Arquivo

Archive for the ‘Arciprestados’ Category

Paróquia da Mêda veste-se para Concerto Solidário

A Casa Municipal da Cultura de Mêda, vestiu-se no passado dia 30 de julho,para um concerto Solidário pelas vítimas de Pedrogão Grande, Figueiró dos vinhos e Castanheira de Pêra. Esta atividade organizada pela paróquia de Mêda (Grupo de catequistas), reuniu neste espaço muitos corações solidários que participaram de forma ativa, por todas as vítimas deste incêndio.

Ao longo de toda a tarde de domingo, vários artistas musicais do concelho, subiram ao palco, para este Concerto Solidário com lotação esgotada, tendo na plateia o Sr. Pe. Basílio Firmino, Sr. Presidente da Câmara e o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Mêda.

Parabéns a todos os grupos que participaram, mostrando assim que tudo se pode fazer com talento da “Prata da Casa”.

Os donativos foram entregues voluntariamente e um quadro foi doado para o efeito, e, leiloado por duas vezes. Os fundos criados num bar de apoio às pessoas que ali se encontravam, reverteu para o mesmo fim!

No final do concerto, foi anunciado que os donativos tinham totalizado cerca de mil e oitocentos euros, revertendo a favor da Cáritas Nacional, para reforçar o apoio às populações afetadas!…

Resta-nos agradecer a todas as pessoas que exaltaram a solidariedade do povo português, neste caso, a comunidade de Mêda, e a sua capacidade de ajudarem os seus irmãos a reerguerem-se após uma tragédia.

Hoje são eles que precisam, amanhã poderemos ser nós!…

 

Catequistas: Cristina Branco e Conceição Lourenço

in Voz de Lamego, ano 87/39, n.º 4424, 8 de agosto 2017

Peregrinação da Zona Pastoral da Pesqueira ao Santuário de Fátima

Na data prevista, dia 17 de junho, devido à falta de autocarros disponíveis,os fiéis da Zona Pastoral de S. João da Pesqueira não puderam viver,com os demais fiéis da nossa Diocese, o Dia da Família Diocesana em ano do Centenário das Aparições.

Neste sentido, os párocos dessas comunidades agendaram uma data posterior e, no passado dia 23 de julho, peregrinaram até ao Santuário de Fátima para assim viverem esse dia em espírito de comunidade e para o celebrar com Jesus e na presença da Mãe de Deus.

Saídos das diversas comunidades e chegados ao Altar do Mundo, pude presenciar, com imensa alegria, a ânsia que todos tinham de, em primeiro lugar, visitar a Mãe, rezar ao Senhor, cumprir as suas promessas ou agradecer todas as graças concedidas, até à hora da Eucaristia, prevista para as 12h 30 min. Ler mais…

Arciprestado de Lamego | Encontro de Acólitos

dscn0136

SOMOS OS BRAÇOS DE CRISTO!

Realizou-se no passado sábado, dia 25, no Seminário Maior de Lamego, um Encontro Arciprestal de Acólitos, chamada a que os acólitos das diversas paróquias responderam em força, estando presentes cerca de 70 acólitos de Vila Nova de Souto del Rei, Cambres, Penajoia, Ferreirim, Sande, Valdigem, Figueira, Queimadela, Cepões, Penude, Almacave e Sé ( desculpem se me passou alguma…).

Os trabalhos iniciaram -se, como não podia deixar de ser , orando; ao Senhor Jesus , a quem servimos no altar, ao mártir São Tarcísio, padroeiro mundial dos acólitos, ao beato Francisco, padroeiro português dos acólitos.

Após umas palavras de boas vindas e incentivo do P. Joaquim Dionísio, nosso anfitrião, o Pe. Bouça Pires apresentou, em tom de conversa com a assembleia, os critérios necessários para ser um bom acólito: o “GOSTAR”, o “QUERER”, foram explorados em profundidade, e os presentes levados a interrogarem-se –   É de minha vontade ou fui obrigado? Gosto mesmo?  Quero muito?  Amo a Jesus o suficiente?  O suficiente para vencer os obstáculos da preguiça, dos comentários dos outros, das atividades mundanas que nos chamam? O suficiente para avançar para os critérios seguintes? Ler mais…

Visita Pastoral de D. António Couto em São Martinho de Mouros

img_1236

De 7 a 12 de fevereiro decorreu, na Paróquia de São Martinho de Mouros, a Visita Pastoral de D. António Couto.

