Arquivo

Posts Tagged ‘Santa Teresa de Calcutá’

DIA INTERNACIONAL DA CARIDADE

A Cáritas assinala amanhã, 5 de setembro, o Dia Internacional da Caridade, instituído pela Organização das Nações Unidas. Este dia, coincide, também, com o aniversário da morte de Madre Teresa de Calcutá, padroeira da Cáritas em todo o mundo. É um dia em que todos os colaboradores e voluntários da Cáritas renovam o seu compromisso com o serviço ao outro, inspirando-se nesta mulher que fez do serviço a alegria da sua vida.

Neste dia homenageamos todos aqueles que estão na linha da frente na defesa dos mais vulneráveis, em todo o mundo. Homens e mulheres para quem os mais pobres, doentes, isolados, marginalizados, são a imagem do Amor que materializa a missão e a identidade da Cáritas.

É também uma oportunidade para lembrar as muitas situações, no mundo inteiro, onde as circunstâncias de vida são especialmente difíceis e exigem uma atenção e uma ação particular. Todos os que, em Portugal, viram as suas vidas mais fragilizadas desde o início da pandemia provocada pela COVID-19 seja do ponto de vista da saúde, seja pelos efeitos emocionais e, particularmente, os que vivem a angústia das gravíssimas consequências económicas.  Uma preocupação muito grande com o aumento exponencial de pessoas com diferentes debilidades na área da saúde mental, dadas as incapacidades estruturais em responder, atempadamente, às necessidades de já milhares de pessoas a precisar de auxílio. Depois, em todo o mundo, aqueles que se confrontam com situações de conflito e de medo. A Cáritas, em Portugal, acompanha, de forma particular, a situação da população de Cabo Delgado, em Moçambique, onde os efeitos da passagem dos ciclones Idai e Keneth são ainda uma marca e cuja população vive agora confrontada com o medo provocado pelos ataques terroristas, em Cabo Delgado.

“Por todo o mundo multiplicam-se as situações de vulnerabilidade para quem presta e para quem pede auxílio. A Cáritas pede que, neste dia, ninguém deixe de ter um gesto de auxílio em favor de quem esteja em necessidade. Uma visita, um donativo, um abraço, uma diligência, …são algumas das formas de viver, de verdade, este dia. Neste dia que ninguém em sofrimento seja esquecido!” Eugénio Fonseca, presidente da Cáritas Portuguesa

Márcia Carvalho | marciacarvalho@caritas.pt

Paróquia de Sernancelhe: filme sobre a Madre Teresa de Calcutá

sernancelhe

Um dia diferente na paróquia de São João Batista – Sernancelhe.  Para comemorar a santificação de Madre Teresa de Calcutá, visualizou-se um filme sobre a sua vida. Um exemplo de vida para todos nós pela sua humildade ao deixar o conforto do seu lar para se dedicar à vida consagrada na Índia, pela entrega aos mais pobres dos pobres e pela fé que demonstrou em cada momento, “como posso odiar um homem que é amado por Deus?”, mostrando-nos que a fé é a força que nos ajuda a ultrapassar os momentos mais difíceis. Madre Teresa nunca teve a preocupação com o dia de amanhã mas com o “hoje”, com o presente, vivendo cada dia como único dentro da misericórdia de Deus. Colocou a sua vida nas mãos de Deus e afirmou em cada e todos os momentos que se Jesus quiser as obras concretizam-se, por isso, não podemos desistir mas prosseguir, trilhando caminhos de esperança.

O auditório municipal encheu com os crismandos, os jovens, as crianças e outros paroquianos que desejaram associar-se a este evento. Muitas vezes uma imagem fala mais que mil palavras e nada melhor que falar de entrega a uma causa tão nobre como a ajuda aos mais necessitados através do testemunho de Madre Teresa de Calcutá.

Com a sua vontade constituiu uma nova ordem, com as suas palavras cativou todas as pessoas que se aproximaram dela, com o seu testemunho cativou outros a participar neste projeto, com a sua determinação trouxe conforto aos abandonados e desprezados, com a sua fé trouxe mais esperança a este mundo, com a sua obra ‘deu-nos’ motivação para construir um mundo mais justo onde todos somos necessários e chamados a dar um pouco de nós por uma causa mais nobre: a ajuda aos mais necessitados e desprezados.

Segundo alguns testemunhos reunidos na nossa paróquia, estas iniciativas são importantes como motivação a darmos um pouco de nós em causas solidárias e ajuda-nos a fortalecer a nossa fé.

Santa Teresa, que será conhecida entre nós por Madre Teresa de Calcutá, é um testemunho vivo do que deve ser a vivência cristã.

Mário Rodrigues, in Voz de Lamego, ano 86/42, n.º 4378, 13 de setembro de 2016

Madre Teresa e a misericórdia divina

cq5dam.web.800.800r

A missão de Madre Teresa de Calcutá “permanece nos nossos dias como um testemunho eloquente da proximidade de Deus junto dos mais pobres entre os pobres”, disse o Papa Francisco na canonização da religiosa fundadora das Missionárias da Caridade, na Praça São Pedro, perante 120 mil fiéis e peregrinos provenientes de todas as partes do mundo. Um dia de festa para a Igreja e para o mundo, para todos homens e mulheres de boa vontade que conheceram nesta religiosa de origem albanesa uma gigante da caridade dos nossos dias, apresentada pelo Pontífice ao mundo do voluntariado “como modelo de santidade para todos os Agentes de Misericórdia. Ler mais…