Arquivo

Posts Tagged ‘Zona Pastoral de Resende’

Peregrinação da Zona Pastoral de Resende a Santa Maria de Cárquere

IMG_0827

Decorreu no dia 24 (4.º domingo de maio) a Peregrinação da Zona Pastoral de Resende a Santa Maria de Cárquere presidida pelo nosso Bispo, D. António Couto. Mais uma vez, cumpriu-se a tradição dos nossos antepassados e fomos em massa ao Santuário da Mãe agradecer as graças que por seu intermédio nos vão sendo concedidas.

As celebrações começaram, pelas 10h15, com as procissões das quinze paróquias do concelho que caminharam para o lugar da celebração entoando a ladainha dos santos e cânticos de louvor a Maria. Chegados ao local, deu-se início à eucaristia da Solenidade do Pentecostes. O Senhor Bispo, nas palavras que nos dirigiu na homilia, convidou-nos a acolher com serenidade os dons do Espírito Santo como Maria e a disponibilizar-nos para deixar que Deus atue nas nossas vidas pela ação do mesmo Espírito. Como no Pentecostes foram vencidas as fronteiras que a separação das línguas tinha estabelecido entre os povos, assim nós, como membros desta Igreja que nasce do Pentecostes, devemos ser construtores desta “família de Deus” que tem por base a relação da nossa filiação divina e da fraternidade universal. Na resposta ao plano de pastoral diocesano, o Senhor Bispo desafia-nos a construir “com mais amor” esta família diocesana à qual pertencemos, tornando-nos mais irmãos e, levados ao colo de Maria, melhores filhos de Deus.

Durante a celebração foram confirmadas seis dezenas de jovens provenientes das comunidades paroquiais do concelho. Como aos apóstolos no dia de Pentecostes, também os jovens foram convidados a deixar que o Espírito Santo os fizesse sentir mais irmãos e membros da família dos filhos de Deus e construtores da fraternidade, quebrando todas as fronteiras que nos dividem ou separam.

De regresso ao seu templo o andor de Santa Maria percorreu o espaço da celebração campal pelo meio da multidão que acenava com lenços brancos despedindo-se da Mãe, entoando cânticos de louvor e dirigindo-lhe preces pelas nossas comunidades, por cada um de nós e pela sua Igreja.

A celebração terminaria pelas 13h e decorreu num espírito de verdadeira homenagem à Mãe de Deus e nossa. O espaço natural com sombra abundante tornou-se acolhedor para que todas as pessoas pudessem sentir-se bem sob o manto azul do céu e acariciados bela brisa suave do Espírito Santo.

Mais uma vez, a Peregrinação da Zona Pastoral de Resende a Santa Maria de Cárquere se tornou num marco importante da vida pastoral do nosso concelho e principalmente da vivência do mês de Maio como o mês mariano por excelência. Que Maria tenha sentido a sinceridade da nossa gratidão e continue a abençoar-nos e a cumular-nos com as suas graças.

Pe. José Augusto Marques,

in Voz de Lamego, n.º 4315, ano 85/28, de 26 de maio de 2015

Zona Pastoral de Resende | Formação |> A Jovem Família de Deus

familia-resende1

No dia 17 de janeiro de 2015, a partir das 9:30, realizou-se no Seminário de Nossa Senhora de Lourdes, em Resende, uma Formação denominada “A Jovem Família de Deus” sobre como edificar uma família em coexistência com um alicerce essencial à vida humana: DEUS, procurando construir a Família de Deus tendo como modelo Jesus, Maria e José.

Esta sessão de formação direccionada para os jovens da zona arciprestal de Resende foi bastante enriquecedora, uma vez que foram partilhadas opiniões de um seminarista, um sacerdote e casais (namorados católicos, recém-casados e um casal com 28 anos de matrimónio), cujas experiências de vida, testemunhos expressados se basearam neste conceito de Família com o intuito de tentar demonstrar aquilo que deve ser uma Família alicerçada na relação que estabelecemos com Deus.

Os aspetos mais relevantes que os casais referiram foram o facto de que não nos devemos só lembrar de Deus quando querermos afirmar o nosso amor por alguém, como por exemplo, no momento do matrimónio. Mas sim reconhecermos desde o início, a importância de uma caminhada com Deus, em que estejamos sempre “de mãos dadas” e perante a aliança que se fundará numa junção matrimonial, determinando um compromisso, não só com a pessoa que estará connosco para a vida, mas também reafirmando a nossa fé na presença de Deus.

No fim desta receção de conhecimento vivencial, dirigimo-nos ao refeitório do Seminário onde foi abençoada a refeição que tomamos.

Finalmente exprimimos toda a nossa satisfação com um cântico que se designava “Sonhei” e recitámos uma oração à Sagrada Família escrita pelo Papa Francisco e, assim, deu-se por terminado mais um encontro que consolidou o significado de partilha, que foi acolhido com grande recetividade, pelos jovens de Barrô, São João de Fontoura, São Martinho de Mouros e Resende da Zona pastoral de Resende.

Ana Cláudia, Gotas d’Orvalho, in VOZ DE LAMEGO, n.º 4297, ano 85/10, de 20 de janeiro de 2015