Arquivo

Posts Tagged ‘Servas de Maria do Coração de Jesus’

Arciprestado de Moimenta, Sernancelhe e Tabuaço: Jornada da Família

DSCF9792

No Domingo da Divina Misericórdia este Arciprestado (Moimenta da Beira, Sernancelhe, Tabuaço) sentiu com muita intensidade a Misericórdia do nosso Bom Deus.

Os casais deste pedaço do Povo do Senhor celebraram a Jornada Arciprestal da Família.

Dezenas de Famílias reuniram-se no Santuário de Nossa Senhora da Lapa para louvar, bendizer e agradecer a vida vivida a dois.

Com a fé, a alegria e o amor das Religiosas Servas de Maria do Coração de Jesus vivemos momentos maravilhosos de abertura ao transcendente e ao Outro.

Tivemos ainda uma prestimosa ajuda dum jovem casal de Tarouca que nos deu um bom testemunho de união, compreensão, mas sobretudo de perdão, perdão mútuo.

Para terminar em Festa de Comunhão Celebramos a Santa Missa, presidida pelo Senhor Arcipreste Padre Manuel.

E, porque não somos Anjos e precisamos de nos alimentar, ficamos saciados com o almoço servido pelas Irmãs do Santuário da Lapa.

Com muita sinceridade, agradeço a todos os que participaram e ajudaram. Do fundo do meu coração sai um grande bem-haja aos promotores deste belíssimo evento.

Lucília Carvalho, in Voz de Lamego, ano 86/20, n.º 4357, 5 de abril de 2016

Retiro Espiritual | Vinde a Mim vós que estais cansados…

retiro-s.josé

Aconteceu entre 14 e 17 de fevereiro um Retiro de Carnaval, proporcionado pela COMUNIDADE SERVOS DE MARIA DO CORAÇÃO DE JESUS, no colégio de Lamego. Tinha como tema: “VINDE A MIM TODOS VÓS QUE ESTAIS CANSADOS…” (Mt 11,28).

Podemos assim dizer que o retiro todo foi a Infinita Misericórdia de Deus querendo alcançar e adentrar nos corações daqueles que se fizeram presentes e através deles aqueles que traziam em seus corações. E podemos afirma que as graças foram derramadas abundantemente, através do testemunho de muitos que depois vieram partilhar, agradecendo pelo momento que  tinha sido proposto.

Com a graça de Deus poderão participar deste momento especial mais de 300 pessoas, durante os quatro dias.  Tínhamos uma programação todos os dias: Louvor, Orações, Adoração, Ensinamento, Missa, Conserto, Teatro…

Tivemos a colaboração de nosso querido Dom Jacinto, o pró-vigário  Padre João Carlos, Padre Duarte de Sousa Lara, Joaquim membro da comunidade canção nova, entre outros… Mais de 10 sacerdotes da nossa Diocese de Lamego assistiram os participantes com o sacramento da reconciliação.

Segue agora um comentário de uma das participantes do retiro…

“Vinde a Mim todos vós que estais cansados”. É Deus, na Sua imensa Bondade a chamar-nos a Santidade: Ele Mesmo, o Santo dos Santos!

Nesta experiência da iniciativa da CSMCJ, ficou bem patente o essencial da nossa existência: Conformar a nossa vida com uma realidade Superior, ou seja, “a Fonte de toda a Santidade”. É um tema apaixonante referido incansavelmente pelo nosso Reverendo Sr Padre Duarte e partilhado inteiramente por nós: “Vocação Universal a Santidade”, cujo lema é reconhecer a “nossa total dependência” de um Deus que é Santo, que nos chama porque nos ama. Aceitar esta dinâmica entre o chamamento de Jesus e a nossa disposição interior é Dom, é Luz, vida em abundância. Muitas graças foram derramadas. Assim este retiro, cujo objectivo era um Carnaval com Jesus, revelou-se um verdadeiro oásis num contexto histórico em que se quer arrancar Deus dos corações e se faz da “ciência uma religião  e do ateísmo um dogma”. Nas diversas intervenções sobressai a necessidade de uma experiência forte com Jesus, no sentido de encontrar a verdadeira felicidade.
Ficou, no geral uma serena inquietude por Deus que deixa transparecer a alegria do Seu triunfo sobre o Mal.
Um grande bem-haja!

Maria Amélia Ribeiro – Braga, in Voz de Lamego, n.º 4302, ano 85/15, de 24 de fevereiro de 2015

Arciprestado de Moimenta, Sernancelhe, Tabuaço | Jornada da Família

DSCF4163O Arciprestado de Moimenta da Beira, Sernancelhe, Tabuaço, no âmbito do Plano Pastoral da Diocese, viveu uma Jornada da Família, orientada principalmente para casais, de todas as idades.

A nível diocesano como a nível de toda a Igreja, a reflexão sobre a Família, potencialidades e fragilidades, está na ordem do dia, vivendo-se entre as duas Assembleias do Sínodo dos Bispos, no Vaticano, no mês de outubro, em 2014 e 2015.

A proposta inicial previa dois dias de retiro. Fruto da reunião do Conselho Pastoral Arciprestal, passou para um dia, para uma primeira experiência e, mediante a avaliação a fazer, a possibilidade de mais encontros e de mais tempo para os mesmos.

O dia agendado foi 8 de fevereiro, com o início pelas 9h30, no Centro Paroquial de Moimenta da Beira, e finalizando com a celebração da Eucaristia pelas 17h00. E, se inicialmente havia algumas incertezas, pouco a pouco se foi verificando uma boa adesão. Presentes cerca de 50 pessoas, na maioria casais, mas também uma ou outra pessoa viúva, ou cujo cônjuge não pôde participar. Maioritariamente de Moimenta, mas também das outras zonas pastorais, de Sernancelhe e de Tabuaço.

DSCF4168

O encontro foi preparado e orientado pelas Servas de Maria do Coração de Jesus, com o testemunho de dois casais, um da parte da manhã e outro da parte de tarde. Houve tempo para a oração, recitação do terço, cânticos, partilha, reflexão. Uma das atividades da parte da manhã consistiu em cada um dos membros do casal escrever uma carta, dizendo o que mais apreciava no outro. A carta foi lida durante a tarde pelo casal, enquanto as Servas de Maria entoavam mais um belo canto.

O almoço foi servido no Centro de Bem-estar e Repouso da Paróquia de Sever, a quem agradecemos a gentiliza, nas funcionárias dedicadas e nos seus Párocos. Desta forma, o almoço foi mais uma oportunidade de confraternização, diálogo, aprofundamento da experiência da manhã.

Depois do almoço, os trabalhos foram retomados, com uma oração de louvor, rezando e cantado e movendo o corpo, seguindo-se o testemunho do casal da tarde, mostrando que a vida em conjunto tem muitas etapas, dias bons e dias menos bons, ajustes, descobertas. O encontro na oração e na fé poderá revigorar o compromisso, fortalecendo os laços entre o casal e com os filhos.

O encontro deslocou-se para a Igreja Paroquial de São João Batista, para dois momentos. O primeiro de Adoração do Santíssimo, celebração presidida pelo reverendo Vice Arcipreste, Pe. Jorge Giroto. Diante do Santíssimo, tempo para louvar, para agradecer, para interceder por casais em dificuldade. O segundo momento, a celebração da Eucaristia, presidida pelo reverendo Pró Vigário Geral, Pe. João Carlos, que sublinhou, durante a homilia, a comunhão com o Bispo da Diocese, D. António, que queria muito a realização deste encontro, e o enquadramento desta jornada, inserida na preocupação do Plano Pastoral da Diocese, e no âmbito dos Sínodo dos Bispos dedicado a esta temática. Agradeceu também a presença e o testemunho dos casais e daqueles que animaram esta Jornada, com a responsabilidade e compromisso do “Ide e construí com mais amor a Família de Deus”. No final, a Bênção especial sobre os casais.

As primeiras impressões, em jeito de avaliação, sugerem a realização de futuros encontros voltados para a Família.

 O Arcipreste, in VOZ DE LAMEGO, n.º 4301, ano 85/14, de 17 de fevereiro de 2015