Foram dias intensos e revigorantes em que o Senhor D. António teve a oportunidade de percorrer toda a paróquia visitando o centro e as periferias – doentes, lugares de culto, instituições – e contactou com os grupos ligados à Igreja.

Para o efeito, os vários povos organizaram-se e esmeraram-se para receber de forma condigna e calorosa o Senhor Bispo, ornamentando a preceito todos os lugares por ele percorridos, com especial relevância os espaços de culto visitados.

No dia 7, da parte da tarde, começou por visitar os doentes de Peneda e Stª Eulália. Celebrou Eucaristia e administrou o sacramento da Santa Unção, que D. António fez chegar a todos como uma “carícia de Deus”, na Capela de Nª Sª da Ajuda. Terminou este primeiro dia num encontro com a Comissão de Melhoramentos da freguesia, seguido de lanche.imagem-102

A manhã do dia 8 foi passada com as crianças, professores e funcionários do Centro Escolar de S. Martinho de Mouros. Aqui D. António foi acolhido de forma calorosa por toda a comunidade educativa, que se esmerou na receção ao Senhor Bispo. Depois de uma bela canção, cheia de mensagem, interpretada pelas maviosas vozes das crianças, houve um encontro, onde o D. António teve a oportunidade de responder e satisfazer a natural curiosidade das crianças. Esta manhã culminou com o almoço na cantina escolar, sendo servido a todos um saboroso bolo. Ler mais…

Grupo de Jovens de Sernancelhe – JIM – Jovens em Missão

sernancelhe

O grupo de Jovens da paróquia São João Batista – Sernancelhe  comprometeu-se oficialmente com a Igreja enquanto missionária, a exemplo de Jesus ressuscitado que enviou os discípulos em missão por todo o  mundo a anunciar a Palavra de Deus. Comprometeu-se com o JIM, Jovens em Missão, uma proposta dos missionários Combonianos.

Os dias 13, 14 e 15 de janeiro tornaram-se num marco importante para a vida dos jovens da nossa paróquia porque fizeram o compromisso e a adesão ao JIM (Jovens em Missão). Após uma preparação de dois dias, com o intuito de conhecer a missão que o Papa Francisco nos tem interpelado a todos para anunciarmos o Evangelho a toda humanidade porque é o serviço mais valioso para a Igreja, os jovens também são chamados a integrar esta missão. E como dizia o Pe. Jorge, missionário Comboniano e responsável do JIM, a Igreja também é jovem e os jovens têm de se sentir integrados e úteis nesta missão, quer seja na nossa paróquia ou em qualquer outro lugar. Então, o dia 15 de janeiro tornou-se um marco vivo de esperança para a nossa paróquia ao comprometer os jovens nesta missão de sermos evangelizadores e também por se sentirem úteis neste desafio que nos engloba a todos. Ler mais…

À procura… preparação dos jovens para o Natal

jovensJovens “à procura…”

O Natal está aí à porta! Jesus vem até nós! Mas, para recebermos tão importante visita nas nossas vidas, impõe-se que nos preparemos… arrumando a nossa casa interior.

Nesta linha, ao longo das últimas semanas, a Equipa do DDPJ percorreu os trilhos da nossa Diocese para proporcionar aos jovens “Encontros de preparação para o Natal”.

De Castro Daire até à Mêda, passando por Tarouca e Moimenta da Beira, a juventude andou “à procura…” de várias coisas indispensáveis para acolher o Menino que quer acampar mais íntimo do nosso coração.

Depois do acolhimento e da oração inicial surgia o convite dinâmico para nos colocarmos, literalmente, “à procura… do Natal” na sua dimensão mais contemporânea: através de inúmeras imagens tentamos perceber como é que a nossa sociedade vive hoje o Natal. Posto isto, fomos “à procura… do Advento” e encontramos os seus símbolos, as temáticas principais de cada domingo e as suas figuras mais relevantes. Imersos num clima de esperança e afinados no tom da alegria vigilante era hora de cantar: “Jesus vem, nascerá p’ra todos nós! Preparai os caminhos do Senhor!”.

No entanto, nesta época festiva, nem tudo são luzes decorativas. Tínhamos de ir “à procura… dos outros”, daqueles que não vão ter presentes; não vão comida; não vão ter companhia; daqueles que não vão ter casa. Sensibilizados por esta realidade, era hora de olhar para dentro: “à procura… de mim”.

Após um tempo de reflexão individual, os jovens foram “à procura… de Deus”. Analisando várias passagens bíblicas (Anunciação, Visitação, Recenseamento, Nascimento) e aderindo à moda dos Mannequin Challange, tornaram-se mensageiros da boa-nova, protagonizando 4 simples vídeos que, tendo sido colocados na internet, já foram vistos por milhares de outros jovens.

Ainda antes de regressarem a casa, cada um teve a possibilidade de construir uma recordação natalícia e na oração de envio, ao rezar pela paz no mundo, foram desafiados a não voltar pelo mesmo caminho, a fazer diferente, a viver o verdadeiro Natal, a ir “Ao encontro…” dos idosos e doentes das suas paróquias, no dia 25 ou na oitava, levando a imagem do Menino Jesus do presépio da Igreja Paroquial.

Agradecemos a todos os que nos apoiaram na organização e nos acolheram nas suas comunidades aos longo deste Advento. Já recebemos o feedback de alguns grupos mas, para podermos avaliar melhor esta atividade, iremos enviar um inquérito online. Quem o desejar fazer de forma mais completa pode enviar para e-mail: lamego.sdpj@gmail.com. Contamos com a ajuda de todos para realizar esta missão.

Equipa DDPJ, in Voz de Lamego, ano 87/07, n.º 4392, 20 de dezembro de 2016

Paróquia de Moimenta, de Cinfães – Lausperene “24h de Oração”

moimenta-cinfaes

Nos passados dias 22 e 23 de outubro, realizou-se na Igreja Paroquial de São Martinho de Moimenta, um Lausperene – “24h de oração” organizado pelo grupo jovem “Águas Vivas”, que teve como intenções particulares, os doentes da nossa terra e as Missões do mundo inteiro, atendendo a que no dia 23 se celebrava o Dia Mundial das Missões e, também pelo facto do nosso pároco ter assumido o Departamento das Obras Missionárias Pontifícias da nossa diocese.

Teve inicio às 9h do dia 22, com forte adesão durante todo o tempo. Foram vários os grupos da paróquia, assim como pessoas singulares que se juntaram em oração connosco. Foram momentos muito intensos, onde não faltaram reflexões, lágrimas, sorrisos, um misto de emoções para todas as faixas etárias.

Um dos pontos altos deste Lausperene foi da 0h às 2h em que o grupo jovem esteve em oração com a presença do pe. Pinheiro, e apesar da hora avançada, foram muitas as pessoas que quiseram partilhar connosco este tão precioso momento, no qual sentimos Deus ainda mais próximo, onde ouvimos melhor a sua voz, onde sentimos o seu abraço  reconfortante (o bom filho a casa torna, e o Pai está sempre de braços abertos para o acolher).

Esta atividade tão profunda e marcante terminou antes da celebração da Eucaristia Dominical, onde se encontravam a maioria dos participantes da Lausperene, sendo esta Eucaristia a de abertura de mais um ano Catequético na nossa comunidade.

Agradecemos a todos os que participaram connosco nesta oração, ao pe. Pinheiro pela sua disponibilidade e empenho, e acima de tudo agradecemos a Deus, pelo dom da vida e da missão que cada um de nós tem para oferecer ao mundo.

Grupo Jovem “Águas Vivas”,

in Voz de Lamego, ano 86/49, n.º 4385, 1 de novembro de 2016