Arquivo

Posts Tagged ‘Movimentos Eclesiais’

MMF – Retiro de Doentes no Santuário dos Remédios

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Movimento da Mensagem de Fátima

No último sábado, dia 21 de Maio, o Movimento da Mensagem de Fátima realizou, no Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, um retiro de doentes. Estiveram presentes cerca de 120 doentes de várias paróquias da Diocese de Lamego.

O retiro decorreu, na casa de Oração do Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, sobe a orientação do senhor Padre Francisco Pereira, Capelão do Santuário de Fátima e um dos responsáveis nacionais do MMF.

O Senhor Padre Vasco Pedrinho, Assistente Espiritual do Movimento, abriu o encontro com a oração do Papa Francisco para o ano Jubilar  da Misericórdia. E, foi na sequência deste tema que o orientador iniciou a sua intervenção falando da misericórdia de Deus na Bíblia.

Toda a Mensagem de Fátima é, também, mensagem de misericórdia. Nas aparições do Anjo e de Nossa Senhora há um apelo constante à oração e ao sacrifício pela conversão dos “pobres pecadores”.

A Irmã Lúcia escreveu no seu livro Como vejo a Mensagem: “os sacrifícios que devemos oferecer a Deus, e que Ele aceita e nos pede, são aqueles que todos temos de nos impôr a nós mesmos, para, com fidelidade, cumprir os mandamentos da Sua Lei – Os Mandamentos da Lei de Deus.” Os Pastorinhos ofereceram a sua vida para dar a conhecer ao mundo os pedidos de Nossa Senhora que, na sua condição de Mãe, é Mensageira dos desígnios divinos. Não importa se vivemos muitos anos, o que importa é a maneira como vivemos. Nesta vida do dia-a-dia: as renúncias e sacrifícios pelo bem das nossas famílias ou do nosso próximo, o esforço para melhorar as nossas tarefas, as dores, os remédios e os tratamentos que nos agoniam, tudo devemos oferecer pela conversão dos pecadores.

Neste mundo decadente, tocado pelos vícios, especulação económica, pela quase completa desumanização do Homem, a nossa oração é muito importante para a comunidade, para o mundo. Quando rezamos o terço meditamos a vida de Jesus que é o rosto da misericórdia. Quem sabe, a força da nossa oração e do nosso sacrifício, consegue mudar o mundo e fazer triunfar o amor!

Saibamos responder aos apelos de Nossa Senhora, com muito amor, confiados na sua promessa: “Por fim o meu Imaculado coração triunfará”.

Queremos aqui deixar um agradecimento sincero à Irmandade de Nossa Senhora dos Remédios e às Irmãs Franciscanas Hospitaleiras pela ajuda que nos deram na concretização desta actividade.

O Secretariado Diocesano, in Voz de Lamego, ano 86/25, n.º 4364, 24 de maio de 2016

JAM – JUVENTUDE ALEGRIA DE MARIA: Núcleo de Travanca – Cinfães

JAM-travanca

No seguimento do que vem sucedendo ao longo dos anos, este  ano  a Páscoa Jovem decorreu entre os dias 23 a 25 de Abril, em Braga.

Como o Núcleo de Travanca festejou os 10 anos de adesão a este movimento Mariano em 8 de Dezembro passado, a nossa bandeira foi condecorada com o respectivo símbolo, o que para nós é motivo de orgulho de nos mantermos fiéis a um movimento que nos consciencializou dos deveres e respeito para com a Igreja, designadamente na ajuda ao Pároco e nos incutiu um grande amor a Jesus Cristo e Sua Mãe, a nossa Rainha da JAM. Ficamos também radiantes porque o nosso pároco, senhor Padre Fabrício Pinheiro, nutre simpatia por nós, inclusivamente, dando-nos parte significativa dos nossos gastos em Braga, pelo que, obviamente, lhe ficamos muito agradecidos, como já manifestamos pessoalmente.

Chegados a Braga, nesse dia 23, pelas 14 horas, houve a natural recepção e abraço entre os JAMistas espalhados pelas demais dioceses (da diocese de Lamego, infelizmente, só foi o único núcleo existente, que é Travanca), e partimos para os nossos trabalhos, previamente preparados por outros JAMistas. Ler mais…

Movimento da Mensagem de Fátima: Peregrinos a pé a caminho de Fátima

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Nos dias 3, 4, 5, 6 e 7 de maio, os caminhos da Diocese de Lamego, enchem-se  de algumas centenas de peregrinos, que caminham a pé até ao Santuário de Fátima. O Movimento da Mensagem de Fátima, dando continuidade ao seu trabalho de apostolado com as peregrinações, acolheu alguns destes peregrinos nos postos de: Lamego nas instalações da Obra Kolping; em Castro Daire na Santa Casa da Misericórdia.

Com a colaboração de grupos  de  voluntários,  profissionais  da saúde e outros, foram  feitos tratamentos aos pés, distribuíram-se refeições,  proporcionaram-se dormidas e outros apoios, logísticos e espirituais.

Para além destes voluntários, outras  pessoas  particulares e empresas que prestam o seu apoio, através de géneros alimentícios e outros serviços: em Lamego agradecemos aos Bombeiros Voluntários,  aos responsáveis  da Obra kolping;  à Real Gastronomia:  Frutas Douro Sul; às Farmácias, Parente, Santos Monteiro  e Avenida, a todos  eles o nosso muito obrigado.

Em Castro Daire, agradecemos aos responsáveis  da Santa Casa da Misericórdia, bem como aos seus colaboradores, e em especial a todo o pessoal da cozinha; aos enfermeiros da  Unidade de Saúde; aos Bombeiros e a todas as pessoas que  se empenharam,  de Lamelas e Castro Daire , no atendimento aos peregrinos. Agradecemos igualmente aos proprietários do café, “O Celeiro e Forno da Serra”, que nos  ofereceram todo o  pão necessário para alimentar  os peregrinos. É um trabalho de apostolado que proporciona  a quem o executa, uma enorme felicidade e satisfação interior. Com um misto de sacrifício e alegria estampado nos rostos, os peregrinos vão passando nestes postos, que não tendo estruturas de excelência, têm o carinho e  o aconchego  de pessoas dispostas  a ajudar, para que o caminho se  torne menos penoso.

Que Nossa Senhora a todos  encha de graças e bênçãos do  Céu.

O Secretariado Diocesano, in Voz de Lamego, ano 86/23, n.º 4362, 10 de maio de 2016

Movimento dos Cursilhos de Cristandade: Jornada jubilar

CC-Mulheres

Na tarde do dia 25 de Abril o Movimento dos Cursilhos de Cristandade na nossa diocese viveu um momento significativo. Na Sé Catedral decorreu o encerramento dos dois cursilhos realizados de 22 a 25 de Abril. Foi a primeira vez que, na nossa diocese,  se realizaram dois cursilhos ao mesmo tempo: o 40º de Senhoras, nas instalações da Obra Kolping, em Lamego, com trinta novas participantes; e o 58º de Homens, no Seminário de Resende, com dezasseis novos participantes. Foi umas boa maneira de assinalar o Ano Santo da Misericórdia, congregando os antigos cursilhistas e os novos em jornada jubilar.

CC-homens

Os que viveram pela primeira vez esta experiência, provenientes de diferentes núcleos paroquiais e com diversas tonalidades nas idades e na referência cristã, sentiram-na como uma experiência que a todos deixou enriquecidos e com novas perspetivas na abordagem da vida. Manifestaram-no claramente, na Catedral, onde, pelas 16.00, depois de uma caminhada simbólica a partir da Capela do Espírito Santo, entraram atravessando a Porta Santa, e se viram surpreendidos por uma moldura humana acolhedora e feliz, formada por muitos daqueles que um dia viveram experiência semelhante.

Proporcionou-se uma tarde de ação de graças, em que os novos cursilhistas partilharam as suas vivências semeando esperança e alegria no coração de todos. O Senhor Bispo, D. António Couto presidiu à celebração da Eucaristia, às 18.30, tendo na homilia, relevado o papel dos leigos na missão da Igreja e a sua aptidão para concretizar os desafios que a Igreja sente de ir ao encontro de todos, levando a Boa Nova de Jesus.

No final era notória  a alegria de todos e a vontade de continuar por estes caminhos de evangelização. Jornadas como esta são um estímulo para as Equipas Animadoras dos Cursilhos e para os Párocos e Leigos comprometidos, que fazem do MCC um apoio para a caminhada cristã das suas comunidades.

O Secretariado Diocesano do MCC,

in Voz de Lamego, ano 86/22, n.º 4361, 3 de maio de 2016

Movimento da Mensagem de Fátima: Retiro Anual Diocesano

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No Seminário Maior de Lamego

No passado fim de semana, 12 e 13 de março, o MMF realizou o seu retiro anual no Seminário Maior de Lamego .

Esteve presente um bom número de pessoas, vindas de várias paróquias da Diocese;  deixaram  os trabalhos da sua vida quotidiana e familiar, para se juntarem a outras famílias, num ambiente de tranquilidade,   recolhimento e oração e refletirem sobre os temas propostos pelo orientador, Sr. Padre Vasco Pedrinho, Assistente Diocesano do MMF. Para além de várias reflexões, houve vários momentos de oração e de espiritualidade tais como: Laudes, Via-Sacra, Confissões, Terço, Eucaristia e Adoração ao Santíssimo Sacramento.

“ Eu vim para que tenham vida”, é o tema proposto pelo Santuário de Fátima para este ano de 2015/2016 e foi o ponto de partida para a 1ª reflexão.  Jesus quer que tenhamos vida  em plenitude,  em abundância, Ele derrama o seu sangue na cruz para que nós sejamos salvos. Centrados no Evangelho de S. João, Jesus Cristo apresenta-se como a  “porta”  por onde todos devemos passar e ter acesso a uma vida que não tem fim. Num ambiente calmo, houve um tempo de reconciliação para todos, num espírito de vivência da misericórdia de Deus neste ano jubilar. A 2.ª reflexão do dia, versou sobre a misericórdia. Não há misericórdia sem perdão e o perdão também implica confissão, através da confissão, Deus concede ao penitente “o perdão e a paz” com Ele, consigo próprio e com  o irmão. A absolvição dos pecados é nos dada pelo sacerdote a quem Deus deu esse poder, no Sacramento da Ordem.

Todos os sacramentos nos falam da misericórdia. Houve uma 3ª reflexão sobre as obras de Misericórdia corporais e espirituais, a maneira como as  pomos em prática são o  caminho que nos  conduz até Deus. É Jesus que diz… cada vez que fizeste algo a  favor do teu irmão foi a Ele  que o fizeste .

No  mmf a devoção ao Imaculado Coração de Maria é a devoção que mais atrai os mensageiros, mas o Coração de Maria é inseparável do Coração de Jesus.  No Coração de Jesus concentra-se e dele irradia toda a misericórdia de Deus. No 2.º dia celebrou-se a Eucaristia, seguida de Adoração e meditação sobre “o Pão da Vida” segundo o Evangelista São João e Bênção do Santíssimo,  que  nos levou a refletir no grande amor  que Deus nos tem  ao perdoar à mulher adúltera. O retiro terminou com o almoço, em fraterno convívio e, animados pela misericórdia divina , saímos em missão ao encontro do irmão . Que Nossa Senhora a todos guarde e proteja.

O  Secretariado, in Voz de Lamego, ano 86/17, n.º 4354, 15 de março de 2016

Conselho Diocesano do Movimento da Mensagem de Fátima | 2015

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No passado sábado, dia 31 de outubro, no Seminário Maior de Lamego, o Movimento da Mensagem de Fátima realizou o seu Conselho Diocesano.

Estiveram presentes um número significativo de responsáveis dos secretariados paroquiais e alguns assistentes, apesar da proximidade do Dia de Todos os Santos. O Assistente Nacional, Senhor Padre Manuel Antunes e o novo Presidente Nacional do Movimento, eleito no último Conselho Nacional, Nuno Neves, honraram-nos com a sua presença.

Neste encontro anual de Mensageiros de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, fez-se uma reflexão sobre a missão e trabalho desenvolvidos no ano pastoral que findou e apresentaram-se as ações a realizar no novo ano pastoral de 2015/2016, nos três campos de apostolado do MMF, a saber: Oração, Doentes e Deficientes Físicos e Peregrinações. Salientamos o Retiro Diocesano para a todos os mensageiros e outras pessoas interessadas; o Retiro dos Doentes que, este ano, se realizará em Lamego; a Peregrinação de Idosos ao Santuário de Fátima; a Peregrinação Nacional; Um Dia de Deserto; a Peregrinação a Balazar, Tuy, Pontevedra (e Santiago de Compostela); e ainda várias atividades com jovens. Estão também programadas algumas ações de formação.

O Assistente Nacional apresentou o Boletim Anual do Movimento, subordinado ao tema escolhido para este ano pelo Santuário de Fátima: Eu vim para que tenham vida (Jo 10, 10), inspirado na quinta aparição de Nossa Senhora, aos Pastorinhos. Tal como Jesus, o  Bom Pastor que “gasta” a sua vida pelo seu rebanho ao ponto de se dar e se entregar totalamente por ele, também os três Pastorinhos da Cova da Iria, com os seus corações imbuídos dessa “água viva” que é “a graça divina”, e que estava dentro deles, ofereceram a sua vida para dar a conhecer ao mundo a Mensagem trazida por Nossa Senhora. O mundo de hoje, mais do que nunca,  “precisa de Deus”, dessa “água viva”, para encontrar a paz verdadeira e duradoira.

Saibamos nós também, mensageiros, viver este novo ano pastoral animados pelo espírito e vontade que motivaram os Pastorinhos de Fátima. Não podemos desanimar perante as dificuldades. Peçamos a Nossa Senhora que nos ajude em todas as ações de apostolado e que a todos  proteja.

O Secretariado Diocesano, in Voz de Lamego, ano 85/49, n.º 4336, 3 de novembro

Movimento da Mensagem de Fátima em Peregrinação Diocesana à Lapa

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No passado sábado, dia 10 de Outubro, o Movimento da Mensagem de Fátima presente na Diocese de Lamego, peregrinou até ao Santuário de Nossa Senhora da Lapa.

Algumas centenas de Mensageiros de muitas paróquias, acompanhados pelas suas famílias, amigos e alguns párocos acorreram ao Santuário, testemunhando com a sua presença a  devoção à Mãe do Céu como caminho para Cristo…

Muitos aproveitaram para fazer a sua reconciliação;  alguns sacerdotes fizeram o favor de estar presentes e dsiponíveis para este serviço.

A Peregrinação teve início com a saudação a Nossa Senhora centrada no tema do ano pastoral que terminou Santificados em Cristo, encenada por um grupo de crianças, jovens e adultos  da paróquia de Ferreiros de Avões, acompanhado pelo seu Pároco.

De seguida, iniciou-se a caminhada até ao recinto, com a meditação e recitação dos mistérios gozosos (Mistérios da Alegria). Várias centenas de pessoas rezaram e mantiveram-se concentradas mesmo quando a chuva tentou aparecer. Mais uma vez, avós, filhos e netos unidos em família, estiveram presentes nesta peregrinação do mmf. Chegados ao recinto iniciou-se  a Celebração Eucarística, presidida pelo Bispo emérito, S.ª Ex.ª Reverendíssima D. Jacinto, acompanhado por uma dezena de sacerdotes e acolitado por seminaristas dos nossos Seminários de Lamego e Resende,  acompanhados  dos seus formadores.  Na homília, o Senhor Bispo, apelou para que os Mensageiros sejam verdadeiros  anunciadores da Mensagem através do testemunho de vida. A Mensagem de Nossa Senhora, bem  vivida, leva-nos até Jesus. Falou do Sínodo das Famílias que por estes dias está decorrer em Roma e apelou à oração pelo mesmo e pelas famílias. A família é a “Igreja doméstica”. Devemos responder ao pedido do Santo Padre, com o exemplo de uma sã vivência dentro da família a que pertencemos. E, para finalizar, pediu um propósito a cada Mensageiro: a  oração diária do terço em família oferecendo-o pela santificação  das nossas famílias.

Depois do almoço partilhado, houve um encontro com todos os Mensageiros, num dos salões do colégio. A Presidente Diocesana do MMF lembrou que em cada ano pastoral que começa  um novo desafio se apresenta. Neste ano pastoral que terminou  o tema “Santificados em Cristo”,  convidou-nos a  trabalhar mais e melhor para a nossa santificação e para a dos irmãos, com a certeza de que Deus é Pai de Misericórdia para com todos. No novo ano pastoral que já começou, um novo tema nos interpela. São as palavras de Jesus que diz: Eu vim para que tenham vida;  tema baseado na aparição de setembro de 1917… Aos Mensageiros é pedido que vivam a Mensagem na oração e no compromisso ao jeito dos pastorinhos.

Voltou-se ao Santuário para a Adoração ao Santíssimo  Sacramento,  presidida pelo Assistente Espiritual do Movimento na nossa Diocese. Com o Santuário cheio,  ouviram-se textos que nos falavam da Misericórdia de Deus e algumas reflexões retirados das Memórias da Irmã Lúcia. Partimos para os nossos ambientes habituais mais fortalecidos para enfrentar um novo ano pastoral que já decorre, experimentando verdadeiramente a ação da Misericórdia que há em Deus (Ide e fazei da minha casa, casa de oração e de misericórdia). Assim nos pede o Papa Francisco e também o nosso Bispo, no Ano Jubilar da Misericórdia.

Agradecemos muito especialmente ao grupo coral das paróquias da Gralheira e Panchorra, dirigido pelo Senhor Padre Sérgio Lemos que, com muita competência, animou a Eucaristia e a Adoração Eucarística. Um agradecimento sentido ao Sr. Padre Amorim, Reitor do Santuário, às Irmãs e restantes colaboradores por toda a disponibilidade dispensada. Que a Senhora da Lapa a todos ajude e proteja.

O Secretariado Diocesano, in Voz de Lamego, ano 85/46, n.º 4333, 13 de outubro