ao longo de todo esse dia.

 Pe. José Alfredo Patrício

In Voz de Lamego, 2013.06.11

Galeria fotográfica

 

A família Kolping de Figueira

Por Manuel Correia

No dia 2 de Junho, a Família Kolping de Figueira, celebrou o seu 27.º aniversário! A Eucaristia foi presidida pelo Praeses Nacional, Padre Dr. João Carlos Morgado e concelebrada pelo Cónego Dr. José Manuel Melo, pároco de Figueira. 

No início da Eucaristia, o senhor Evaristo Santos, mentor e benemérito, exaltou a figura de Mons. Ilídio Fernandes e o espírito do Beato Adolfo Kolping. Na homilia, o Praeses Nacional aproveitou para destacar o valor do dia que estávamos a celebrar, do Santíssimo Corpo de Deus, associando este acontecimento ao espírito do Beato Adolfo Kolping que, no séc. XIX, desenvolveu um carisma que valoriza e defende os trabalhadores. O Presidente da Obra Kolping de Portugal, Prof. José Manuel Lopes dos Santos, entregou ao Sr. António Martins, com 99 anos, uma condecoração pelo seu empenho e dedicação à Obra.

Toda a Direcção e todos os elementos da Família Kolping de Figueira estão de parabéns pelo bom trabalho que têm realizado em proveito da Obra Kolping e da Igreja em geral e pelo empenho que puseram na concretização deste evento.

Categorias:Uncategorized

Seminário de Resende acolheu encontro de Pré-Seminário

Nos dias 1 e 2 de junho, o Seminário Menor de Resende acolheu treze participantes para o terceiro encontro de pré-seminário deste ano pastoral. Vindos de diversas paróquias da diocese, ali se reuniram para rezar, conviver e conhecer melhor esta realidade diocesana, disponível para os ajudar a crescer e a acompanhar no discernimento possível.

Os dois primeiros encontros são vividos pelos participantes em pequeno grupo, sem a presença dos seminaristas. Neste último, a presença dos seminaristas proporciona um encontro alargado e um convívio que visa dar a 

conhecer a vida nesta casa de formação.

Os jovens do pré-seminário tiveram também oportunidade para conversar individualmente com o Senhor Vice-Reitor, Padre António José Ferreira, e com o Senhor Director Espiritual, Padre João Carlos da Costa Morgado. O diálogo, mesmo que breve, é sempre ocasião para conhecer melhor quem chega e para algumas orientações na caminhada que se aponta.

De acordo com informações do Sr. Vice-Reitor, seis destes jovens poderão integrar o Seminário Menor no próximo ano pastoral, juntando-se aos doze seminaristas que o frequentam neste ano.

In Voz de Lamego, 2013/06/04

Categorias:Uncategorized