Arquivo

Posts Tagged ‘Departamento da Catequese’

Formação de Catequistas para o Arciprestado de Cinfães – Resende

Este sábado, dia 18, às 9h30, no Seminário de Resende, o Secretariado Diocesano da Catequese irá organizar uma formação para as/os catequistas de Resende e Cinfães, dando início a um ciclo de “Formações itinerantes”, muito práticas e explícitas, que não substituem as formações mais generalistas e alargadas que são disponibilizadas a nível de arciprestado, diocese ou nacionais, antes as complementam dum modo mais íntimo, restrito e mais próximo das paróquias.

Com o objetivo de ajudar a organizar uma sessão de catequese, com todos os desafios que as crianças e a realidade que vivemos representam para as/os catequistas, preparou-se o seguinte programa:

09:30  – Acolhimento

09:45  – Início dos trabalhos

10:30  – Trabalho de grupo

11:30  – Intervalo

11:50  – Envio

O tema – base será a parábola do Bom Samaritano ( Lc 10, 29-37).

Pedimos que não se esqueçam da Bíblia, material de escrita  e muito entusiasmo.

As inscrições são importantes, em particular para quem pretender almoçar, mas não deixe de vir se sentir “a chamada” na véspera…

BENVINDAS/OS.

in Voz de Lamego, ano 87/50, n.º 4436, 14 de novembro de 2017

Workshop . Lectio Divina . Formação de Catequistas – 3.dezembro.2016

catequese-cartaz-catequistas-advento

Caro colega e catequista

Em todas a paróquias a catequese já vai lançada. Há entusiasmo, há ideias novas, há alegria em colaborar com Deus nesta tarefa de partilhar o Evangelho com os mais novos.

Daqui (departamento diocesano da catequese), também sente esse mesmo entusiasmo e também a responsabilidade de estar à altura das necessidades dos nossos catequisandos e catequistas.

Atendendo a esta consciência e dando marcha ao programa apresentado para este ano pastoral, informo a próxima atividade.

Solicito divulgação entre os catequistas e apelo na participação.

Por motivos de logística e almoços para quem o pretenda, necessitamos das respectivas inscrições para o seguintes contactos:

Email: catequese.lamego@gmail.com

Pe. Filipe Rosa – Telm. 963460554

Votos de Bom trabalho pastoral

Abraço fraterno,

Pe Filipe Rosa

(Departamento diocesano da Catequese)

in Voz de Lamego, ano 87/52, n.º 4388, 22 de novembro de 2016

DIA DIOCESANO DE CATEQUISTAS | 20 de fevereiro

IMG_1534No passado dia 20 de fevereiro, no Centro Pastoral de Almacave – Lamego, realizou-se o encontro diocesano de catequistas da diocese de Lamego. Este ano, como estamos a viver o Ano Jubilar da Misericórdia, os catequistas tiveram a oportunidade de refletir sobre a sensibilidade que todo o cristão deve ter para com o seu próximo, para assim poder fazer a experiência da Misericórdia.

Assim, o encontro começou pelas 10h00 com a oração da manhã. Após termos louvado o Senhor, iniciamos a reflexão orientada pelo Sr. D. António Couto, Bispo da nossa diocese. O Sr. Bispo começou por realçar a importância do testemunho e ação eclesial do catequista.

Partindo do capitulo 2 do Livro de Daniel – história do sonho do rei Nabucodonosor – o Sr. Bispo, através da imagem da estátua com cabeça de ouro, braços e tronco de prata, ventre e coxas de bronze, pernas de ferro e pés de barro, apontou as imperfeições que compõem o homem da sociedade do nosso tempo: cabeça de ouro símbolo de poder, ambição, importância, orgulho, opulência, dinheiro, lucro; peito e braços de prata: sinal de sedução, luxo, prazer, vaidade; ventre e coxas de bronze e pernas de ferro: representam a guerra e a violência; pés de barro: mostram a inutilidade. Se a sociedade é imperfeita e não serve para nada, o que fazer? Mudar o material da estátua! Assim, na cabeça devemos colocar bom senso, grandes ideais, usar os olhos para vez a Beleza, usar o ouvidos para ouvirmos o Bem, o ar que nos entra pelo nariz é de todos e isso é sinal de fraternidade, usar a boca para comunicarmos – encontro com o outro. Devemos substituir a prata do peito e braços por um coração sensível, braços capazes de acolher, mãos abertas para poderem dar e receber. No ventre, coxas e pernas de ferro, devemos dar lugar à Misericórdia. Sendo o ventre humano um  lugar frágil, não tem osso que o protege e psicologicamente é aí que sentimos de imediato as noticias alegres ou tristes, é aí que despertamos para a  Misericórdia. É aí que sentimos o desejo da experiência da Misericórdia. Devemo-nos deixar tomar pela sensibilidade que nos vem de Deus, para que esta agite o nosso ventre e sejamos levados a agir já, no imediato, ao encontro do nosso próximo e usar a Misericórdia para com ele. Desta forma, como catequistas que somos, o Sr. Bispo desafiou-nos a tornar os catequizandos que nos são confiados a serem mais sensíveis, a estarem aptos a serem invadidos pela Misericórdia, a fim de poderem agir já, no imediato, ao encontro daqueles que mais precisam.

IMG_1508

Ler mais…

DIA DIOCESANO DO CATEQUISTA – 20 de fevereiro

P1150478

No contexto da proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, pelo Papa Francisco, que decorre desde o passado dia 8 de dezembro de 2015, solenidade da Imaculada Conceição, até à solenidade litúrgica de Jesus Cristo, Rei do Universo, 20 de Novembro de 2016,venho por meio informar que vamos levar a efeito mais um dia diocesano do catequista no próximo dia 20 de Fevereiro no Centro Pastoral de Almacave.

O encontro pretende ser “um momento de formação” dirigido a todos os catequistas e ocasião para celebrar o jubileu dos catequistas.

Esta jornada terá a Misericórdia no centro da reflexão: «A Misericórdia de Deus na Bíblia» e «As obras de Misericórdia Corporais e Espirituais».

Dentro deste contexto, e pela proximidade do encontro solicitava o mais célere possível aos grupos com intenção de participar que preparassem uma exposição que não vá além de 8 min, sob a forma de peça de teatro; musica; jogral; apresentação de multimédia; declamação de poema… etc, dando assim a conhecer cada uma das obras de misericórdia.

Sendo assim agradecia que fizessem chegar por email o que pretendem apresentar assim como a respetiva obra de misericórdia escolhida. (Ver quadro)

Obras de Misericórdia Corporais

Obras de misericórdia Espirituais

Dar de comer a quem tem fome Dar bom conselho
Dar de beber a quem tem sede Ensinar os ignorantes
Vestir os nus Corrigir os que erram
Dar pousada aos peregrinos Consolar os tristes
Assistir aos enfermos Perdoar as injúrias
Visitar os presos Sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo
Enterrar os mortos Rogar a Deus pelos vivos e defuntos

DIA DIOCESANO DO CATEQUISTA – Programa

9h30 – Acolhimento / Abertura

10h00 – Oração da Manhã

10h15 – 1.ª conferencia: D. António Couto, A misericórdia na Bíblia

11h30 – Intervalo

12h00 – 2.º Conferência: Departamento da catequese, Obras de Misericórdia Corporais e Espirituais

13h00 – Almoço

14h30 – Peregrinação até a Sé catedral atravessando a Porta Santa

15h30 – Momento de Oração

16h00 – Encerramento

Pe. Filipe Rosa, in Voz de Lamego, ano 86/11, n.º 4348, 2 de fevereiro de 2016