Início > , Formação, Igreja, Liturgia > Paróquia da Mêda – “Fazer-se ao próximo”

Paróquia da Mêda – “Fazer-se ao próximo”

O Papa Francisco, na sua mensagem do passado dia 11 de fevereiro – Dia Mundial do Doente, dirigiu “um pensamento especial aos doentes que, em todas as partes do mundo, para além da falta de saúde, sofrem muitas vezes com a solidão e a marginalização”.

Foi neste contexto, que a convite do Sr. Pe. Basílio Firmino, o Pe. José António – Capelão dos Hospitais da Universidade de Coimbra e Assistente Espiritual de doentes e famílias que por ali passam, (há já 17 anos), nos conferenciou situações e formas como lidar com o doente e nos tornarmos mais próximos dele. Esta conferência, enquadrada nas chamadas “Escolas da Fé” da nossa paróquia de Meda, teve lugar no Salão Polivalente do Patronato, no passado dia 11 de fevereiro, e teve como principal objetivo salientar o papel do visitador na vida do doente. O pároco desta comunidade, Sr. Pe. Basílio, no início do ano pastoral, e tendo presente o lema do plano da nossa diocese “vai e faz tu do mesmo modo”, informou a comunidade que ao longo deste ano pastoral iria ter em consideração a vivência da caridade em três camadas: as crianças e adolescentes da catequese e suas famílias com a celebração do Dia Mundial da Família e preparação das festas da catequese no mês de Maio; os jovens com a Missão País e a Páscoa jovem em que cerca de 80 jovens virão testemunhar a sua vivência cristã junto dos nossos jovens; e finalmente os doentes com a criação do grupo dos visitadores dos doentes e esta conferência debruçada sobre o tema do cuidado a ter com os doentes.

O Pe. José António, começou por dar-nos uma retrospetiva da sua vida como sacerdote, tendo passado entre muitas, pela vila da Lousã, aldeias perto de Coimbra, cidade de Paris, e finalmente nos HUC. Aqui, já como capelão, obedece a orientações/normas, que estão definidas em Decreto- Lei, regulamentadas para tais atividades. De entre elementos de diferentes profissões religiosas, é feita uma escala para a visita a doentes, sendo que, é o próprio doente ou familiar a requerer esta presença espiritual do capelão ou representante de outra religião.

Há alguns pontos essenciais que o Pe. José António salientou para se poder estar com um doente! Um deles é a comunicação, mas cuidado com o que se diz, nunca fazer perguntas a um doente, porque quem visita e trata, deve ser paciente e deixar que ele se exprima… Um outro ponto, é o gesto/ o toque/ o olhar, agarrar a mão a um doente por minutos, dá-lhe segurança. Este gesto de silêncio é o melhor discurso que um visitador de doentes pode ter, é uma das posturas mais gratificantes. Um outro ponto salientado, é a nossa postura, nunca devemos visitar um doente e mantermo-nos de pé, devemos sempre tentar ficar ao nível dos olhos dele, porque caso contrário estamos a dar sinais de superioridade.

Algumas questões foram sendo colocadas, mas relativamente a algumas delas, o Pe. José António rematava e muito bem: “Deus não permite o sofrimento, este faz parte da natureza humana, o sofrimento é necessário, tal como as dificuldades, pois nos ajudam a crescer”, e ainda: “ O ouro para ser ouro tem de passar pelo fogo”. Segurando um crucifixo disse: “Deus não evitou que seu filho Jesus sofre-se e morresse na cruz, porque Ele não podia, se o fizesse tinha estragado tudo, nós não estaríamos aqui hoje”!

Terminou a sua intervenção, pedindo a todos a sua oração, pois durante este ano é sua intenção visitar os hospitais de todo o país. Mas antes, disse uma frase muito interessante, que gostaria de aqui deixar como reflexão: “Tirando as cinzas/o mal, que tenho comigo, posso reacender as brasas/o bem, que há em mim”.

 Cristina Branco, in Voz de Lamego, ano 88/12, n.º 4449, 20 de fevereiro de 2018

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: