Arquivo

Archive for the ‘Falecimento’ Category

Falecimento do Padre Manuel Augusto da Costa Pinto

O Senhor Deus, Pai de Misericórdia Infinita, chamou à Sua presença, o nosso irmão sacerdote Pe. Manuel Costa Pinto.

Nasceu a 7 de maio de 1928.

Foi ordenado Sacerdote a 22 de dezembro de 1964.

O Senhor Bispo, D. António Couto, em comunhão com o seu presbitério e com toda a Diocese de Lamego, reza ao Senhor por este irmão sacerdote, agradecendo a Deus o dom da sua vida e do seu ministério sacerdotal, na esperança da sua ressurreição em Cristo Jesus, até àquele dia em que também nós seremos chamados para a Sua morada eterna.

Aos familiares e amigos, a comunhão na dor, na oração e na fé.

A celebração da Santa Missa, de corpo de presente, é neste Domingo, pelas 17h00 na Igreja Matriz de Cetos, Zona Pastoral de Castro Daire.

Que o Deus da Vida lhe conceda a vida eterna.

Falecimento da Irmã do Padre Manuel Pedro (já falecido)

O Senhor Deus, Pai de Misericórdia Infinita, Senhor da Vida e da Morte, chamou a Si a Sra. D. Maria do Céu Almeida, irmão do (falecido) Padre Manuel Pedro de Almeida.

O Senhor D. António Couto, também em nome do presbitério de Lamego, manifesta o seu pesar à família, amigos e comunidade à qual pertence, e une-se na oração, na fé e na esperança que em Deus esta nossa irmão encontra o descanso eterno.

A Missa Exequial será celebrada a 7 de abril, pelas 17ho0, na Capela de Nossa Senhora da Guia, na Paróquia de São João de Fontoura, na Zona Pastoral de Resende.

Unamo-nos na oração, confiantes na bondade de Deus que ressuscitou Jesus!

Falecimento da Irmã do Padre Ildo de Jesus

Deus, Pai de Bondade, chamou a Si a D. Lídia Alice Silva, irmã do reverendo Padre Ildo Aníbal da Silva, pároco de Chavães e de Arcos na Zona Pastoral de Tabuaço.

D. António Couto, Bispo de Lamego, em comunhão com todo o Presbitério, une-se ao luto dos irmãos, familiares e amigos e, na oração, confia a Deus a vida desta nossa Irmã, que nos precede na morte, na esperança da vida eterna.

Celebrações eucarísticas (com o corpo presente), esta sexta-feira, 16 de março:

14h00 – Paróquia de Chavães

16h00 – Paróquia de Cedovim

Que o Deus da Vida lhe conceda o prémio dos justos, na eternidade.

Paróquia de Almacave homenageia a Mãe de Mons. José Guedes

Comunidade Paroquial de Santa Maria Maior de Almacave

Homenagem a D. Maria José Fernandes Pinto

Começamos por citar Saint Exupéry quando escreve: “O essencial é invisível aos olhos; só se vê bem com o coração.”

Na Eucaristia de 7º dia pela D. Maria José, mãe do Senhor Padre José Guedes, a nossa “Mãe Zézinha” como a conhecíamos, a Comunidade Paroquial de Santa Maria Maior de Almacave está aqui para fazer memória da sua vida e da beleza da sua alma.

A mãe dos sacerdotes de uma paróquia é também nossa mãe “emprestada”. Mas há algumas, como a Mãe Zézinha tornam-se especiais pois ela, com a sua calma, a sua paz, a sua alegria e o seu sorriso sempre cativou quem dela se aproximava. Sempre uma brincadeira, um gesto de carinho emanava dela e nos fazia parar para falar com ela e lhe dar alguma atenção.

Há almas bonitas que vêm a este mundo para o tornar mais belo e nos deixarem memória indelével de que há anjos na Terra que, apesar dos seus sofrimentos e amarguras sempre confiam no Senhor como o seu prado verdejante e que há sempre uma solução de vida, vista com a certeza de quem ama a Deus incondicionalmente.

Vivendo com o seu filho, o Pe José Guedes ao longo de todo o seu tempo de sacerdócio, foi reconhecida e amada por todos, nas paróquias onde passou e, muitas saudades deixa nos corações dos que tiveram a graça de se cruzar no seu caminho.

A sua família chora a sua ausência mas a Paróquia de Almacave também vai sentir a sua falta, nomeadamente os que com ela privaram mais de perto. Foi testemunha de fé e de bondade e, para todos tinha um olhar meigo, de bondade e de afeto. Conhecia de cor as muitas centenas de paroquianos que identificava e conhecia pelo nome. Não deixava de estar presente em funerais onde, com a sua oração pelos falecidos associava as palavras de conforto à dor dos familiares. Ler mais…

Falecimento da Mãe do Monsenhor José Guedes

O Senhor Deus, Pai de Misericórdia Infinita, fez regressar à Sua presença a Senhora D. Maria José Fernandes Pinto, Mãe do reverendo Monsenhor José Guedes, Pároco de Almacave.

D. António Couto, Bispo de Lamego, também em nome do Presbitério de Lamego, manifesta o Seu pesar ao Monsenhor, unindo-se na oração e na amizade, na certeza e na esperança da vida eterna para esta nossa irmã, que no mistério da Eucaristia continua a ser Igreja connosco e que um dia encontraremos na Páscoa eterna.

Celebrações eucarísticas (de corpo presente), na terça-feira, 20 de fevereiro:

  • pelas 11h00, na Igreja da Graça;
  • pelas 16h00, na igreja de Fontelo de Armamar, onde será sepultada.

Que o Senhor Deus lhe conceda a luz e a paz na Sua morada eterna, à família e aos amigos o conforto da Sua Palavra de Salvação.

Falecimento da Irmã do Pe. Manuel Fonseca

Deus de Bondade Infinita chamou à Sua presença a Senhora D. Bárbara Aparício , Mãe do reverendo Padre João de Brito, SDB (sacerdote salesiano Dom Bosco) e irmã do já falecido Pe. Manuel Fonseca.

Funeral: domingo, 16h00, na Capela de São Martinho de Pêva.

A Diocese de Lamego, sob o pontificado de D. António Couto, une-se à família e aos amigos na dor e na amizade e sobretudo na oração, nesta comunhão espiritual que nos faz permanecer Igreja que caminha pelo tempo na história e Igreja que nos espera na eternidade de Deus, duas dimensões que nos fazem caminhar na certeza que nunca perdemos os que amamos, os que fazem parte da nossa família, desta família de Deus.

Que o Senhor, Deus Bom, lhe dê o descanso eterno e que na eternidade interceda por nós.

Falecimento do Irmão do Pe. Leontino Alves

O Senhor Deus, Pai de Misericórdia e de Bondade Infinita, chamou à Sua presença o Senhor António Carvalho Alves, irmão do reverendo Pe. Leontino Alves, Pároco de Queimada, São Romão e Tões, no Arciprestado de Armamar – Tarouca.

D. António Couto, Bispo de Lamego, em nome e comunhão com o Presbitério diocesano, manifesta as suas mais sinceras condolências ao Padre Leontino e aos seus familiares e amigos, confiando-os a Deus, na certeza da vida eterna, onde havemos de nos encontrar todos reunidos em Igreja triunfante.

A Missa Exequial será celebrada pelas 16h00, 1 de fevereiro de 2018, na Igreja Matriz de Várzea da Serra.

Que em Deus descanse e que a certeza da ressurreição dos mortos nos incentive a viver cada vez melhor, procurando, pelo compromisso com o bem, treinar-nos para vivermos em comunhão plena com o Senhor.