Início > Eventos, Museu Diocesano de Lamego > Tertúlias de Outono – 3

Tertúlias de Outono – 3

No sábado 25 de novembro, teve lugar no Museu Diocesano de Lamego a última Tertúlia de Outono com o tema “Fé, Espiritualidade e Religiões nos dias de hoje”. Este evento insere-se no programa cultural que acompanha a Exposição Contas de Rezar – Doações e Ofertas que está em exposição até final do corrente ano. Diferentemente das Tertúlias anteriores, houve um tema comum e foram efetuadas perguntas de resposta intimista aos três oradores. O Diretor do Museu, Pe. Dr. João Carlos Morgado, abriu a sessão com um voto de pesar e lembrança pelos nossos irmão mortos no ataque à mesquita na Península do Sinai, no Egito, após o que fez a habitual apresentação dos oradores, todos com múltipla formação universitária e presença muito ativa nos domínios da espiritualidade e religiões.

O Prof. José Eduardo Reis apresentou as suas incursões no domínio do budismo. Participa desde 1988 em retiros de meditação orientados pelo mestre Zen japonês Hôgen Yamahata, de que se tornou discípulo secular após ter co-traduzido o seu livro “No Caminho Aberto. Procurando integrar e adaptar os ensinamentos essenciais do seu professor num contexto secular da cultura ocidental, tem vindo a articulá-los com ensinamentos dos professores budistas ocidentais. Como praticante zen, prosseguindo uma pesquisa cultural e socialmente comprometida, é membro do centro espiritual Jikô-An, fundado por Hôgen e sediado na Serra Nevada, e da comunidade Wild Flower fundada por Amy Hollowell.

O orador seguinte, Eng. Duarte Saraiva Fonseca Lobo, é neto do 1º Presidente da Junta de Freguesia do Pinhão cujos terço e respetiva caixa de prata deram origem à Coleção Contas de Rezar. Com uma carreira profissional exercida em Lamego, tem participado em inúmeras experiências de cariz teológico, do nível concelhio ao internacional, durante cerca de três décadas, no âmbito da Obra Kolping de Portugal, dos movimentos CPM, ENS (juntamente com sua Esposa Prof.ª Noémia Lobo) e, mais recentemente, na condição de catequista e colaborador da obra “Conferências Vicentinas” na Paróquia de Almacave. Recomendou a leitura do livro “Deus Existe” do filósofo racionalista britânico A. Flew que evoluiu de ateísta para crente.

Por último, o Prof. Paulo Mendes Pinto transmitiu informações muito interessantes sobre Ciências da Religião, um tema em que é uma autoridade em Portugal. Com efeito, é Diretor da Licenciatura e do Mestrado em Ciência das Religiões na Universidade Lusófona, Embaixador do Parlamento Mundial das Religiões (desde 2014), fundador da European Academy of Religions e do Observatório para a Liberdade Religiosa, co-fundador e Presidente do Clube de Filosofia Al-Mu’tamid, criado entre a U. Lusófona e a Comunidade Islâmica de Lisboa. Recomendou a leitura da publicação que co-coordenou “Cosmovisões Religiosas e Espirituais: Guia Prático de Tradições Presentes em Portugal editada pelo Alto Comissariado para as Migrações, em 2016.

O debate foi protagonizado, principalmente, entre os representantes do budismo e do cristianismo. E atrever-me-ia a deixar uma conclusão geral de quão empobrecedor e até potencialmente perigoso seria um Mundo com uma única religião.

Júlia M. Lourenço, in Voz de Lamego, ano 87/53, n.º 4439, 5 de dezembro de 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: