Arquivo

Archive for the ‘Arciprestados’ Category

Arciprestado de Lamego: A caridade no coração da catequese

Foi este o tema que juntou cerca de 60 catequistas do arciprestado de Lamego no Seminário maior, no sábado dia 4, entusiasmados por se encontrarem (reencontrarem, quase todos !)  para passar a manhã em ambiente de aprendizagem, oração e louvor a Deus.

E foi orando que iniciamos os trabalhos , preparando-nos espiritualmente para o Encontro com Ele.

Assumindo e testemunhando a CARIDADE como indissociável da vida cristã, caridade e catequese são também inseparáveis.

Como integrar esta realidade na catequese ministrada nos dias de hoje em diferentes registos sociais, económicos e familiares foi o desafio que tentamos ultrapassar com a preciosa ajuda do P. Ângelo, do P. Aniceto e do P. José Fernando; á mesa presidiram o Sr Cónego Assunção e o Sr Cónego Melo. Ler mais…

Visita Pastoral de D. António Couto em Tarouquela e em Espadanedo

A visita pastoral decorreu entre os dias 17 a 21 de Outubro. O Sr. D. António Couto visitou o  o centro escolar de Tarouquela e a Escola da Lavra em Espadanedo onde foi presenteado com duas calorosas receções por parte de toda a comunidade escolar. Foi visível a importância que teve a visita do nosso Bispo pelo cuidado demonstrado na sua preparação. As crianças na sua simplicidade fizeram as suas perguntas, cantaram e manifestaram a sua alegria de receber, ao qual foram correspondidas pela ternura e a proximidade do pastor: “estudai sempre toda a vida e sede felizes”.

Visitou também as juntas de freguesias, recentemente eleitas, desejando um profícuo trabalho em prol daqueles que neles depositaram a sua confiança. Benzeu as instalações do lar residencial CAO e SAD Nossa Senhora de Lurdes em Espadanedo, instituição que acolhe pessoas portadoras de deficiência e que contou sempre, desde a sua criação, com a parceria da diocese de Lamego. Foram momentos de uma beleza extraordinária de proximidade e de comunhão. Teve um encontro também com a direção da associação recreativa e cultural de Tarouquela visitando as suas instalações e de modo particular a sala de ensaio da banda de Tarouquela que é um ícone da freguesia e uma referência a nível nacional. Ler mais…

Paróquia da Mêda veste-se para Concerto Solidário

A Casa Municipal da Cultura de Mêda, vestiu-se no passado dia 30 de julho,para um concerto Solidário pelas vítimas de Pedrogão Grande, Figueiró dos vinhos e Castanheira de Pêra. Esta atividade organizada pela paróquia de Mêda (Grupo de catequistas), reuniu neste espaço muitos corações solidários que participaram de forma ativa, por todas as vítimas deste incêndio.

Ao longo de toda a tarde de domingo, vários artistas musicais do concelho, subiram ao palco, para este Concerto Solidário com lotação esgotada, tendo na plateia o Sr. Pe. Basílio Firmino, Sr. Presidente da Câmara e o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Mêda.

Parabéns a todos os grupos que participaram, mostrando assim que tudo se pode fazer com talento da “Prata da Casa”.

Os donativos foram entregues voluntariamente e um quadro foi doado para o efeito, e, leiloado por duas vezes. Os fundos criados num bar de apoio às pessoas que ali se encontravam, reverteu para o mesmo fim!

No final do concerto, foi anunciado que os donativos tinham totalizado cerca de mil e oitocentos euros, revertendo a favor da Cáritas Nacional, para reforçar o apoio às populações afetadas!…

Resta-nos agradecer a todas as pessoas que exaltaram a solidariedade do povo português, neste caso, a comunidade de Mêda, e a sua capacidade de ajudarem os seus irmãos a reerguerem-se após uma tragédia.

Hoje são eles que precisam, amanhã poderemos ser nós!…

 

Catequistas: Cristina Branco e Conceição Lourenço

in Voz de Lamego, ano 87/39, n.º 4424, 8 de agosto 2017

Peregrinação da Zona Pastoral da Pesqueira ao Santuário de Fátima

Na data prevista, dia 17 de junho, devido à falta de autocarros disponíveis,os fiéis da Zona Pastoral de S. João da Pesqueira não puderam viver,com os demais fiéis da nossa Diocese, o Dia da Família Diocesana em ano do Centenário das Aparições.

Neste sentido, os párocos dessas comunidades agendaram uma data posterior e, no passado dia 23 de julho, peregrinaram até ao Santuário de Fátima para assim viverem esse dia em espírito de comunidade e para o celebrar com Jesus e na presença da Mãe de Deus.

Saídos das diversas comunidades e chegados ao Altar do Mundo, pude presenciar, com imensa alegria, a ânsia que todos tinham de, em primeiro lugar, visitar a Mãe, rezar ao Senhor, cumprir as suas promessas ou agradecer todas as graças concedidas, até à hora da Eucaristia, prevista para as 12h 30 min. Ler mais…

Arciprestado de Lamego | Encontro de Acólitos

dscn0136

SOMOS OS BRAÇOS DE CRISTO!

Realizou-se no passado sábado, dia 25, no Seminário Maior de Lamego, um Encontro Arciprestal de Acólitos, chamada a que os acólitos das diversas paróquias responderam em força, estando presentes cerca de 70 acólitos de Vila Nova de Souto del Rei, Cambres, Penajoia, Ferreirim, Sande, Valdigem, Figueira, Queimadela, Cepões, Penude, Almacave e Sé ( desculpem se me passou alguma…).

Os trabalhos iniciaram -se, como não podia deixar de ser , orando; ao Senhor Jesus , a quem servimos no altar, ao mártir São Tarcísio, padroeiro mundial dos acólitos, ao beato Francisco, padroeiro português dos acólitos.

Após umas palavras de boas vindas e incentivo do P. Joaquim Dionísio, nosso anfitrião, o Pe. Bouça Pires apresentou, em tom de conversa com a assembleia, os critérios necessários para ser um bom acólito: o “GOSTAR”, o “QUERER”, foram explorados em profundidade, e os presentes levados a interrogarem-se –   É de minha vontade ou fui obrigado? Gosto mesmo?  Quero muito?  Amo a Jesus o suficiente?  O suficiente para vencer os obstáculos da preguiça, dos comentários dos outros, das atividades mundanas que nos chamam? O suficiente para avançar para os critérios seguintes? Ler mais…

Visita Pastoral de D. António Couto em São Martinho de Mouros

img_1236

De 7 a 12 de fevereiro decorreu, na Paróquia de São Martinho de Mouros, a Visita Pastoral de D. António Couto.

Foram dias intensos e revigorantes em que o Senhor D. António teve a oportunidade de percorrer toda a paróquia visitando o centro e as periferias – doentes, lugares de culto, instituições – e contactou com os grupos ligados à Igreja.

Para o efeito, os vários povos organizaram-se e esmeraram-se para receber de forma condigna e calorosa o Senhor Bispo, ornamentando a preceito todos os lugares por ele percorridos, com especial relevância os espaços de culto visitados.

No dia 7, da parte da tarde, começou por visitar os doentes de Peneda e Stª Eulália. Celebrou Eucaristia e administrou o sacramento da Santa Unção, que D. António fez chegar a todos como uma “carícia de Deus”, na Capela de Nª Sª da Ajuda. Terminou este primeiro dia num encontro com a Comissão de Melhoramentos da freguesia, seguido de lanche.imagem-102

A manhã do dia 8 foi passada com as crianças, professores e funcionários do Centro Escolar de S. Martinho de Mouros. Aqui D. António foi acolhido de forma calorosa por toda a comunidade educativa, que se esmerou na receção ao Senhor Bispo. Depois de uma bela canção, cheia de mensagem, interpretada pelas maviosas vozes das crianças, houve um encontro, onde o D. António teve a oportunidade de responder e satisfazer a natural curiosidade das crianças. Esta manhã culminou com o almoço na cantina escolar, sendo servido a todos um saboroso bolo. Ler mais…

Grupo de Jovens de Sernancelhe – JIM – Jovens em Missão

sernancelhe

O grupo de Jovens da paróquia São João Batista – Sernancelhe  comprometeu-se oficialmente com a Igreja enquanto missionária, a exemplo de Jesus ressuscitado que enviou os discípulos em missão por todo o  mundo a anunciar a Palavra de Deus. Comprometeu-se com o JIM, Jovens em Missão, uma proposta dos missionários Combonianos.

Os dias 13, 14 e 15 de janeiro tornaram-se num marco importante para a vida dos jovens da nossa paróquia porque fizeram o compromisso e a adesão ao JIM (Jovens em Missão). Após uma preparação de dois dias, com o intuito de conhecer a missão que o Papa Francisco nos tem interpelado a todos para anunciarmos o Evangelho a toda humanidade porque é o serviço mais valioso para a Igreja, os jovens também são chamados a integrar esta missão. E como dizia o Pe. Jorge, missionário Comboniano e responsável do JIM, a Igreja também é jovem e os jovens têm de se sentir integrados e úteis nesta missão, quer seja na nossa paróquia ou em qualquer outro lugar. Então, o dia 15 de janeiro tornou-se um marco vivo de esperança para a nossa paróquia ao comprometer os jovens nesta missão de sermos evangelizadores e também por se sentirem úteis neste desafio que nos engloba a todos. Ler mais…