Início > Educação, Formação, Idosos, Opinião > Cuidar de idosos não é um trabalho… é uma prova de amor à vida

Cuidar de idosos não é um trabalho… é uma prova de amor à vida

SILÊNCIO é a palavra que não deve existir quando se tem conhecimento de um idoso ser maltratado, seja de forma verbal ou física. É vergonhoso que num país como o nosso, com uma população tão envelhecida, se oiçam histórias em lares que já se ouviam há 40 anos atrás.
RESPEITO é o mínimo que se exige para quem passa o dia a trabalhar com um idoso.  Se conhece algum caso, POR FAVOR, DENUNCIE! Porque quem cala, consente. 

EDUCAÇÃO NUM LAR significa dizer bom dia e boa tarde, sempre, depois de bater à porta do quarto dos utentes. Ter a roupa preparada para o dia seguinte, com cores a combinar, porque a autoestima no idoso também existe.  Não é entrar por ali a dentro como se fosse o quintal de casa. Perguntar o que gostava de vestir, se posso levantá-lo e se permite que lhe faça a higiene, explicando, sempre, o que se está a fazer… Mais, NUNCA falar em tons agressivos ou a imitar desenhos animados, pois idoso não é bebé e odeia ser tratado como tal. Dar comida a uma pessoa na velhice não é enfiar as colheradas goela a baixo, é servir o utente com a maior dignidade. “Não fazer aos outros o que não gostavas que te fizessem a ti”. Água, mais do que comida, é de extrema importância para todos nós. Não se pode deixar desidratar. A substituição de água e chá devem ter horários e à noite não pode faltar! Carinho é uma coisa que se dá, mais do que com palavras, através de gestos. Mudar uma fralda ou ajudar na casa de banho não pode ser VIOLAR a privacidade, é aconchegar, fazer tudo com o máximo de cuidado e atenção, tapando as partes íntimas sempre que possível e não comprometer a estabilidade da pessoa que por si só já pensa que “dantes fazia isto sozinha, agora já não consigo”. Basta imaginar, como se VAI SENTIR no futuro quando lá chegar?

Formação e vocação, assim como um enfermeiro, um professor, um bombeiro, os profissionais dos lares que cuidam, diretamente, os seus utentes devem ter formação adequada e, acima de tudo, vocação por esta profissão que é desgastante e cansativa, mas muito compensadora para os que têm um bom coração.

VERDADE, ao verem as imagens do “Sexta às 9” imaginem como se sente a esposa daquele senhor que é maltratado, diariamente? MEDO é a palavra que define o coração daquela esposa, que passou uma vida a dois sem nunca imaginar que as frustrações das funcionárias do “lar”, para onde iriam no fim do seu ciclo de vida, fazer atos tão horrendos ao pai dos seus filhos.

DIGNIDADE até à morte. É um ato CRIMINOSO não conceder a todos os utentes de um lar, com ou sem demência, com ou sem problemas físicos, com ou sem família, a maior dignidade, enquanto humanos e pessoas que escreveram a história deste país.

Na escola que eu frequentei ensinaram-nos a dar a mão a um idoso na hora da morte, para que nem nesse momento não se sentisse sozinho e o medo do incerto não lhe atormentasse o coração. Palavras doces todos temos, vocação para algumas tarefas NÃO.

TRABALHAR POR DINHEIRO NÃO CHEGA.

Andreia Gonçalves, in Voz de Lamego, ano 90/10, n.º 4545, 4 de fevereiro de 2020

  1. Marta Duzac
    06/02/2020 às 22:36

    Eu cuido dos meus pais idosos,não é uma tarefa fácil,mas o amor é sem medidas .Ver eles felizes é tudo de bom pra nós filhas ,somos três.

    Gostar

    • Eliza Erminia Benatto
      13/03/2020 às 17:18

      Que maravinklha❤

      Gostar

  2. Rui Jorge Vaz da Costa
    06/02/2020 às 22:53

    excelente artigo e explicação construtiva. Tenho a meu cargo o cuidado da minha mãe de 89 anos com demência vascular e 86 % incapacidade…. Pediu-me solenemente que não a tirá-se de casa para nenhum lar. identifico-me totalmente com o que aqui está escrito. Tudo o que desejo neste momento é cumprir a minha missão com todo o zêlo, amor, e dedicação. Quando chegar a hora da partida, quero ficar tranquilo…..

    Gostar

    • Ana Lucia Brandini
      09/02/2020 às 19:41

      Não tenho curso mas cuido de uma idosa de 81 anos com muito carinho e amor .Nos divertimos muito damos altas risadas . faço com muito amor

      Gostar

    • Ailton Proenca
      10/02/2020 às 2:53

      Eu cuido da minha mãe ela com 95 anos teve algumas fraturas tdo isso antes de eu cuidar dela teve AVC, febo, Patela, agora faz exercios, caminha,coração tá muito bom

      Gostar

    • Roberto Campos
      11/02/2020 às 13:03

      Eu já passei c isso por duas vezes minha sogra partiu segurando em minhas mãos eu sei o que é passar por isto ..tive o maior carinho por ela ..hoje ela está c Deus…

      Gostar

      • Alda
        21/02/2020 às 13:28

        Eu segurei a mão do meu pai,e também dá minha mãe na hora …cuidei até o fim com muito carinho..
        Hoje trabalho de cuidadora…tenho muito amor por eles.

        Gostar

    • maria rodrigues
      25/02/2020 às 8:56

      Depois de 45 anos de trabalho fui obrigada a parar para me ocupar do meu marido atente duma terrivel doença cronica deja longa data é muito duro mas quando se ama a pessoa nao ha ninguem que nos separa horas e dias dificeis mas faço com todo o carinho e ninguem nos vai separar e sempre tive muito amor pelas pessoas que sofrem destas terriveis doenças

      Gostar

  3. Rosa oliveira.sousa.rosa@gmail.com
    06/02/2020 às 23:24

    Eu trabalho num lar e tudo o que fazo é por amor pois nao basta ter um certificado temos que gostar do que fazemos dar atenção e carinho e prestar os cuidados necessários como se dos nossos familiares se tratasse

    Gostar

    • Ana Tavares
      07/02/2020 às 19:29

      Adorei. É a realidade Trabalhar num lar é uma prova de amor.Amor pelo próximo Trabalhar num lar e saber Respeitar Trabalhar num lar é Amar a profissão que um dia abraçamos. É assim no nosso lar. Todos estamos ali com um unico objectivo Cuidar. Ao ver aquelas imagens Horriveis senti uma revolta enorme. Mas existe uma lei que muita gente desconhece A lei do Retorno.

      Gostar

      • Regina Célia Monteiro
        10/02/2020 às 19:10

        confesso cuidar de idosos é um grande aprendizado uma troca de experiências nesse momento .sinto muito triste pois minha amada pacientes terminou suas tarefas terrena.foi muito bom 4anos de amor e dedicação. 3/6/2016.a.19/1/2020🙏

        Gostar

  4. Socorro
    06/02/2020 às 23:57

    É verdade !!! Para cuidar de um Idoso em primeiro lugar tem que gostar cuidar com Amor e Carinho Atenção. O salário vem por último. Tem que ser um trabalho Prazeroso.

    Gostar

    • Noemia Bianchini
      08/02/2020 às 18:12

      Todos os idosos tem que ser tratado com muito amor e carinho e pricipalmente paciência.
      Não precisa ter certificado mas ter estas 3 caracteres. Para trabalhar com idosos.
      Pois conheço pessoas que possuem cursos técnicos especialização mas trabalham pelo dinheiro não Por amor a profissão pois não tem nem capacidade de cuidar de si .

      Gostar

    • Sonia cassia Souza
      10/02/2020 às 11:23

      Sou cuidadora de opções aprendi por amor cuidando da minha vozinha, foi por pouco tempo, mais com muito amor e alegria ,cuidei do meu pai doentinho pouco tempo tbm, cuidei de minha mãezinha tbm por 5 anos e 42 dias de muito amor e alegria, respeito e gratidão minha mãezinha teve a vc ,emorrágica, totalmente dependente com gastrotomia , traqueostomia , so mexia cabecinha , mais nesses 5 anos nunca teve uma escaria era linda saudavel,mais i felizmente Deus alevou por uma infecção de urina imagina , uma perca irreparável na minha vida , senti nessecidade cuidar de pessoas idosas pora matar a saudades que eu tinha da mamae, fui cuidar de uma senhorinha , de 88 anos mais infelizmente veio a falecer aos 91, mais foi tdo com muito amor respeito carinho gratidão, de barço, mamae sempre nos ensinou a amor e respeitar tdos ,entao nao foi sacrificio nemhum so fiz por amor isto esta dentro de nós mesmo ,então cuidar de pessoas idosas ou dependentes tem que ser ato de amor carinho e gratidão e muito respeito.

      Gostar

    • Maria izete
      12/02/2020 às 21:27

      Cuido do meu pai ,ele tem 82 anos, peço a Deus que me de sabedoria ,pois não quero errar com ele,ele trabalhou na roça para alimentar eu e seis irmãos,já faz 9 anos que ele está comigo, ele é uma jóia ,aprendo muito com ele.

      Gostar

  5. Margid Voelz
    07/02/2020 às 0:50

    Cuidei do meu pai 24 horas por dia por cinco meses.Foi uma tarefa árdua, desgastante mas aguentei firme. Cuidar de alguém com alto grau de Alzheimer é crucial. Hoje sinto-me com a missão cumprida. Gosto de cuidar de pessoas. Isso me faz muito bem.

    Gostar

  6. Herondina Norbert
    07/02/2020 às 8:30

    Parabéns ! Adorei .Eu trabalho com apoio domiciliário a idosos e amo o que Faço

    Gostar

  7. Isabel Barata Fernandes
    07/02/2020 às 10:52

    Andreia gostei muito daquilo que escreveu. Pena é que nem todas as pessoas que tratam de idosos pensem assim e agam em confomidade. Tenho os meus pais comigo e sinceramente quando for necessária a minha presença constante, acho que prefiro deixar de trabalhar do que os pôr num lar.
    Nunca há a garantia de que os tratam bem. Comecei a ver a reportagem e não consegui acabar. Revolta e indignação. Onde está a fiscalização, a preparação das pessoas para tratar daqueles que nos deram a vida, criaram e nus amaram mais de qualquer um.
    Totalmente de acordo quando diz que cuidar de um idoso é um acto de amor. É isso mesmo que sinto em relação aos meus pais, não é um fardo, é um orgulho. Se tivesses que tratar de outras pessoas acho que o faria da mesma forma.
    Muito obrigada Andreia.

    Gostar

    • Andreia gonçalves
      10/02/2020 às 0:25

      Isabel que bem me fez ler o seu comentário. Eu é que agradeço. Um bem haja por existir! Afinal é muito om sentir que há pessoas que pensam nos idosos com amor, como eu!
      Um beijinho
      Andreia

      Gostar

  8. M. Manuela Silva
    07/02/2020 às 11:06

    Ao ler este artigo fiquei a pensar no tratamento que estará a ser dado à minha mãe… ela já vai fazer 94 anos e está a entrar em demência, daí que já não me consegue relatar algo que lhe desagrade. Eu adoro a minha mamã e quero para ela tudo o que há de melhor. Ela é muito afectiva e grata, daí que se sente bem quando tem companhia próxima. Parabéns à autora do artigo e que seja sempre assim…

    Gostar

  9. Helena Machado
    07/02/2020 às 12:10

    Amei a matéria. Me ajudou a ser melhor nesse trabalho recompensador. Obgda

    Gostar

  10. Maria Goreti Jesus b
    07/02/2020 às 12:46

    Muito verdadeiro , eu trabalho num lar de idosos e gosto do que faço pois de outra forma não trabalharia pois o salário não é compensador a esse nível de desgaste que está profissão nos expõe . Posso dizer que quando estou em contacto com os utentes me esqueco dos meus problemas pessoais que não tenho a hábito de descarregar em ninguém , segundo o meu conhecimento os idosos são uma fonte de ensinamentos e sabedoria . Sempre que eu vou tratar de alguém e se está numas condições muito limitadas , sempre me v ao pensamento se fosse os meus familiares ? Ou eu própria já me senti impotente em alguma situações deficeis porque não fui capaz de tirar o sofrimento por favor não gritem com os idosos !!! A maior dor deles é a da alma pensem bem !!!. Um dia seremos nós bom dia a todos

    Gostar

    • Francisca Pinto Viana
      08/02/2020 às 20:42

      queria muito fazer o curso

      Gostar

  11. 07/02/2020 às 13:53

    Adorei. Sou cuidadora de idosos com curso. Realmente tem que amar está profissão. Eu amo cuidar deles .

    Gostar

  12. Jéssica Jaqueline Correa Lopes
    07/02/2020 às 18:38

    Amei

    Gostar

  13. Patrícia Silva souza Souza
    07/02/2020 às 18:50

    Olá trabalho com idosos , e amo que faço . Trato_os com todo cuidado e respeito ..

    Gostar

  14. Ricardo Cerqueira da Motta
    08/02/2020 às 9:16

    Tive a Sorte de tratar da minha Sogra durante 25 Anos até que Deus a levou. Não foi fácil Não e Fácil Mas o AMOR que recebi valeu tudo. Amen os vossos Idosos porque eles vão partir e depois ficamos com uma tristeza muita Grande e que nada podemos fazer para os trazer de volta. Amém os vossos vizinhos que vivem sozinhos. E tão gratificante ouvir a palavra OBRIGADO.
    Talvez um dia consiga escrever um pequeno livro da minha experiência como cuidador.

    Gostar

  15. Silvia Lottermann
    08/02/2020 às 13:31

    Quando você trabalha em 1 lar para idosos,precisa acima de tudo ter amor ao próximo, esse q na maioria das vezes passa dias, esperando o q na verdade o q temem a morte, seria desumano não tratarmos com amor e carinho,o salário realmente não tem o devido valor, mas enfim tornar a vida do próximo melhor, não tem dinheiro q pague!

    Gostar

  16. Ione
    08/02/2020 às 19:27

    A pessoa que se dedica com carinho cuidar de idosos tem minha admiração e meu respeto💖

    Gostar

  17. Silva
    08/02/2020 às 20:44

    Entrem numa unidade de convalescensa como utente, como se diz agora e façam a avaliação. Podem é devem reclamar do que não acham digno. No fim, vejam bem os relatórios que vos dão de presente.. Não podem estar à espera q alguém denuncie e q lá trabalhe ou que algum utente o faça. Pode ir lá calhar outra vez. É nao se façam anunciar. obviamente! Entrem como utente. Se possível, com algum deficit mental. Alguém que não tem visita de família, um só, ali despejado. Podem reclamar de qq coisa. Verao a resposta. As conversas de alguns dos cuidadores. Ridicularizando os doentes. Maltratando os. Triste. Muito triste.

    Gostar

  18. Maria de Fátima Vaz da Silva
    09/02/2020 às 0:02

    Eu tive por um tempo na casa de repouso nosso lar de josi. Adriana Lemes só estou viva graças ao carinho dela que Deus abençoe

    Gostar

  19. Maria Oliveira
    09/02/2020 às 2:56

    Sou cuidadora com certeza não é uma tarefa fácil,mas qd aplicamos o amor a paciência e longanimidade esta tarefa se torna prazerosa cansativa sim tem horas que fico exausta .,mas meu sorriso e meu olhar irá transmitir quanto a pessoa é valorosa

    Gostar

  20. 09/02/2020 às 3:45

    Muito lindo esse texto sou cuidadora com muito amor e carinho amo o q faço o trabalho cuidar amor carinho dedicação etc só assim conseguiremos ser humano com nossos idosos

    Gostar

  21. Cesar
    09/02/2020 às 5:29

    Eu cuido da minha avó de 87 anos, eu amo muito ela, mas não é nada fácil gerir tais cuidados…

    Gostar

  22. Maria Carmo
    09/02/2020 às 12:01

    Lindo adoro trabalhar nesta área
    Amo. Meus. Idosos.

    Gostar

  23. Silvia Maria de Santana Vale
    09/02/2020 às 15:17

    Sim cuidar de idosos é preciso que o cuidador tenha a humanização processada na alma e muitos não sabem o que é um tratamento humanizado.
    Se você não tiver amor no seu coração você jamais cuidará de um idoso.

    Gostar

  24. Carla
    09/02/2020 às 15:23

    Texte maravilhoso …onde nos tras a realidade!!sejamos assim mesmo…cuidado,compaixao,respeito e dignidade!!cuido da minha maezinha com alzaimer e vejo que ela precisa e de muito amor e carinho…e agradeco a Deus por tudo!!

    Gostar

  25. Ivanir Araújo Oliveira paes do nascimento
    09/02/2020 às 18:08

    Eu cuido de idoso com muito amor trabalho numa casa de repouso sou enfermeira por amor eles me adora sou muito dedicada

    Gostar

  26. Maria Fernanda
    09/02/2020 às 19:19

    Muito bom!!! Pena que quem contrata pague o mesmo que ganha quem faz outro trabalho qualquer e que qualquer pessoa sirva para cuidar de Pessoas. É preciso paciência, tolerância, ser carinhoso e amável mas acima de tudo respeitar o outro, pelo que é e pelo que já foi.
    Bem haja a quem o faz por vocação é com amor.

    Gostar

  27. Nádia Cristina
    09/02/2020 às 19:46

    Sou uma cuidadora desempregada.
    Tudo que li no link…fiz e muito mais.
    Minha ultima paciente faleceu aos 99 anos.meu nome é Nádia Cristina.
    Como trabalho com etca, e muito amor.
    O MEU maior presente foi um pouco antes da demencia dela …depois sem querer encontrei um bilhete dela para mim.
    “Minha amiga, vc que acorda, me alimenta , incansavelmente todos os dias.”…
    Estou precisando trabalhar Pois. Pela crise muitas domésticas entram em nossa área de cuidadores de idosos.
    Obs: estou precisando trabalhar.
    Sou sincera..só não quero pegar acamado.
    Gostei da reportagem.

    Gostar

    • Marcia
      17/02/2020 às 19:32

      Boa tarde, Nádia Cristina você é de onde?

      Gostar

  28. Ana Elizabet dos santos
    09/02/2020 às 19:51

    Sou cuidadora amei ler essa materia amo meu trabalho fasso com muito csrinho m apego muito aos meus pacientes faço de coraçao..

    Gostar

  29. Rita Maria Ferrari Picoli
    09/02/2020 às 22:55

    Eu amo pessoas idosas desde criança! Minha mãe nos mandava sempre na casa de uma senhora idosa levar alimentos e ver como ela estava! A gente ia correndo, muito feliz. Aprendi desde cedo amar e respeitar as pessoas idosas!

    Gostar

  30. Andreia gonçalves
    10/02/2020 às 0:34

    Se quiserem partilhar as vossas experiências como cuidadores, ou colocar alguma questão, aqui me disponibilizo para responder. Muito grata por lerem o texto e comentarem.
    Porque juntos somos mais fortes!

    Andreia Gonçalves
    Andreia.i.g.carneiro@gmail.com

    Gostar

  31. Luizcarlosdeoliveiraaraujo De oliveira araujo
    10/02/2020 às 0:46

    Deixo meu respeito por idoso cuidei dos meus avós e agora cuido da minha estou fazendo curso de cuidador não só pelo dinheiro mas sim por amor e carinho esse período que cuidei e cuido minha mãe e uma experiência que vou leva por resto da minha vida

    Gostar

  32. Macia
    10/02/2020 às 17:20

    Tudo verdade…Belo desempenho do autor 👏👏👏👏👏

    Gostar

  33. Isaura Ferira
    10/02/2020 às 17:58

    Deparo-me muitas vezes com situações muito desumanas no lar do Campo de Madalena e comentários desagradáveis que levam a desconfiar de desleixo para com os idosos, mas como provar? Filmar não leva a nada

    Gostar

  34. Maria Pinto
    10/02/2020 às 22:06

    Concordo com tudo isto, tenho meu companheiro vivo com ele á 11anos, não é pai dos meus meua filhos. Sofreu á 6anos ABC esquemático, passando três anos sobre um hemorrogico conciderado fatal . Graças a Deus está vivi 80 por cento de incapacidade, tem 69anos. Trabalho e cuido dele levo- o a varias consultas por mês pois tem muitis problwnas de saúde. Conclusão: cuide dele com tanto carinho adoro fazê-lo sorrir tento levalo para dançar sintome tão feliz por poder ajudar. É necessário educação, respeito e carinho parque : não faças aos outros o mesmo que não gostarias que fizessem com você. É vergonhoso e lamentável o que se ouve por aí e não sabemos de tudo.

    Gostar

  35. Maria Lúcia Rodrigues
    11/02/2020 às 3:17

    Eu me sinto grata em poder cuidar de idosos

    Gostar

  36. Dina guita
    11/02/2020 às 7:25

    Grandes palavras , parabéns.
    Acho que todo trabalho qur nós fazemos com amor se torna fácil e agradável de fazer, nunca trabalhei mais ja cuidei do meu pai doente k veio a falecer e foi um prazer para mim, que até hoje sinto saudades.
    Parabéns querida, que nós as pessoas possamos amar mais, e respeitar uns aos outros.

    Gostar

  37. Vilma Lopes
    11/02/2020 às 9:46

    Excelente texto Andréia Gonçalves. É um trabalho que me esforço aqui em Portugal a fazer todos os dias. A minha formação de cuidadores tem esse principal objetivo e missão, levar uma saúde humanizada. Respeito, atenção, dignidade e afeto. Pena que nem todos os lares aceita que se faça formação para os seus cuidadores de saúde.

    Gostar

  38. Aparecida Soares
    11/02/2020 às 15:36

    Verdade eu cuido de idosos e aprendi a amar e respeita a cada dia mais pena q ainda existe pessoas q au invés de cuidar r trata com amor e o devido respeito os maltrata.

    Gostar

  39. Josefa
    11/02/2020 às 18:29

    Muito interessante e necessário a todos nós. De qualquer idade. Nós precisamos nos cercar de informações úteis para poder agir ou cobrar quando preciso. Parabéns pela matéria.

    Gostar

  40. Elsa Maria Gonçalo Aguiar
    11/02/2020 às 21:05

    Boa noite , Deus conceda bênçãos e graças admiráveis . A quem tem está sensevelidade , desejo que o humano tome consciência ., Que é impossível viver sem o irmão. Até uma certa altura o dinheiro compra tudo . Mas quando a fragilidade bem . Aí é que é . A pura realidade. Eu já presenciei situaçãos ,em que o orgulho ,de acreditar ser superior ,caiu certeiro .
    De.mos mais de nós, aos humanos. Que somos todos nós, aceitem ou não, temos ligação uns com os outros ,somos como a videira , um tronco e vários ramos,
    Que Deus abençoe com o auxílio necessário aos idosos e fragelisados ,e a todos os cuidadores Amém Jesus.

    Gostar

  41. Deise Buchanelli
    11/02/2020 às 21:09

    ola..ja trabalhei com idosos…é maravilhoso voce sentar e ouvi-los…tudo aprendizado…

    Gostar

  42. Belíssima Anjos
    11/02/2020 às 22:00

    Menina Andrea se assim posso chamar belas palavras para cuidar de um idoso é preciso vocação, muito amor e carinho. Que Deus os ajude e a todos nós pois já estou no caminho beijinhos obrigada

    Gostar

  43. Maria de lurdes da Conceição fonseca
    11/02/2020 às 23:10

    Sou cuidadora dos meus pais à 6 anos a minha mãe com Alzheimer com 89anos eo meu pai com 95 anos com demência em estado avançado, a minha mãe está acamada e eu estou com muita pena estou a ficar com depressão e em estado de exaustão, pedi ajuda a segurança social e ñ encontro resposta para o descanso do cuidador ,pois dizem que ñ reúnem os critérios, São estes os apoios que temos do estado..Mas eu os amo só que ñ estou a consegui levar o barco a bom porto.Aqui fica o meu desabafo…..

    Gostar

  44. Paula Gaipo
    12/02/2020 às 8:35

    Lindo adorei e preciso ter um coração do tamanho do mundo um grande beijinho para si 😍❤😘

    Gostar

  45. Claudilene Lima
    12/02/2020 às 10:26

    Ñ tenho curso ,mais amo cuidar de idosos e já cuidei de 3 ,dois já está nus braços do pai, sofrir bastante com a partida deles ,mais estive com eles até o último momento .E oq gosto de fazer cuidadar ,Deus me deu esse dom, eu me divirto com eles 😘

    Gostar

    • Angela Ferreira Lacerda
      12/02/2020 às 12:26

      Eu cuido da minha mãe a 16 anos ela está com 96 anos. Gostei muito do texto. Jamais deixaria em outro lugar que não fosse o habitat dela. Está bem cuidada. Abro mão de tudo na minha vida por ela. Amo muito.

      Gostar

  46. Kilvia pereira oliveira
    12/02/2020 às 13:02

    Eu mim formei em cuidadora de idosos
    Mas ainda não estou trabalhando
    Mas eu optei por essa profissão por que amo tudo que faço.

    Gostar

  47. Tania Aguiar
    12/02/2020 às 17:05

    Tenho 60anos, há poucos,meses sai do meu trabalho que amava muito, cuidadora de crianças e adolescentes em ONG,um trabalho muito árduo,mais muito gratificante,me identifico muito com crianças adolescentes e idosos,gostaria muito de ser acompanhante de idosos.amo muito conversar com eles,e suas experiências.le essa matéria me comoveu muito.

    Gostar

    • Andreia gonçalves
      13/02/2020 às 1:16

      Onrigada Tânia.

      Gostar

  48. Itamar do Nascimento
    12/02/2020 às 18:23

    verdade cuidei dsinha mãe com Alzhaime e sei como ela se sentia na hora do banho, ela esqueceu até como se come, tinha que dar comida na boca, trocar as roupas íntimas. mais não me arrependo de ter que deixar o emprego para cuidar e não permiti que ninguém cuidar . pois nem todos tem paciência.

    Gostar

  49. Itamar do Nascimento
    12/02/2020 às 18:25

    queria um emprego para cuidar de uma idoso, já que cuidei de meus pais e agora estou precisando me manter.

    Gostar

  50. Marlia Tiago dos Reis
    12/02/2020 às 19:23

    O melhor de mim é cuidar dos idosos. Cuidei de minha sogra com sequelas de AVC, fiz o curso de cuidadora para ajudá-la melhor. Qdo ela foi para os braços do PAI, resolvi fazer desse amor de cuidar, a minha profissão. Hoje tem 14 anos que estou na mesma casa cuidando de um senhor (a esposa tinha Alshaimer e já se foi). Estou aprendendo cada dia mais que o amor é tudo. Esse senhor que cuido está me ensinando a ter empatia, que a única coisa que deixamos como legado são as atitudes que tivemos nesse mundo.

    Gostar

  51. Elenitah
    12/02/2020 às 21:51

    Concordo trabalhar e cuidar do idoso é preciso amar e respeitar. Todos os dias como se fosem o primeiro dia de sua vida.

    Gostar

  52. Geiza Medeiros
    12/02/2020 às 23:39

    Parabéns para quem escreveu isso,eu amo cuidar,fico muito triste quando vejo um idoso ser maltratado

    Gostar

  53. 13/02/2020 às 2:17

    Sou cuidadora e amo minha profissão.

    Gostar

  54. Rosa Helena Panizollo
    13/02/2020 às 18:58

    Dou cuidadora e faço com amor
    Carinho , respeito vem antes de QQ coisa

    Gostar

  55. 13/02/2020 às 20:27

    Parabéns por um texto tão rico é pura realidade. Muitos sofrem em silêncio 🤫
    É isso temos de denunciar por todos os que sofrem

    Gostar

  56. Franciele Miziara Anastacio Baldin
    14/02/2020 às 2:14

    Cuidar de idoso é um dom pra poucos.
    E se não existir amor ao trabalho de cuidador de idosos não tem como cuidar de um.
    Eles são sensíveis como uma criança precisa de cuidados com uma criança e muitas vezes oque mais precisa e de alguém pra cuida e dar amor e atenção ,sim muitas vezes eles querem atenção pra conta suas histórias alguém com quem conversar.
    Amo cuidar de idosos um dia me perguntaram por que eu não escolhi trabalhar em uma firma num escritório e minha resposta foi.
    Não sei se trabalhando numa firma ou escritório me faria tão feliz tanto quanto da amor e carinho a um idoso.

    Gostar

  57. Alex
    14/02/2020 às 11:57

    Tem que ter bastante amor compreensão e carinho e muito mais porque trabalharam tanto e agora ser maltratado. Tratamos como se fosse nossa família. Na verdade aos poucos os idosos e toda família . Se torna a nossa! É muito satisfatório ter pessoas que pensão assim ainda porque neste mundo que vivemos está cada vez mais difícil. . E os maltratos está visível no idoso quanto nas crianças. .. vamos mudar para melhor e cuidar com o nosso máximo.. amor sublime amor ao próximo. .. Deus abençoe

    Gostar

  58. Damianana Josefa Pereira
    14/02/2020 às 15:19

    Sou cuidadora de idoso fasso meu trabalho com muito amor

    Gostar

  59. maria Helena Apolinario
    15/02/2020 às 1:48

    todos os idosos tem que ser cuidado com muito Amor e carinho. e Respeito . eles são muito carentes sou cuidadora dou carinho e recebo.A paciência é fundamental.eu nao cuido por dinheiro e sim pq amo minha profissão.

    Gostar

  60. Cristina Coelho
    15/02/2020 às 14:34

    “Trabalhar por dinheiro não chega”
    Ninguém, mas ninguém mesmo, trabalha nesta profissão por dinheiro, visto que é uma profissão muito mal paga. Os que (ainda) trabalham, estão desanimados, não há reconhecimento de carreira e como se não bastasse os salários serem muito baixos, não existem incentivos para que não desistam de serem cuidadores e para que mais pessoas queiram trabalhar na área. Mesmo com muita vontade de dar carinho e atenção, com tantos utentes por cuidador, é impossível. Estes profissionais trabalham em turnos, aos fins de semana e feriados, perdem de estar com a família, falham aniversários, chegam a casa cansados e sem paciência para cuidar dos seus pais, filhos e companheiros(as), e ninguém vê isto. Isso de “Trabalhar por dinheiro não chega” é uma afronta a todos os que dão tudo de si, todos os dias, para que os nossos idosos tenham um fim de vida digno. E não são alguns casos de violência que aparecem de vez em quando, que definem os cuidadores. Eu fiz uma formação de Técnico(a) Auxiliar de Saúde, o pouco tempo que trabalhei na área, desanimou-me por completo apesar de gostar muito do que fazia, por isso deixei de ser cuidadora.
    Há que rever esta situação, para que todos possam ser tratados com justiça.
    Obrigada

    Gostar

  61. Cristiane Hermenegildo de Macedo
    15/02/2020 às 14:39

    Cuidar com amor 😍

    Gostar

  62. Beatriz Miranda
    17/02/2020 às 20:31

    Sou AGENTE DE ACÇÃO DIRETA há 23 anos no SAD da CVP-BRAGA e gosto muito do que faço.Aprendo todos os dias quer com os idosos quer com toda a rede.É claro que existe muita injustiça e penso que os idosos merecem mais respeito e mais atenção de quem os cuida.Há um facto importante é que quem cuida e mesmo quem faz as leis de protecção têm que entender que os idosos estão em perda de autonomia e cada vez mais lentos e claro que a doença que os acompanha é que vai acelerar o grau de dependência e há que estar atentos. Quem cuida de pessoas dependentes não pode de modo algum ter atitudes agressivas mas sim de empatia , de ajuda e de incentivo. O meu objetivo neste momento é fazer formação em CUIDADOS PALIATIVOS que considero uma área apaixonante.Tanto o nascimento como a morte são os momentos mais importantes da nossa passagem.Infelizmente,no nosso país,o valor das reformas é baixo e não permite que tenham um fim de vida folgada.Nos últimos anos,tem havido mudanças dentro da área de proteção social dos idosos mas ainda há muito a ser feito.Mesmo para o CUIDADOR INFORMAL que perde todos os beneficios financeiros quando deixa o trabalho para cuidar do familiar dependente.

    Gostar

  63. Fernanda Penas
    18/02/2020 às 23:22

    Não e fácil trabalhar com idosos e concordo com tudo o que o que está escrito neste artigo penso que as entidades deste país deveriam olhar para a profissão de cuidador ou como lhe quiserem chamar com mais respeito pois e uma profissão desgastante física emocional de grande desgaste psicologico e que em termos compensatórios recebem ord mínimo para os empresários desse sector encherem os bolsos a caminharmos assim no futuro não temos senão imigrantes a tratar dos nossos idosos

    Gostar

  64. Jailma Barbosa dos Santos
    23/02/2020 às 20:04

    Mim formei em técnica enfermagem pra cuidar de idoso meu sonho amo de mais

    Gostar

  65. Rosmei Martim Avelar
    23/02/2020 às 20:05

    Eu sou cuidadora aos finais de semana a tempo. Gosto doque faço gratidão

    Gostar

  66. Maria Costa
    23/02/2020 às 20:24

    Este texto é bonito,mas infelizmente raramente é praticado a maioria das pessoas que trabalhão nos lares fazem por dinheiro não por amor. A minha mãe, faleceu o mês passado frequentava o Centro de dia do Barril de Alva conselho de Arganil, quando as senhoras a levavam a casa, uma irmã minha pedia para lhe fazerem um chá porqué ela não conseguia fazer, até so dia que a Sr Dr proibiu que as meninas atendensem o telefone, mas gostava que ela lhe desse presentes, de ir buscar os ovos e tudo que lhe agradasse, quando a encontraram caida, nós a telefonar para saber Dela, e para esta senhora ela estava bem estava no Posto medico, e já estava em Coimbra, ela nem sequer tinha ideia onde estava. Isto é falta de amor só interesse.

    Gostar

  67. Mônica g neves
    24/02/2020 às 16:08

    Muito triste sou cuidadora e o que vejo é que eles só querem carinho e atenção, pois na maioria dos casos os seus familiares os abandona ou com cuidador ou colocam em asilos essa é a realidade que precisa ser mudada afin todos nós vamos ficar idosos

    Gostar

  68. sônia pedrosa
    27/02/2020 às 7:31

    Trabalho com idoso porque eu gosto deve ser sempre um trabalho com Amor e toda dedicação

    Gostar

  69. Renan Meneguin Manzon
    27/02/2020 às 15:46

    Trabalho neste área a 5 anos com muito carinho e dedicação.
    Um dia minha professora de enfermagem pergunto para a sala se quem trabalha nesta área é por amor ou por dinheiro.
    Eu me manifestei disse sim é por dinheiro no fim do mês, mais eu cuido dos meus amigos ( idoso) com muito amor. Que aliás é uma ilpi com 30 residentes em várias situações

    Gostar

  70. Lucila Rosa
    28/02/2020 às 15:22

    Cuido de minha tia 89 anos entre dezena de sobrinhos …muitos acham que mil e duzentos reais que ganho é muito….pra ficar com ela de segunda a segunda ….fazer de tudo….não acho difícil cuidar dela …acho difícil conviver com a família

    Gostar

  71. neuzeli magagnato
    28/02/2020 às 22:31

    Penso assim tbem…e faço como gostaria que fizesse prós meus pais ou futuramente pra mim…amo o que faço

    Gostar

  72. Juscilene Ferreira de Lima
    29/02/2020 às 4:58

    Não tenho curso mas cuido da minha mãezinha com alswaymer não anda mas é uma tarefa muito difícil porém me sinto feliz porque tenho tentando dá meu melhor pois por mais que um filho faça nunca será um terço da dedicação de uma mãe pra um filho não é nada fácil vê sua mãe que era sua protetora e hoje os papéis estão invertido ela é minha filha e eu tô tentando está no lugar de mãe por conta do dia dia tive que parar de trabalhar pra cuidar dela estou me tratando com crise de ansiedade pois tenho que está bem pra cuidar da minha princesa Deus tem me dado graça e eu irei até o dia que o Senhor me permite cuida dela ela tem 86 anos o amor que tenho por ela hoje é triplicado não tem medidas quero está firme e forte pois ela precisa totalmente e me.

    Gostar

  73. Janice Terezinha Becker
    29/02/2020 às 17:47

    Trabalho num lar como cozinheira mas me envolvo muito com os idosos é cansativo mas é muito gratificante o aprendizado é quase diariamente mas trato como fosse meus pais amo o q fasso

    Gostar

  74. Maria Eduarda ferreira Iprofemo
    03/03/2020 às 15:01

    Cuido de uma Senhora de 89 anos ,amo muito ,.
    E ela se tornou especial para mim ..amo muito meu trabalho..

    Gostar

  75. Maria Aparecida Rodrigues
    04/03/2020 às 0:00

    Eu já cuidei dos meus pais, agora eu gostaria de continur caso aparecer com muito amor .

    Gostar

  76. Terezinha Moura
    07/03/2020 às 22:51

    Sou uma cuidadora mesmo sendo de minha mãe …me sinto mais responsabilidades pois ela q me deu a vida agora me vejo na obrigação de cuidar dela .sem salario. Claro…

    Gostar

  77. Adriana nomura
    13/03/2020 às 3:20

    Sou cuidadora de idosos no Japão , sou Grata a Deus por esse presente 🥰🇯🇵Aqui no Asilo onde cuido deles só tem eu de Brasileira , faz um Ano q estou aqui , tenho muito que aprender mas uma coisa eu já tenho é MUITO AMOR PRA DAR P ELES🙏🏼🔥🥰cuido deles como fosse meus ❤️Quando eles falam há desculpas por dar trabalho eu falo pra eles AMOOO CUIDAR DE VCS 🥰🙏🏼🇯🇵🇧🇷Se vcs quiser vim conhecer serão bem Vindos 👏🏼👏🏼👏🏼🔥🇯🇵Há detalhe sou Brasileira pura casada com nissei 🙏🏼🙌🏼🔥

    Gostar

  78. Rosa Sabino
    10/06/2020 às 21:20

    Sou cuidadora à quase 40 anos, comecei por cuidar de crianças deficientes, algumas profundas, e ainda hoje recordo os seus nomes e as suas particularidades, aprendi tanto com elas dei e recebi muito carinho e amizade, cresci com elas, durante 4 anos. Por motivo pessoais (Casamento) mudei de terra e comecei a trabalhar noutra instituição também relacionado com a dificiência e acamados já direcionado para a idade maior, estive lá durante 30 anos sempre cuidei com muito respeito e amor e sempre recebi o que de melhor se recebe e não é dinheiro é enriquecimento humano sou milionária nesse nivel. À 6 anos aceitei outro projecto na aldeia onde vivo, convidaram-me para ser Encarregada, continuo a dar a minha energia do bem sempre a dar e a receber muito, ao longo da minha profissão tenho orgulho de dizer que faço juz ao ditado ( Faz o que gostas e não trabalharás um unico dia da tua vida.

    Gostar

  79. Val_tdasilva@hotmail.com
    23/06/2020 às 4:39

    É muito gratificante cuidat de quem ja cuidou.. amo o que faço , é com amor e carinho que tento dá o meu nelhor pra meus velhinhos queridos..

    Gostar

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: