Arquivo

Posts Tagged ‘Zona Pastoral de Sernancelhe’

Vista Pastoral de D. António Couto em Ponte do Abade

13103265_10154107903946684_2184227983206681231_n

Ponte do Abade

Para esta comunidade cristã, pouco habituada à presença de tão ilustre figura, a visita pastoral constituiu um momento marcante e emocionante. Como habitualmente, as pessoas mais frágeis, idosos e doentes, são os primeiros a serem visitados nas suas casas. Tal acontecimento, torna-se surpreendente e inédito para quem nunca pensou ter a dita de receber o bispo da diocese na sua própria casa. O contentamento espelha-se no olhar, a voz fica embargada, não há palavras  para expressar o que vai na alma. Depois de alguns minutos de conversa, vem o convite à oração, acompanhado do sacramento do conforto, esquecem-se as dores e as mágoas; chora-se, mas de alegria e solta-se um desejo: “senhor bispo, venha mais vezes”.

Pelas 17h30, dirigimo-nos para a capela de Nª Srª do Amparo. Uma linda passadeira de flores indicava o caminho daquele local sagrado, onde tanta gente rezou, pediu e agradeceu favores à Mãe do Céu, Aquela que sempre nos orienta e ampara. À chegada, o povo aclamou o prelado com uma salva de palma e um lindíssimo ramo de flores. D.António depois de agradecer e cumprimentar cada um dos presentes, presidiu à Santa Missa, neste dia que é dedicado a santa Catarina de Sena, padroeira da Europa. Na homilia, muito rica de conteúdo, comentou os textos bíblicos, convidando-nos a caminhar na luz e a sermos simples e humildes, procurando em Jesus o verdadeiro alívio descanso de que tanto precisamos. Fez também uma alusão à vida e missão de santa Catarina de Sena, relacionando-a com a vida da Virgem Maria.

Após a Eucaristia houve um encontro com a população na sede da Associação Abadense. Num clima de muita abertura e simplicidade, foram colocadas algumas questões relacionadas com a comunidade, a família e a igreja. A todas o nosso bispo respondeu com clareza e aproveitou para lançar alguns desafios aos leigos, que, disse ele, devem ser mais protagonistas na evangelização. Para reforçar o convívio e reparar as forças um lanche abundante foi partilhado no final.

in Voz de Lamego, ano 86/22, n.º 4361, 3 de maio de 2016

Visita Pastoral de D. António Couto na Paróquia da Cunha

visita-cunha

A Paróquia de São Facundo da Cunha recebeu a Visita de Dom António Couto. Depois de visitar os doentes, conhecer os belos recantos da terra e de partilhar com a população, este tempo de alegria só podia encerrar com a celebração da Eucaristia no dia 24 de abril.

Deste modo, o povo, ao nascer do sol, pôs mãos à obra para construir um tapete de flores representando a realidade paroquial e salientando a vontade de uma aldeia simples, mas cheia do calor de quem procura o ideal de ser misericordioso como o Pai.

Numa celebração em que os cânticos ficaram a cargo de um coro constituído pelas várias gerações da Cunha, o Senhor Bispo realçou a necessidade de levar a cabo nas nossas vidas este mandamento tão belo: “Amai-vos uns aos outros, como Eu vos amei”. Foi uma forma de lançar o desafio a todos de ir ao encontro do outro, cuidar do outro, estar com o outro, este outro que é o nosso irmão.

Como não podia deixar de ser, um lanche partilhado na Escola fechou a visita do nosso Pastor, ficando bem claro o desejo de se repetir mais momentos destes, mais momentos em que todos sentimos que sim…somos Igreja!

Grupo de Jovens, in Voz de Lamego, ano 86/22, n.º 4361, 3 de maio de 2016

Conselho Pastoral Arciprestal: Moimenta, Tabuaço e Sernancelhe

arciprestado moimenta1

O Conselho Pastoral Arciprestal de Moimenta da Beira, Tabuaço e Sernancelhe reuniu pela primeira vez, no passado domingo, dia 11 de Janeiro pelas 15 horas, no Centro Paroquial de Moimenta da Beira.

Cerca de 30 pessoas estiveram presentes representando as diversas paróquias dos referidos concelhos.

Nesta reunião, após a oração inicial e apresentação de todos os elementos, foram explicadas as funções destes conselhos pastorais e qual a ligação entre este e o Conselho paroquial e diocesano.

Por último, foi ainda debatido o plano pastoral proposto para este ano.

Certos que com estas reuniões nos sentiremos mais acompanhados e apoiados nas respetivas paróquias, aguardamos com fé cada etapa deste percurso.

Dulce Santos, Paróquia de Arcos, Tabuaço

in VOZ DE LAMEGO, n.º 4297, ano 85/10, de 20 de janeiro de 2015