Arquivo

Posts Tagged ‘Pe. Rui Borges’

Falecimento do Pai do Pe. Rui Borges

No último sábado, 2 de outubro, o Senhor do tempo e da eternidade, Deus da Vida e da Amizade, chamou a Si o Sr. Acácio Alves Pinto Ribeiro, pai do reverendo Pe. Rui Manuel Borges, pároco de Caria e do Carregal, na Zona Pastoral de Moimenta da Beira.

Em comunhão e em nome do presbitério da nossa diocese de Lamego, o Senhor Bispo, D. António Couto, endereça ao Pe. Rui, à família e aos amigos, as condolências, comungando da dor e da fé, desta esperança que nos abre a mente, o coração e a vida para Deus que é Pai e nos ama desde sempre e para sempre. Ele que nos chamou à vida, no Seu infinito amor, não nos abandona em nenhum momento da nossa existência, nem no final biológico/histórico. Com efeito, é este o mistério da nossa fé: a morte, em Jesus Cristo, dá lugar à vida plena e definitiva, com a ressurreição um vida nova e definitiva. Aquele que ressuscitou Jesus Cristo também nos ressuscitará a nós.

Celebrações Exequiais:

  • Domingo, 3 de outubro, pelas 15h00: Eucaristia na Igreja Paroquial de Caria;
  • segunda-feira, 4 de outubro, pelas 15h00: Eucaristia Exequial e funeral, na Igreja Paroquial da Penajóia, em Molães.

Rezemos pelo Sr. Acácio, que Deus acolhe no Seu coração de Pai, e pela família para que encontrem na fé e na Palavra de Deus, a esperança na vida eterna e na ressurreição dos mortos em Cristo Jesus.

Visita Pastoral à Paróquia do Divino Espírito Santo de Carregal

Carregal5

Em terras da zona pastoral de Sernancelhe, agora na Paróquia do Divino Espírito Santo de Carregal, o Bispo de Lamego continua a sua ação pastoral de proximidade com as populações.

Nos passados dias 16, 17 e 19 foram muitos os que saudaram o Pastor e os que por ele foram saudados. A sua simplicidade, afabilidade e facilidade de comunicação aproximou toda a comunidade Paroquial que viveu com jubilo este tempo de graça.

Carregal 3

No Centro Social Paroquial de Carregal

Pelas onze horas, do dia 16, utentes em ERPI, SAD E CD, colaboradoras(es), Diretora Técnica e Direção receberam e saudaram o Senhor Bispo na entrada da instituição.

Uma linda passadeira, os balões brancos a subir ao ar, um lindo cesto com plantas naturais entregue por uma utente e um cântico preparado para a ocasião foram as saudações iniciais.

Em clima familiar celebramos a eucaristia e a maioria dos presentes receberam o sacramento da Santa Unção. Caricia de Deus segundo Dão António.

Distribuído o pão da Eucaristia todos nos aproximamos da outra mesa onde sentados partilhamos e saboreamos os alimentos saborosos confecionados pelas nossas cozinheiras.

Após o almoço, na povoação de Aldeia de Santo Estêvão, o Senhor Bispo, acompanhado pelo Pároco e pelos dois membros do Conselho Económico Paroquial ,deste lugar, visitou os doentes. Em todos encontramos testemunhos extraordinários de vida e de fé.

Carregal 2

Na capela de Santo Amaro – Carregal

Pelas quatro da tarde a Junta de freguesia abriu as suas portas para cumprimentar o Bispo da diocese de Lamego.

No largo da Capela de Santo Amaro esteve presente toda a povoação e a dita capela encheu-se para rezar, ouvir a Palavra de Deus e falar com o Senhor D. António que no exterior espalhou cumprimentos e sorrisos aos presentes

Carregal

Na capela de Santo Estêvão – Aldeia de Santo Estêvão

Um ramo de flores, uma grandiosa passadeira que traçava o meio das escadas e ladeava toda a capela foi o mote para uma solene receção.

No interior do templo depois da oração todos em silêncio foram convidados a seguir e apreciar as virtudes do primeiro mártir da nossa Igreja.

Já no átrio o Senhor Bispo dialogou com as pessoas presentes e para a posteridade uma fotografia registou o momento único vivido porque não é todos os dias que tal ato existe nesta povoação.

Daqui o Senhor Bispo foi ao encontro dos dezasseis jovens que no Domingo iam receber o Crisma. Disse-lhes que iam ser ungidos com o óleo do Crisma, que a partir desse momento seriam o rosto de Cristo e aconselhou-os a usarem as suas mãos abertas, nunca cerradas, para segurar o que Deus lhes dá e com elas poderem repartir com os outros.

Carregal4

Na Igreja de Nossa Senhora da Assunção – Tabosa do Carregal

A uns mil metros do convento toda a população da Tabosa juntou para receber o senhor Bispo. Ramos de flores, cumprimentos e saudações deram início a um percurso marcado por uma extensa passadeira que nos levou à Igreja do convento.

Uma oração comunitária e uma palavra partilhada no interior do templo abrilhantarem este novo encontro neste espaço também renovado fruto do restauro e reparação realizada nos últimos anos.

Em seguida uma visita às ruínas do convento de Nossa Senhora da Assunção, que o proprietário gentilmente autorizou e providenciou.

Foi no largo exterior ao convento que agora toda a comunidade paroquial, convidada para o efeito, novamente reuniu à volta de mesas repletas das mais ricas iguarias que todos apreciaram e que tal como no milagre da multiplicação dos pães e dos peixes ainda muito sobrou. A alegria e satisfação de todos os convivas era evidente.

Receção e Celebração do Crisma – Carregal

Os foguetes e os ramos de flores deram as boas vindas ao Senhor Bispo. Uma pomba branca oferecida e depois lançada abriram o caminho para o largar de mais de cinco dezenas de pombas que em voos nas várias direções num repente voltaram à vista de todos num grupo coeso, unido e veloz como que a ensinar a todos como deve ser viver em comunhão e união dentro da comunidade paroquial.

Na Eucaristia o Senhor Bispo falou sobre o amor que deve existir e acontecer entre os cristãos porque só eles o sabem viver de forma desinteressada e sobrenatural.

As pessoas estiveram todas atentas aos muitos momentos celebrados e vividos durante toda a celebração e os Crismandos foram ungidos com o óleo santo do Crisma.

No ofertório da Eucaristia foram levados ao altar produtos da nossa terra e um cordeiro que ofereceram ao Senhor Dão António, e também, ao nosso Vigário Geral e ao Pároco.

Pelo Pároco, no momento dos agradecimentos, foi dito que a Visita Pastoral foi uma dádiva de Deus a todos os cristãos da Paróquia do Divino Espírito Santo

in Voz de Lamego, ano 86/33, n.º 4369, 28 de junho de 2016