Arquivo

Posts Tagged ‘Zona Pastoral de Cinfães’

Visita Pastoral de D. António Couto em Nogueira e Piães

Visita Pastoral de D. António Couto às Paróquias de São Cristóvão de Nogueira e São Tiago de Piães

De 1 a 5 de novembro as paróquias de São Cristóvão de Nogueira e São Tiago de Piães (Cinfães) receberam a Visita Pastoral do seu Pastor Diocesano, D. António Couto.

Em dia de Todos os Santos estas comunidades acolheram com grande alegria D. António Couto que com elas louvou a Deus pela e na Comunhão dos Santos. A todos convidou à santidade e este povo na sua simplicidade, diversidade, beleza e cor confirmou com a sua presença e fé a determinação de prosseguir o caminho da Santidade. Aqui, as crianças e adultos encheram o caminho até às Igrejas Paroquiais de variadíssimas flores com diferentes tonalidades.  Havia beleza no chão ornamentado, mas também, e melhor ainda, havia amor e alegria no coração das pessoas que recebiam o seu Bispo. No fim da tarde, os crismandos reuniram-se para escutar a palavras sensíveis, encorajadoras e esclarecedoras daquele que os desafiou a serem “Cristos” porque vão ser Crismados.

O dia 2 foi destinado à comunidade de São Tiago de Piães. No início da tarde, visitamos a Junta de freguesia. De seguida, houve celebrações na Igreja Paroquial, capela de Vilar de Arca e capela de Sanfins. Nestes três centros de culto foi possível viver serenamente o sacramento da Santa Unção.

O dia 3 foi passado com a comunidade de São Cristóvão de Nogueira. Iniciamos com a celebração no Lar de São Sebastião e administração da Santa Unção. Após o almoço visitou a Junta de freguesia. Durante a tarde percorremos os diversos centros de culto, tais como, capela da Ponte, capela de Vilar do Peso e Igreja Paroquial.

Nestes dois dias todos puderam receber essa “carícia de Deus” e sentir como Deus quer estar onde nós moramos. Alguns dos lugares das paróquias recebiam pela primeira vez a visita do Bispo da Diocese de Lamego. A proximidade e alegria, o carinho por tão ilustre presença era percetível em todos os rostos, desde os mais pequeninos aos mais idosos. No fim do dia, houve a oportunidade de encontro com os agentes da pastoral paroquial da comunidade de São Cristóvão de Nogueira.

O dia 4 foi o momento em que o Sacramento da Confirmação foi administrado na Igreja paroquial de São Tiago de Piães. Pelas 15h00 os 38 crismandos receberam a unção do Crisma, sinal de maturidade na fé, consciência da graça e fortaleza para o compromisso. No fim, reuniram-se os responsáveis dos diversos sectores e ministérios desta comunidade com o seu Bispo. Nestes encontros todos foram convidados a serem mais participativos, a gerarem dinâmicas de testemunho de Cristo vivo, de amor diário aos irmãos e a sermos uma verdadeira família.

No dia 5 a comunidade de São Cristóvão de Nogueira mais os 18 crismandos viveram com entusiasmo o sacramento da Confirmação.

Ao Senhor D. António as duas comunidades estão gratas pela oportunidade, presença, proximidade, testemunho, dom e afeto que receberam e sentiram.

As paróquias de São Cristóvão de Nogueira e São Tiago de Piães

in Voz de Lamego, ano 87/49, n.º 4435, 7 de novembro de 2017

Visita Pastoral de D. António Couto à paróquia de Nespereira – Cinfães

Esteve entre nós, desde o passado dia 5 de Outubro até ao dia 8 do mesmo mês, o Bispo de Lamego, Sua Excelência Reverendíssima, o Senhor Bispo D. António José da Rocha Couto, venerando Bispo da Diocese de Lamego.

Esta visita, está inserida no calendário das visitas pastorais às paróquias da Zona Pastoral de Cinfães.

No dia 5, pelas 16:30, foi recebido na Capela de S. Brás, onde celebrou missa e administrou o Sacramento da Santa Unção a várias dezenas de idosos vindos de toda a paróquia e do lar de idosos. Agradecemos a disponibilidade da direção do Lar pelo transporte que realizaram com muita eficiência. Todos sentiram um contentamento ímpar pela oportunidade de receberem, por parte de D. António, a Santa Unção.

De seguida dirigimo-nos para o Centro Paroquial. Sua Excelência Reverendíssima teve um encontro com os Crismandos e seus padrinhos para lhes explicar o sentido do Sacramento que iriam receber no domingo seguinte. Convidou-os a viverem segundo o Evangelho, a acolherem os dons de Deus, tornando-se membros vivos da comunidade cristã. Ler mais…

Visita Pastoral de D. António Couto em Tarouquela e em Espadanedo

A visita pastoral decorreu entre os dias 17 a 21 de Outubro. O Sr. D. António Couto visitou o  o centro escolar de Tarouquela e a Escola da Lavra em Espadanedo onde foi presenteado com duas calorosas receções por parte de toda a comunidade escolar. Foi visível a importância que teve a visita do nosso Bispo pelo cuidado demonstrado na sua preparação. As crianças na sua simplicidade fizeram as suas perguntas, cantaram e manifestaram a sua alegria de receber, ao qual foram correspondidas pela ternura e a proximidade do pastor: “estudai sempre toda a vida e sede felizes”.

Visitou também as juntas de freguesias, recentemente eleitas, desejando um profícuo trabalho em prol daqueles que neles depositaram a sua confiança. Benzeu as instalações do lar residencial CAO e SAD Nossa Senhora de Lurdes em Espadanedo, instituição que acolhe pessoas portadoras de deficiência e que contou sempre, desde a sua criação, com a parceria da diocese de Lamego. Foram momentos de uma beleza extraordinária de proximidade e de comunhão. Teve um encontro também com a direção da associação recreativa e cultural de Tarouquela visitando as suas instalações e de modo particular a sala de ensaio da banda de Tarouquela que é um ícone da freguesia e uma referência a nível nacional. Ler mais…

Visita Pastoral de D. António Couto na Paróquia de Cinfães

Na Carta que o nosso Bispo, D. António Couto, dirigia à Zona Pastoral de Cinfães, para preparar a Visita Pastoral às suas 18 paróquias, dizia, referindo-se às palavras do Diretóriopara o Ministério Pastoral dos Bispos: «a Visita Pastoral é um acontecimento de graça que, de algum modo, reflete aquela visita com a qual o Supremo Pastor, Jesus Cristo, visitou e redimiu o seu povo», e acrescentava: «como vosso bispo, compete-me, através da Visita Pastoral, ser no meio de vós a transparência pura de Jesus Cristo, e ajudar a encher de mais amor e alegria a família de Deus».

Foi esta preocupação que fomos constatando durante a Vista Pastoral do Senhor D. António à Paróquia de São João Baptista de Cinfães que ocorreu entre os dias 10 e 15 de outubro.

A visita começou ao início da tarde do dia 10 com a receção na Câmara Municipal, tendo depois passado pelo Registo Civil, pelo Tribunal, pela GNR, pelo Clube Desportivo de Cinfães, pelos Bombeiros Voluntários, pelo Centro de Saúde, terminando o dia na Academia de Artes de Cinfães. A visita à Repartição de Finanças, à segurança Social e à Junta de Freguesia, também prevista para este dia, só pôde ser concretizada no final da manhã do dia 13.

Em cada Instituição o Senhor Bispo foi acolhido com carinho e alegria por todos, tendo correspondido com a saudação a cada um dos presentes. Depois, teve sempre uma palavra de apreço pelo trabalho desempenhado em favor das pessoas. Foi-se inteirando das carências de cada instituição e das dificuldades da interioridade, mas também de tantas coisas positivas que, apesar disso, conseguiam realizar em favor de todos. Procurou ter sempre uma palavra de ânimo para com todos, sublinhando a importância do serviço dedicado às pessoas, sobretudo às que mais precisam.

A visita às Escolas iniciou-se no dia 11 de manhã, na escola do 1º Ciclo da Vila e depois na Escola Secundária, tendo sido concluída no dia 13 de manhã com a passagem pelo Agrupamento de Escolas, pela Escola do 1º Ciclo de Tuberais e pela Escola Profissional.

Nestas Instituições o Senhor Bispo contactou com as respetivas direções, professores, alunos e funcionários. A todos foi saudando e deixando palavras de simpatia e reconhecimento pelo trabalho e dedicação. Com os alunos insistiu particularmente na importância de amarem aquilo que fazem, isto é, o estudo, exortando-os a que o façam com alegria e dedicação, sabendo valorizar este tempo que é o mais belo das suas vidas. Ler mais…

SEMANA MISSIONÁRIA | “Com Maria IDE por todo o mundo”

Durante quatro dias (18 a 21 de maio) as comunidades de Moimenta, Fornelos e Travanca (Cinfães) diocese de Lamego, acolheram e viveram a chamada semana missionária, dinamizada pelos padres Fabrício Pinheiro, pároco das comunidades e delegado diocesano para as Obras Pontifícias Missionárias, Francisco Costa, o Dehoniano, João Batista, Consolata, Joaquim Pinho, Boa Nova; e pelas Irmãs Zélia Esteves, Reparadora do Coração Jesus, Isabel, da Boa Nova, Aurora e Arlete, Combonianas. Os missionários, pertencentes a vários Institutos Religiosos Missionários Ad Gentes (missões fora do país), estão congregados numa associação chamada ANIMAG, que significa Animadores Missionários Ad Gentes e cujos objetivos são: partilhar o entusiasmo do seu «sim» a Jesus Cristo; partilhar a sua vocação e experiencias missionárias, animar a fé dos crentes; propor a todas as «periferias» existências e geográficas a Boa Nova da Redenção.

Foram quatro dias intensos e de partilhas de fé extraordinários. Unidos ao pároco e à diocese de Lamego, a equipa propôs-se rezar e celebrar a Eucaristia com as comunidades; visitar os doentes; partilhar experiências missionárias feitas no Brasil, Sudão, Moçambique e Angola; participar da atividade diocesana da Jornada da Juventude em Nespereira; encontrar-se com os alunos da escola de Travanca e com as catequeses da infância e da juventude de todas as comunidades. Foi uma bela experiência de fé e de Igreja! “Vale a pena ser cristão” ouvia-se de vez em quando. Foram bem patentes o acolhimento e a alegria das pessoas, a sede de Deus e o desejo de ser cada vez mais membro ativo da Igreja e o desejo de colaborar com a obra de Deus nos espaços que habitamos e na união com os que partem para as fronteiras da missão.

Cabe aqui uma palavra de gratidão ao Padre Fabrício que desde a primeira hora acolheu e acarinhou a proposta missionária e nos apoiou em tudo o que foi necessário. Um obrigado de todo o coração às comunidades de Moimenta, Fornelos e Travanca pela alegria, coração aberto e ternura com que nos acolheram e pela experiência de fé que a todos enriqueceu. Obrigado também à Irmandade do Senhor dos Enfermos que na pessoa do pároco e da professora Cristina nos concederam guarida e a delicadeza atenta para que não nos faltasse nada. Bem hajam!

Que a chama do Amor de Deus continue a brilhar nas vossas comunidades e ilumine todos os recantos da vida quotidiana. Obrigado|

Pelo Animag

Pe Francisco Costa, scj e Presidente Nacional

Dos Animadores Missionários Ad Gentes

in Voz de Lamego, ano 87/28, n.º 4413, 23 de maio de 2017

Vigília de Oração pelas Vocações em Nespereira

Realizou-se no sábado passado, dia 6 de Maio, na paróquia de St.ª Marinha de Nespereira, arciprestado de Cinfães, a vigília diocesana de oração pelas vocações. Àquela igreja acorreram o Provigário da nossa diocese, Pe. João Morgado, em representação do Sr. Bispo, seminaristas e equipas formadoras dos dois Seminários da nossa diocese, Menor de Resende e Maior de Lamego, o pároco Pe. Augusto Marques, e alguns sacerdotes do arciprestado que se uniram aos fiéis daquela localidade para louvarem o Senhor da Messe pedindo-Lhe que encoraje mais homens e mulheres a dizer “sim” à questão “Quereis dar-vos a Deus?”. Importa lembrar que a vocação é dom de Deus que chama em vista da felicidade e realização pessoal de cada Homem por Ele amado… cooperando na construção do Seu Reino, nomeadamente pelo caminho do matrimónio, do sacerdócio, da vida religiosa consagrada e do laicado consagrado.

A Vigília iniciou-se pelas 21:00h. Seguiram-se-lhe momentos da oração, entoação de cânticos, leitura de passagens da Sagrada Escritura e reflexão diante de Jesus exposto na sagrada custódia. O seminarista Marcelo Moutinho também tomou da palavra para falar sobre a sua vocação onde definiu vocação como “Um grito de Deus ao ouvido da pessoa chamada”, terminando com uma frase de Rabindranath Tagore “Adormeci e sonhei que a vida era alegria; despertei e vi que a vida era serviço; servi e vi que o serviço era uma alegria.”.

E por fim para terminar a noite, houve um momento de convivo proporcionado pelo Padre Augusto, onde nos deliciou com uma ceia. Agradecemos assim a hospitalidade de todas as pessoas da paróquia e em especial ao Padre Augusto.

Continuem a rezar pelas vocações que nos continuaremos a rezar por todos vós.

 

Marcelo Moutinho (1º ano) et João Pereira (3º ano)

Seminaristas do Seminário Maior de Lamego,

in Voz de Lamego, ano 87/26, n.º 4411, 9 de maio de 2017

XXXII Jornada Diocesana da Juventude – 20 de maio

 

No dia 20 de Maio realiza-se em Nespereira – Cinfães, a XXXII Jornada Diocesana da Juventude, a qual se inicia com a Vigília de Oração na sexta-feira à noite, dia 19, pelas 21h30.

A fim de que todos os jovens possam aproveitar bem este encontro diocesano,  informamos que:

– Será enviado um documento com algumas propostas de “Encontros de Preparação”;

– A Equipa DDPJ pede que, se possível, os grupos participantes se inscrevam até dia 14 de Maio, enviando para o e-mail do Departamento o nome da paróquia/zona pastoral e o número de participantes;

– Serão disponibilizados os Cânticos da Eucaristia;

– Haverá estadia para os jovens que desejarem participar na Vigília de Oração;

– Os cartazes e demais material serão enviados para os sacerdotes;

– Qualquer questão ou pedido de material deve ser solicitado através do e-mail do Departamento: lamego.sdpj@gmail.com”

Diác. Luís Rafael,in Voz de Lamego, ano 87/25, n.º 4410, 2 de maio de 2017

Liga Portuguesa contra o Cancro: “Caminhamos com os resistentes”

caminhamos-com-os-resistentes

“Caminhamos com os resistentes” foi o lema que decidimos abraçar, atendendo às necessidades dos que mais precisam.

Por altura do Natal, o IPO do Porto, através da Liga Portuguesa contra o Cancro, lançou uma campanha de T-hirts para ajudar as crianças com cancro. Não olhamos para trás e em conversa com o nosso pároco quisemos também nós, como jovens, abraçar esta causa, muito mais porque também temos uma criança na nossa paróquia que sofre com esta terrível doença.

Atendendo ao desejo do nosso pároco não ficamos apenas por Fornelos. Fomos apelando à generosidade e caridade das pessoas de Travanca e de Moimenta que aderiram a 200% a esta campanha. Neste momento estão já vendidas algumas dezenas de T-shirts. O valor angariado será entregue no IPO do Porto, para as necessidades que este Centro Oncológico no setor Pediátrico precisar.

Hoje eles. Amanhã nós. Não estamos livres destes sofrimentos.

Rezemos por eles e, dentro das nossas possibilidades ajudemos nas campanhas que a Liga Portuguesa contra o Cancro vai criando para auxiliar os mais necessitados.

