Início > Editorial, , Igreja, Sacramentos > Editorial Voz de Lamego: Hoje não me apetece ir à Missa

Editorial Voz de Lamego: Hoje não me apetece ir à Missa

Não me apetece ir à Missa!

A mim também não!

Mas nem tudo na vida tem a ver com desejos ou com apetites.

Eu vou à Missa quando me apetece. Para quê ir contrafeito? E trabalhar? Aí tem de ser… E ir à escola? Como não? Temos que ir!

Em todas as dimensões da vida, há momentos em que o desejo nos faz querer adiar, hesitar, arranjar alguma justificação para não ir…

Quando um bebé é pequenino, na maioria dos casos, tem um sono que não está sintonizado com os dos pais, nem com os horários noturnos. Por outro lado, uma constipação, alguma doença, um dente a nascer, fazem com que os pais estejam enlevados o tempo todo, não conseguindo dormir bem nem de noite nem de dia, pois o cérebro mantém-se ligado. Se o bebé chorar dez vezes durante a noite, a mãe ou o pai, ou à vez, hão de se levantar de todas as vezes para ir engalhar o menino, ver o que tem e ver se precisa de comer, de mudar a fralda ou simplesmente de sentir a presença materna/ paterna. Os pais levantam-se cinco vezes ou quinze vezes, não por prazer, desejo, não por gosto ou por vontade, mas fazem-no por amor, com sacrifício, cansados, ensonados e até irritadiços quando voltam a ouvir chorar o filho. Mas levantam-se por amor, uma obrigação que vem de dentro, que vem do coração. Fá-lo-ão com satisfação? Duvido!

Voltemos então à questão inicial. Não vou à Missa. Vou apenas quando me apetece. Quando não tenho que fazer. Ou iria se o horário fosse outro, mas este horário não me dá muito jeito. Trabalho toda a semana, o Domingo é o único dia que tenho para descansar e me levantar um pouco mais tarde. E ao sábado à tarde? Ao sábado é quando arrumamos a casa, vamos às compras ou é tempo para algum lazer, para caminhar, ver um filme, para ir até ao café estar com os amigos. Se tivesse mais tempo, eu ia à Missa. Vendo bem, estes argumentos são razoáveis, justos e defensáveis! Afinal, nós conseguimos arranjar justificações para o que não nos apetece fazer ou para compromissos a que ninguém nos obriga.

Não vou à Missa porque não gosto do padre. Não me identifico com as homilias que ele faz. Demora muito. Repete as mesmas coisas. Só fala do Evangelho, que já ouvimos antes. A Igreja precisa de evoluir, ficou parada no tempo. Há dias fui a uma Missa, a um casamento, e gostei. O padre era engraçado, falava bem, divertiu-nos bastante. Se todos os padres fossem assim, as igrejas estavam cheias, até eu ia mais vezes à Missa. Contou uma anedota que pôs toda a gente a rir. Assim vale a pena.

Já todos ouvimos estes argumentos. Uma e outra vez. E identificamo-nos com algumas destas explicações e até acrescentaríamos outras. É certo que o sacerdote não é simplesmente um autómato, a sua maneira de ser e de estar e de falar pode cativar mais ou fazer com que as pessoas se sintam acolhidas, reconhecidas, parte importante na celebração. Porém, a Eucaristia, como os demais sacramentos, não é obra do padre, não tem a ver com apetites ou desejos, ainda que os tenhamos, tem a ver com fé, com compromissos, tem a ver com amor. Por vezes, somos convidados e não nos apetece muito sair de casa ou apetecer-nos-ia estar noutro lugar, mas vamos por amizade, por consideração, por estima (ou por dever profissional). A Eucaristia é, antes de mais, um convite a que respondemos. É Deus que nos convoca. Convoca-nos através da Igreja, que também somos, mas é um convite. Se temos fé, acolhemos o convite. Se amamos a Deus de todo o coração vamos querer estar onde Ele nos quer, num espaço e num tempo em que nos reunimos como família, como assembleia. Trata-se de responder a um convite, no qual todos contamos, como filhos, como amigos de Jesus.

Pe. Manuel Gonçalves, in Voz de Lamego, ano 92/20, n.º 4651, 30 de março de 2022

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: