Arquivo

Posts Tagged ‘Pe. Luciano Moreira’

Comunidade do Seminário em Penedono: um dia histórico

A convite do Pe. Luciano Moreira, pároco de Penedono, Penela da Beira, Granja e Póvoa de Penela, no passado dia 27 de junho, a comunidade do Seminário Maior de Lamego teve a oportunidade de visitar algumas comunidades da nossa diocese.

Chegamos a Penedono por volta das 9h e o primeiro local a visitar foi a capela da Ssenhora do Viso, em Custóias, Vila Nova de Foz Côa. Aqui tivemos a oportunidade de vislumbrar a magnífica paisagem do Douro Vinhateiro. Seguimos viagem por Olas e Arnozelo e fomos até Numão. Depois do “café da manhã” oferecido pelo Pe. António Júlio, na residência paroquial, visitámos o castelo desta mesma localidade.

Após uma pausa para o almoço deslocamo-nos até à Estação Arqueológica do Prazo, que é mais um verdadeiro exemplar de uma Vila Romana que teve a sua ocupação entre o séc. I e o início do séc. V d.C. Como o tempo ia passando, a visita prosseguiu até à Coriscada, mais precisamente ao sítio arqueológico do Vale da Moura. Atrever-me-ia a dizer que é um local ainda desconhecido para muitos, uma vez que as escavações iniciaram apenas no ano de 2003. Mas, depois de descoberto, as palavras faltam-nos para descrever a beleza que ali podemos encontrar: vestígios de balneários romanos, cerâmicas e diz-se ainda que foram já encontradas bastantes moedas. Passamos ainda em Marialva, aldeia com um significado histórico bastante profundo e relevante, uma vez que as suas origens remontam aproximadamente ao séc. VI a.C.

Regressamos a Penedono e dirigimo-nos ao Santuário de Santa Eufémia, onde tivemos a oportunidade não só de visitar, mas também de rezar diante da imagem da virgem e mártir, agradecendo ao Senhor o dia que nos proporcionou. Após uma visita rápida ao castelo da vila dirigimo-nos para a igreja paroquial onde celebramos a Eucaristia. Nesta celebração, para além de outras intenções, recordamos o Pe. Manuel João, sacerdote natural desta paróquia, que faleceu a 22 de setembro de 2015 com 30 anos. Seguidamente visitamos ainda Penela da Beira nomeadamente o dólmen da capela de Nossa Senhora do Monte. O nosso dia de visita terminou com o jantar no hotel rural de Penedono.

Desde já agradecemos ao Pe. Luciano Moreira não só pelo convite que nos fez, mas sobretudo pelo dia que nos proporcionou. Um dos objetivos propostos para os alunos do 6.ºano de Teologia é precisamente o “sair”, para visitar as comunidades da nossa diocese, “ir” ao encontro dos párocos e ouvir as suas histórias e experiências. Foi um dia cheio, cheio de história, cheio de descobertas.

Vítor Teixeira Carreira,  in Voz de Lamego, ano 87/35, n.º 4420, 11 de julho 2017

Dissertação de Mestrado do Pe. Luciano Moreira

luciano

No dia 16 deste mês, o Padre Luciano Augusto dos Santos Moreira apresentou e defendeu a sua dissertação de Mestrado em História, ramo de Sociedades, Políticas  e Religiões, orientada pela Doutora Maria Alegria Fernandes Marques, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

O trabalho deste sacerdote do nosso presbitério, pároco na zona pastoral de Penedono (Penedono, Penela da Beira, Granja e Póvoa de Penela), intitula-se “A evolução da rede paroquial entre o Coa e o Távora, do século XI ao século XVI”.

O Júri apreciou e louvou o trabalho desenvolvido, atribuindo-lhe a nota de dezanove valores.

O nosso jornal, porta-voz de todos os diocesanos, felicita o Pe. Luciano pelo percurso já realizado e pelo êxito alcançado. Esperamos poder vir a divulgar, brevemente, a publicação deste estudo, bem como a de outros trabalhos que, estamos certos, lhe irão seguir.

in Voz de Lamego, ano 87/15, n.º 4400, 21 de fevereiro de 2017

Apelo de solidariedade

penedono-ajuda-aires

Um acontecimento trágico atingiu uma família da freguesia de Penela da Beira, concelho de Penedono e diocese de Lamego. Na noite de 27 de dezembro último, um incêndio destruiu, por completo, a exploração agrícola de Aires Macieira: cerca de 100 cabeças de gado (ovelhas), um tractor agrícola, instalações, forragens, ferramentas…

Os meios de comunicação social divulgaram a tragédia e foram várias as manifestações de solidariedade junto desta família.

Apelando à solidariedade de todos, aqui informamos que foi aberta uma conta na Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Penedono onde podem depositar os donativos:

IBAN: PT50004521614026213364307

BIC/SWIFT: CCCMPTPL

Sabemos que será impossível esquecer esta fatalidade e muito difícil será recomeçar. Contudo, perante tal tragédia, não podemos ficar indiferentes.

Assim, aqui se apela à generosidade de todos, acreditando que, com a ajuda de muitos, por mais pequena que possa parecer, muito se conseguirá para auxiliar esta família e minimizar esta triste situação.

Agradecendo, desde já, todo o apoio possível, por todos rezamos ao Senhor.

Padre Luciano Augusto dos Santos Moreira

Pároco da paróquia de Nossa Senhora do Pranto de Penela da Beirain Voz de Lamego, ano 87/11, n.º 4396, 24 de janeiro de 2017

Falecimento de Monsenhor José do Nascimento Gomes | 1924 – 2015

12308554_1019811421409793_4479646942643468118_n

Monsenhor José do Nascimento Gomes nasceu na freguesia de Penela da Beira no dia 26 de março de 1924, onde recebeu o sacramento do batismo e a instrução primária. Frequentou os seminários diocesanos de Resende e Lamego, sendo ordenado sacerdote a 22 de agosto de 1948, pelo bispo de Lamego, D. Ernesto Sena de Oliveira.

Iniciou a sua vida como pároco nas paróquias da Prova e do Aveloso do concelho de Mêda, onde esteve 3 anos.

No ano de 1951, o bispo D. João da Silva Campos Neves pede-lhe para assumir o múnus pastoral da Paróquia de Ervedosa do Douro, no concelho de São João da Pesqueira, com a difícil missão de construir uma nova residência paroquial para o pároco.

No ano de 1961 no dia 1 de outubro, o mesmo bispo D. João da Silva Campos Neves, pede-lhe novamente que assuma a responsabilidade pastoral da paróquia de São João da Pesqueira, num momento difícil que a paróquia passava. Confia-lhe também a responsabilidade que exerceu durante quase 50 anos de ser o arcipreste da zona pastoral de São João da Pesqueira.

No dia 17 de agosto 2009 o Papa Bento XVI concedeu-lhe o título de Monsenhor, pelos méritos da sua ação pastoral ao longo de 61 anos.

Em setembro de 2010, a seu pedido, é dispensado da paroquialidade de São João da Pesqueira, pelo bispo D. Jacinto Botelho.

Passa os últimos anos da sua vida alternando a sua estadia na sua terra natal, Penela da Beira e cidade de Almada, junto dos seus familiares.

Enquanto pároco, foi também professor de música e assumiu sempre que necessário temporariamente a paroquialidade de várias paróquias do concelho de São João da Pesqueira.

A 19 de abril de 1973 foi nomeado pároco de Vale de Figueira a Velha por 3 anos e a 4 de janeiro de 1978 foi nomeado pároco de Vilarouco, assumindo também durante algum tempo a paroquialidade de Valongo dos Azeites.

Deus chamou-o para junto de si no dia 10 de Dezembro de 2015.

Rezemos pela sua alma, para que o Senhor lhe dê o descanso eterno.

Nota sobre as celebrações exequiais:

Sexta-feira: chegada do corpo a São João da Pesqueira, pelas 21h00, seguindo-se a celebração da Eucaristia (de corpo presente) na Igreja matriz de São João da Pesqueira.

Seguirá depois para Penela da Beira, para a Igreja Matriz, onde ficará em câmara ardente.

Sábado: pelas 9h00, Eucaristia (de corpo presente), na Igreja matriz de Penela da Beira.

Pelas 11h00 Missa Exequial presidida pelo bispo da Diocese de Lamego; D. António Couto.

Seguir-se-á o funeral.

O Presbitério de Lamego, sob o pastoreio de D. António Couto, solidariza-se na amizade e na oração com a Família de Monsenhor José Gomes e com as comunidades e pessoas que serviu.

Pe. Luciano Moreira

Pe. Silvestre homenageado em Penela da Beira

12105842_994155143975421_6657417514795243759_n

No dia 11 de outubro Penela da Beira fez Festa!!!

No dia em que celebrou a festa da sua Padroeira Nossa Senhora do Pranto, a comunidade paroquial de Penela da Beira, homenageou também o Pe. Joaquim Silvestre, pelas suas Bodas de Ouro Sacerdotais. Natural desta Comunidade, nasceu a 23 de Janeiro de 1939, o mais novo de 8 irmãos, filho de João Alegria Silvestre e de Joaquina da Piedade Neto.

Foi ordenado presbítero a 15 de Agosto de 1965, pelo Bispo de Lamego D. João da Silva Campos Neves, mas nunca cortou o cordão umbilical com a terra que o viu nascer, e tornou-se ao longo dos anos mais um motivo de orgulho para as gentes e Penela da Beira, que por isso quiseram neste dia de festa, agradecer à Mãe, pelo dom da vida deste seu tão ilustre conterrâneo.

Bem cedo chegou a Banda dos Bombeiros Voluntários de Penedono, sob a batuta do Sr. Pe. Carlos Carvalho, que após uma pequena arruada pelas ruas da Freguesia, juntamente com o Grupo Coral da Paróquia, tão dignamente abrilhantou a Eucaristia de Acção de Graças, entoando belíssimos cânticos a Nossa Senhora e vocacionais.

Estiveram presentes o Monsenhor José Gomes, também daqui natural, o Pe. João Carlos Morgado que presidiu à celebração em digna representação do Bispo da Diocese D. António Couto, o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Penedono, o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Penela da Beira, os responsáveis das diferentes instituições e demais forças vivas da Paróquia, mas a Comunidade Paroquial não faltou, esteve presente em grande número.

O momento era de festa, a igreja foi engalanada a preceito, os altares e andor de Nossa Senhora do Pranto, ornamentados em perfeita harmonia.

A celebração da eucaristia decorreu de uma forma muito solene e com muito respeito e foi já no momento de acção de graças, que os representantes das diferentes Instituições presentearam o P. Silvestre com algumas lembranças e tiveram a oportunidade de o felicitar pelo momento, o que lhe disseram, não sabemos afinal foi na simplicidade de mensagens sussurradas ao ouvido que se manifestaram, mas sabemos que também nesse momento, ele estava feliz, podíamos observá-lo no seu rosto.

Mas este momento era recheado de sentimentos de alegria misturados com emoção, e também aqui a Comunidade numa atitude humilde de respeito e gratidão, ofereceram um Crucifixo ao Sr. P. Luciano, pároco desta Comunidade, recordando e agradecendo assim, pelos nove anos da sua entrada na paróquia de Penela da Beira. Têm sido anos de muito trabalho, dedicação, presença e amizade para com os seus paroquianos, pelo que o momento impunha-se também como de reconhecimento para com o Sr. Pe. Luciano.

O Monsenhor José Gomes, também não foi esquecido também ele um ilustre de Penela da Beira, que nesta fase da sua vida, nos seus 67 anos de sacerdócio, escolheu a terra que o viu nascer para viver, onde continua a exercer o seu ministério e apoiar o Pároco sempre que é necessário.

No final da missa, o sol permitiu que se realizasse a solene procissão em honra de Nossa Senhora do Pranto, percorrendo as ruas da freguesia ao som da Banda de Música e dos foguetes.

Era já a hora bastante avançada, perto das 14h30, quando terminaram todas as cerimónias religiosas e mais uma vez ao som da Banda de Música, a população dirigiu-se para a Casa do Povo de Penela da Beira onde já os esperava uma deliciosa feijoada confeccionada pela Comissão de Festas e oferecida pela Junta de Freguesia.

Eram 280 os comensais, que sempre bem-dispostos e animados ali foram fazer a festa.

No final do almoço e antes da Banda Filarmónica tocar umas marchas no palco do salão, ainda houve tempo para se visionar um pequeno vídeo que conta a vida e a obra do P. Silvestre.

A seguir houve ainda tempo para o bailarico ao som da música, que terminou a sua atuação a tocar o Hino de Penela, aqui, entusiasticamente acompanhada das vozes de todos os presentes, que de pé cantaram o seu hino seguida de uma ovação geral.

Mas antes disso, o Sr. P. Silvestre, acompanhado pelo Sr. Presidente da Junta abriram o enorme bolo, ao som dos parabéns, que foi servido com um fresco e delicioso vinho espumante.

A festa não podia ser mais animada, cheia de sentimento e respeito, foi assim que a Paróquia de Penela da Beira, quis agradecer a Deus o dom do sacerdócio deste seu filho rejubilando com as suas bodas de ouro sacerdotais.

Maria José Neto, in Voz de Lamego, ano 85/46, n.º 4333, 13 de outubro

Celebração do Crisma na Zona Pastoral de Penedono

Crismas_23-05-2015 (781)

No dia 23 de maio, na vigília da solenidade do Pentecostes, o Bispo de Lamego – D. António Couto, conferiu o sacramento do Crisma na igreja matriz de São Pedro de Penedono a 78 jovens. Esta celebração reuniu jovens da zona pastoral de Penedono das seguintes paróquias: Antas, Aveloso, Beselga, Granja, Penedono, Penela da Beira, Póvoa de Penela, Prova, Seixo e Souto. Foi a primeira vez, que nesta zona pastoral se realizou o sacramento do crisma em união de paróquias.

D. António Couto, apelou aos jovens crismandos a deixarem-se abanar pelo vento do Espírito Santo a exemplo dos apóstolos no dia do Pentecostes e a terem a esperança tal como os israelitas em Tel Aviv.

Esta experiência de união paroquial, vivida pela recepção do sacramento do crisma, congregou algumas centenas de cristãos para a realidade da comunhão eclesial interparoquial.

Pe. Luciano Moreira, in Voz de Lamego, n.º 4315, ano 85/28, de 26 de maio de 2015