A todos muito obrigado!

Grupo de Jovens Fornelos-Cinfães

in Voz de Lamego, ano 87/14, n.º 4399, 14 de fevereiro de 2017

Paróquia de Souselo no Museu Diocesano

souselo1

No passado sábado, 16 de Julho, o Museu Diocesano de Lamego acolheu o Sr. Pe António de Almeida Morgado, juntamente com um grupo de cerca de 60 pessoas da Paróquia de Souselo para desfrutarem de uma visita guiada, com a nova estagiária do Museu Diocesano, Letícia Branco, às três exposições que o compõem.

Primeiramente, visitaram a exposição “Oração e Misericórdia” sendo que esta está dividida em 3 módulos: Paramentaria (com os principais paramentos que se usam na liturgia e que mostram as diferentes funções litúrgicas), Oração (composta por objetos litúrgicos com que se celebra na Igreja) e Misericórdia (constituída por santos que praticaram o evangelho nas suas vidas).

Em seguida tiveram a oportunidade de conhecer a exposição temporária de Ana Teixeira, pintora e fotógrafa natural de Lamego, intitulada, “Romarias aqui no coração da vida”,com temas de várias Romarias que esta foi fazendo ao longo da sua vida, tais como “Festa de Nossa Senhora dos Remédios”, “Senhor da Boa Morte”, “Nossa Senhora do Almurtão”, “Romaria a Cavalo”, entre outras.

Para finalizar a visita ao Museu Diocesano de Lamego, desfrutaram de uma visita guiada à exposição“Iconóstase”, com peças doadas por Mons. Arnaldo Cardoso. Esta exposição é composta por ícones, provenientes de vários países que integravam a antiga União Soviética, sendo que os temas dos ícones incidem sobretudo sobre a Trindade, a Virgem, os Anjos e os Santos. O motivo mais presente nesta exposição é o Pantocrator (omnipotente), representando Cristo e pretendendo combater a heresia ariana segundo a qual o Filho seria inferior ao Pai.

Após a visita ao Museu, seguiram para a Sé de Lamego para poderem ver a continuação da exposição “Oração e Misericórdia” que se encontra no coro alto, onde se encontram as 14 Obras de Misericórdia, pinturas incorporadas no cadeiral, de estilo barroco, do século XVIII.

Letícia Branco, in Voz de Lamego, ano 86/36, n.º 4372, 19 de julho de 2016

Paróquias Unidas em Laços de Catequese

catequese-fabrício

Paróquias de Travanca, Fornelos e Moimenta, da Zona Pastoral de Cinfães

Neste final de ano catequético, eis algumas palavras de análise, reflexão, avaliação, sentimento e até de sensibilização. Pois bem: Está à vista de toda a comunidade paroquial, mesmo até à mais céptica, que o êxito e o sucesso estiveram de mãos dadas. Catequistas, que deram o seu melhor a par de um sacerdote atento, embora nem sempre fosse fácil perceber isso, porque grande parte das vezes ao dar a ideia de distante, transmitia sim e em simultâneo a maior das confianças nos seus intervenientes. Obrigada Sr. Pe. Fabrício Pinheiro.

Não obstante, faltar-se-ia à verdade se não tivessem existido um e outro pequeno pormenor menos favorável (fases imaturas, jovens, adolescentes…) mas de solução imediata dada a colaboração do nosso pároco que de forma fácil, clara, audível e segura responde oportunamente visto que estamos na presença de alguém cuja determinação lhe é tão peculiar.

Várias foram as iniciativas, as atividades tomadas ao longo deste percurso e já oportunamente referenciadas; porém algo mais houve a acrescentar nesta paróquia de Travanca: o renascer da JAM (Juventude Alegria de Maria), consequentemente, as comemorações no mês de Maria… mais tarde, já em junho, a realização de uma Missa Campal acompanhada de almoço no mesmo espaço, em parceria com a Câmara Municipal e Cinfães e a Junta de Freguesia de Travanca, tendo o propósito, o objetivo, de sensibilizar e apelar à unidade, à comunhão de todos os Travanquenses. Ler mais…