Arquivo

Posts Tagged ‘Paróquia de Pendilhe’

Pendilhe – Festa em honra de Nossa Senhora de Fáitima

Os dias 20 e 21 de maio foram marcado, na Paróquia de Nossa Senhora da Assunção, pela celebração da  Festa em honra de Nossa Senhora de Fátima.

Como já tem sido hábito, todos os dias do mês mariano é meditado o terço em honra de Nossa Senhora de Fátima na igreja matriz e realizada a novena nos dias que antecedem as celebrações fortemente vivenciadas pela população da freguesia. É um momento em que as celebrações são realizadas com o apoio e empenho de todos, como sejam a recolha de flores para a elaboração da passadeira, a participação ativa na Eucaristia ou a preparação de figuras e encenações bíblicas a ser representadas no decorrer das procissões.

Este ano a tradição foi mais uma vez cumprida… No início da noite de sábado, a Procissão das Velas pelas ruas da freguesia permitiu a meditação e reflexão, que iam sendo iluminadas pelas velas dos fieis levando na frente a imagem da nossa Mãe do Céu.  Domingo, iniciamos o dia com a Eucaristia, na qual alguns jovens da paróquia realizaram a Profissão de Fé, permitindo que aos braços de Maria, todos professássemos a fé que com gosto procuramos vivenciar. A tarde foi trabalhosa, pois era nosso objetivo realizar a tradicional passadeira para a Procissão do Adeus que decorreu contando com a participação ativa de todos.

Que Nossa Senhora abençoe todos aqueles que, foram nomeados para a organização desta festa, os elementos que procuraram animar e participar ativamente nas celebrações e a toda a comunidade.

Grupo Cultural Católico Pendilhense

in Voz de Lamego, ano 87/31, n.º 4416, 13 de junho 2017

Via Sacra – Pendilhe 2017

A via-sacra, ou via crúcis (do latim Via Crucis, “caminho da cruz”) é o trajeto que Jesus seguiu, carregando a cruz, desde o Pretório ao Calvário. É um exercício muito usual no tempo da Quaresma que teve origem nas Cruzadas, quando os fiéis de então percorriam, na Terra Santa, a Via Dolorosa – rua pela qual se pensa ter passado Jesus carregando o madeiro. Os cristãos, querendo reproduzir, no Ocidente, a peregrinação feita em Jerusalém, começaram a definir estações ou passos em que poderiam meditar e que assinalavam os pontos marcantes da Paixão de Cristo, chegando eventualmente à estrutura que conhecemos atualmente, de catorze estações.

Na paróquia de Nossa Senhora da Assunção de Pendilhe, a via-sacra é uma tradição bastante enraizada na vivência anual da Quaresma. Assim, no passado dia 14 de abril, Sexta-Feira Santa, o Grupo Cultural Católico Pendilhense organizou a via-crúcis das celebrações da Semana Santa da aldeia de Pendilhe. Com o tema “Doa a tua vida como Maria aos pés da cruz”, os fiéis da comunidade paroquial puderam seguir, refletir e meditar os passos da Paixão. Assim, nesta caminhada que se estende por cerca de 5km e cujas etapas são assinaladas por cruzes de pedra (antigamente cruzes temporárias de madeira repostas a cada ano), os presentes tiveram a oportunidade de viver mais intensamente o tempo de Quaresma, preparando, assim, o dia de Páscoa.

Esta foi, também, uma das primeiras iniciativas em que o GCCP tomou parte. Este grupo cultural de inspiração católica conta com uma história que remonta a mais de 30 anos, promovendo e tomando parte, desde a sua origem, de diversos eventos, atividades e iniciativas na aldeia de Pendilhe. No entanto, nos últimos anos esteve inativo. Assim, esta via-sacra assinalou, também, um dos primeiros “marcos” de um novo período da história do GCCP, como grupo que procura uma participação ativa na vida da paróquia e da aldeia em geral.

Ilídio M. C. Ferreira

in Voz de Lamego, ano 87/24, n.º 4409, 25 de abril de 2017

Visita Pastoral de D. António Couto em Pendilhe – 16 de outubro

SONY DSC

Porque a Visita Pastoral é um “acontecimento de graça que, de algum modo, reflete aquela tão especial visita com a qual o Supremo Pastor, Jesus Cristo, visitou e redimiu o seu povo”, a Comunidade de Nossa Senhora de Assunção de Pendilhe preparou-se para receber, no dia dezasseis de outubro, o nosso Pastor Sr. D. António Couto, para “no meio de nós ser a transparência pura de Jesus Cristo e ajudar a encher de mais amor e alegria a família de Deus”.

Para este evento, a Paróquia a preparou-se com um tríduo de oração e reflexão nos dias cinco, seis e oito de outubro, dirigida pelo Rev. P. José Alfredo, que nos indicou caminhos para melhor conhecermos a missão do nosso Bispo e a profundidade e momento de graça que é a Visita Pastoral. Ler mais…