Início > , Igreja, Notícias > Bênção das crianças na Paróquia da Sé

Bênção das crianças na Paróquia da Sé

No segundo dia de fevereiro, quarenta dias depois do Natal, a Igreja celebra a Apresentação do Senhor. Cumprindo a tradição, José e Maria levam Jesus a Jerusalém para O consagrarem a Deus e oferecem por Ele o sacrifício que a lei estipulava. Tudo se passa no Templo, centro da vida religiosa de Israel, espaço de encontro, de cumprimento de promessas e de revelação divina.

Diante do recém-nascido, Simeão, um senhor já avançado na idade, louva a Deus por ver cumpridas as promessas, exterioriza a sua alegria diante daquele que contempla como “Luz para as nações” e confessa estar pronto para partir ao encontro do Criador, porque os seus olhos já “viram a Salvação”.

A Apresentação do Senhor é a festa da luz, oportunidade para recordar a cada baptizado que, com as suas opções, gestos e palavras pode ser um reflexo dessa Luz. Não para ser o centro ou a referência, mas contribuindo para que todos possam ver e ser vistos com a claridade de Deus.

Celebrando esse acontecimento, a paróquia da Sé convidou todas as famílias a trazerem os seus filhos (crianças que ainda não frequentam a catequese) à Eucaristia dominical das 10H00, do dia 4 de fevereiro, para receberem uma Bênção especial, com o duplo sentido de exprimir a gratidão e louvor a Deus pelo dom dos filhos e, ao mesmo tempo, consagrar-Lhe e oferecer-Lhe os filhos, pedindo a sua bênção sobre eles.

A Sé encheu-se para uma celebração diferente, cheia de alegria e muito participada, até pelos pequenitos, que “rezaram” todo o tempo as mais belas e puras “orações” conhecidas, que encheram de felicidade a comunidade presente e agradaram a Deus.

Com uma vela acesa nas mãos, sinal da Luz do Espírito, os pais rezaram uma pequena oração pedindo por seus filhos, a que se seguiu a Bênção que os senhores Pe. José Ferreira e Pe. Delfim Almeida deram individualmente a cada criança.

E os pais disseram que estavam disponíveis a assumir o compromisso de serem para os filhos os principais educadores da Fé, suplicando ao bom Deus que fortalecesse o amor que os une, para melhor poderem ajudar os seus filhos.

A cerimónia da bênção das crianças assume-se como mais uma excelente oportunidade para enriquecermos a comunidade paroquial, valorizarmos a instituição familiar e para trazermos às nossas igrejas casais e famílias que muitas vezes se quedam pela periferia da Fé.

 

E.S., in Voz de Lamego, ano 88/10, n.º 4447, 6 de fevereiro de 2018

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: