Início > Editorial > Editorial Voz de Lamego: Para uma vida simples

Editorial Voz de Lamego: Para uma vida simples

A simplicidade e a leveza são caminho para uma vida feliz e abençoada, ainda que não garantam ausência de dificuldades, contratempos e sofrimento. Quando vivemos atolados de coisas e de preocupações temos dificuldade em nos encontrarmos e em nos abrirmos aos outros, pois deixamos de ter tempo, disposição e disponibilidade, deixamos de ter paciência, caindo na ansiedade, na pressa, no medo de perdermos o que conquistamos ou de deixarmos algo importante por fazer ou por viver, como se o mundo dependesse apenas de nós!

A simplicidade leva-nos ao outro como somos, sem máscaras nem disfarces, transparecemos o que somos na pele, no sorriso, no olhar, no abraço, sem subterfúgios, sem engodos, nem malabarismos. É a simplicidade que torna mais leve a nossa vida. Temos tanto, tantas coisas e tantos afazeres que, por vezes, não temos tempo para nós, para o descanso, para o louvor, para a gratidão, para apreciar um café, o nascer do sol, a brisa da tarde, o cantar de um pássaro, a brincadeira de um gato. Tão ocupados e cheios de nós que não temos tempo para os outros, para um abraço, para um sorriso partilhado, para um encontro, um lanche, uma caminhada, não temos tempo para um telefonema, para a escuta atenta e tranquila, para palavras calmas e doces e reconfortantes.

A simplicidade faz-nos pobres e peregrinos, despertos para a aprendizagem, para a partilha, disponíveis para caminharmos com os outros, descobrindo com eles novos encantos, apoiando-nos neles na dureza do caminho, contando com a sua ajuda e sabedoria nas adversidades.

Uma pessoa que se reconhece pobre sabe que depende dos outros para sobreviver e tocar a vida para a frente. Bem-aventurados os pobres em espírito, os humildes, os simples, porque deles é o Reino de Deus.

A simplicidade e a pobreza fazem-nos pender para o outro. Não sobreviveremos sozinhos e muito menos seremos felizes sozinhos. A simplicidade faz-nos agradecidos. Só uma pessoa grata se abre à vida, se predispõe a apreciar a beleza e todo o bem que chega dos outros. O contrário de uma pessoa agradecida é uma pessoa ensimesmada, soberba, arrogante, fechada em si, sob isolamento e distância de todos, vive no rancor e no lamento constante. Só uma pessoa grata é capaz de experimentar a alegria.

A simplicidade enriquece-nos com a vida e a sabedoria dos outros e faz-nos querer a sua alegria e que a sua vida seja abundante.

A simplicidade da vida irmana com a humildade e com a pobreza, com a consciência da nossa condição pecadora, da nossa fragilidade e da nossa dependência aos outros e ao Totalmente Outro que, em Cristo, Se faz Totalmente Próximo.

A simplicidade não conjuga com ingenuidade, mas com inteligência e sabedoria, procurando que o que somos, o que temos, a relação com os outros nos prepare e fortaleça para as tempestades, e nos dê asas para mutuamente nos ajudarmos a atravessar os vendavais. “Sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas” (Mt 10, 16).

Inspira-nos, neste editorial, o novo livro de Marta Arrais, presença habitual na Voz de Lamego, “Guia para uma vida simples”. Como em relação às suas crónicas, também recomendamos uma leitura atenta e relaxada destes textos que preenchem este guia. É um convite à simplicidade, a tirar da mochila o que nos pesa e nos impede os abraços. Mesmo em tempo de pandemia!

Por outro lado, há de inspirar-nos o tempo de Quaresma, que agora iniciamos. É um desafio à simplicidade, ao despojamento, a abdicar do acessório em prol dos outros, a buscar o essencial, é um apelo à conversão a Jesus Cristo e ao seu modo de amar, perdoar, ao Seu jeito de acolher e de Se dar. A oração, o jejum e a penitência são instrumentos para nos despojarmos de nós, nos abrirmos à graça de Deus e para prestarmos atenção aos mais indigentes. É esta a simplicidade que gera vida nova. Coloquemos o olhar em Deus que nos ensina a fraternidade.

Pe. Manuel Gonçalves, in Voz de Lamego, ano 92/16, n.º 4647, 2 de março de 2022

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers gostam disto: