Início > Testemunho, Vida, Vocações > Voluntariado missionário: 1403 portugueses partem em 2017

Voluntariado missionário: 1403 portugueses partem em 2017

18 pessoas deixam o seu emprego e 10 pedem licença sem vencimento para partir em missão

 

A Fundação Fé e Cooperação (FEC), organismo da Igreja Católica em Portugal, anunciou hoje que 1403 pessoas vão dedicar-se a ações de voluntariado missionário em 2017.

“389 jovens e adultos realizam projetos de voluntariado missionário em países em vias de desenvolvimento e 1014 desenvolve atividades de voluntariado/missão em Portugal”, refere um comunicado da instituição, enviado hoje à Agência ECCLESIA.

Este é um número global mais alto do que em 2016, verificando-se um aumento no número de voluntários que parte para missões fora da Europa, segundo dados estatísticos da Rede de Voluntariado Missionário coordenada pela FEC – Fundação Fé e Cooperação.

O elenco inclui voluntários que abdicam dos seus empregos e salários para partir em missão

“Com idades compreendidas entre os 18 e os 50 anos, 18 pessoas deixam o seu emprego e 10 pedem uma licença sem vencimento para partir este ano para países em desenvolvimento”, assinala a nota de imprensa.

A este número somam-se 10 desempregados que vão dedicar-se a experiências de voluntariado missionário.

Os 389 voluntários portugueses que saem do país estão distribuídos por vários países: Cabo Verde vai acolher 89 voluntários; Moçambique, 76; São Tomé e Príncipe recebe 70; Guiné-Bissau, 65; Angola, 38; Brasil, 27; Timor-Leste, 9; Espanha, 5; Honduras, 4; a Zâmbia acolhe 2 voluntários; com destino à República Centro Africana partem dois voluntários; e para o Perú partem outros dois.

349 pessoas partem para projetos de curta duração, isto é, em missões que podem ir de 15 dias a 6 meses; 40 pessoas partem em projetos de longa duração (entre 7 meses a 2 ou mais anos).

“A maior parte dos voluntários que parte entre janeiro e dezembro de 2017 tem idades compreendidas entre 18 e 35 anos, sendo 87% estudantes, recém-licenciados ou pessoas empregadas que dedicam o seu tempo de férias para se integrar no desenvolvimento de projetos de voluntariado internacional”, assinala o comunicado.

No total, 70% são mulheres e 30% homens, precisa a FEC.

As principais áreas de intervenção das entidades são a agricultura, animação sociocultural, construção de infraestruturas, educação e formação, pastoral, saúde, dinamização comunitária, entre outras necessidades sentidas no decorrer dos projetos.

Este ano, 1014 jovens e adultos desenvolvem atividades de voluntariado missionário em Portugal, com “uma regularidade assegurada”.

A maior parte destes voluntários desenvolve atividades de animação sociocultural e de trabalho na área da educação e na área da pastoral.

A Fundação Fé e Cooperação dinamiza a Rede do Voluntariado Missionário desde 2002 e em cada ano recolhe e compila os dados de cada entidade associada.

Nas duas últimas décadas, Portugal contou com 6443 respostas de voluntariado missionário realizado nos países em desenvolvimento.

in Voz de Lamego, ano 87/36, n.º 4421, 18 de julho 2017

Categorias:Testemunho, Vida, Vocações Etiquetas:, ,
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: