Início > Eventos, Museu Diocesano de Lamego, Notícias > TERTÚLIAS DE OUTONO: Aprender para saber, saber para viver

TERTÚLIAS DE OUTONO: Aprender para saber, saber para viver

No dia 14 de Outubro corrente, o Museu Diocesano de Lamego promoveu uma Tertúlia de formação para o que juntou a palavra do P.e Anselmo Borges e do Dr. José Carlos Gomes da Costa, que dissertaram sobre os temas do «Diálogo Inter-Religioso» e «O Rosário e a Família Dominicana» respectivamente.

A D.ra Júlia Lourenço, com uma bela colecção de Terços em exposição numa das Salas do Museu Diocesano, foi a causa próxima desta Tertúlia, que, por estar escrita no plural, nos faz pensar que outras se seguirão e com mais adesão de lamecenses. Alguém dizia antes que Lamego, com fama de pequena Cidade, tinha bons motivos para a cultura de tantos que a visitaram nesse dia. Ainda bem!

A Tertúlia foi apresentada pelo P.e Dr. João Calos Morgado, Pró-Vigário Diocesano e Director do Museu Diocesano, que nos falou dos oradores, que aqui chegaram aureolados com os conhecimentos adquiridos em Universidades portuguesas e estrangeiras, que depois pudemos comprovar pelos temas desenvolvidos.

Falou o P.e Dr. Anselmo Borges, nosso vizinho de Paus, no concelho de Resende e confrade do nosso Bispo na Sociedade da Boa Nova, sobre o Diálogo inter-religioso, fruto ou consequência de uma religiosidade, o mesmo que um «movimento do homem que faz ou fez uma experiência do sagrado, seja crente ou não crente, mas que se entrega ao mistério que nos vem de Deus e dele faz uma experiência de salvação». Só depois «aparecem as religiões, fé e mistério sagrado, como situação inevitável, porque Deus vem ao encontro do ser humano».

«Dialogar» é essencial para o desenvolvimento da atitude a tomar perante a «experiência do sagrado, sabendo que o mistério sempre nos ultrapassa, mas ajuda a procurar em conjunto» uma ajuda para o diálogo. No caso da Igreja, o diálogo tem sido uma das preocupações dos Papas, manifestado em circunstâncias concretas; e referiu o caso da «laicidade do Estado», tantas vezes confundida com «laicismo», que não são a mesma coisa.

O Dr. José Carlos G. da Costa falou do Rosário e a Família Dominicana, dizendo um pouco da história e métodos de S. Domingos de Gusmão, que parte do encontro e conversa de uma noite com um «herege» cátaro, que conseguiu convencer a entrar no catolicismo. A Igreja estava em crise, a nível interno e externo e todos desejavam «o báculo e o anel» (Símbolos dos Bispos). Mais se procuravam os vícios do que as virtudes, e Domingos utilizou a oração, o estudo, a pregação, como modo de falar com Deus e com os homens, apresentando a boa nova para todos, o que se tornou fundamental na acção dos Dominicanos em toda a parte e para com todos. E se os Padres rezavam o Breviário em latim, ao povo cristão que não sabia latim foi proposto o Rosário, as 150 Avè Marias em lugar dos 150 Salmos bíblicos.

E contou como deixou de olhar o terço como oração monótona e sem sentido: em cada mistério ele descobria esta ou aquela pessoa cujo estado de saúde, por exemplo, se enquadrava na meditação ou intenção desejadas.

E disse, a terminar: «fazei dos vossos encontros com Maria uma viagem com sentido para a vida»; temos de experimentar antes de anunciar, para podermos dizer como Maria Madalena: «vi o Senhor».

Um breve diálogo encerrou a Tertúlia de Outono; aclararam-se ideias, adiantaram-se respostas; mas foi a palavra da D.ra Júlia Lourenço, que organizou a Exposição dos Terços na sala superior do Museu, que nos chamou para as razões da presença de todos naquela tarde de sábado.

 

Pe. Armando Ribeiro, in Voz de Lamego, ano 87/46, n.º 4432, 17 de outubro 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: