Início > Evangelho, Eventos, , Formação, Igreja, Jesus Cristo, Oração > 59.º CURSILHO DE HOMENS DO MCC

59.º CURSILHO DE HOMENS DO MCC

No Seminário Maior de Lamego realizou-se nos dias 28 de abril a 1 de maio de 2017, o 59º Cursilhos de Cristandade de Homens, da diocese de Lamego, dando-se, assim, cumprimento ao plano de atividades previsto pelo Secretariado Diocesano para o presente ano Pastoral.

É com muita alegria que partilho convosco a vivência cristã deste grupo formado por 11 novos cursilhistas, dois deles de Murça (diocese de Vila Real), de diversas idades que, inspirados no e pelo Mestre, conseguiram encontrar a “estrada” certa neste momento das suas vidas.

Este curso foi orientado, por uma equipa de onze dirigentes leigos, sendo o reitor, Paulo Jorge Oliveira, auxiliados por três presbíteros, o nosso Diretor Espiritual do Movimento, Cón. José Melo, o Pe. Justino Lopes e o Pe. Aniceto Morgado que, em clima de fraternidade e amizade, iam dando graças ao Senhor pelas maravilhas que ele ia operando em cada um dos nossos onze valentes.

O encerramento teve lugar no salão do seminário, onde nos aguardavam cerca de 100 cursilhistas que pretenderam, pela sua presença e por alguns testemunhos, entusiasmar os novos elementos da família do MCC. Todos os onze valentes quiseram apresentar os respetivos emotivos e conscientes testemunhos que, de um modo geral, mostraram um evidente (re)encontro com Jesus Ressuscitado, bem como, a determinação de todos de entrar em pleno 4º dia dispostos a ultrapassar os obstáculos da vida e a transmitir, com a ajuda do Espírito Santo, o viver cristão nos ambientes da família, do trabalho e da comunidade em que estão inseridos.

No final da clausura, o representante do senhor Bispo, o Pró-Vigário Geral, Pe. João Carlos Morgado, depois de entregar os crucifixos, símbolo do compromisso com Cristo, lembrou que nesse dia iniciava o mês de maio, em que a Igreja celebrava a memória de São José Operário, o mês da comemoração do Centenário das aparições da Virgem Maria, em Fátima e, consequentemente, a canonização dos dois pastorinhos mais novos, aquando da visita do Santo Padre, o Papa Francisco, no próximo dia 13. Daí, declarou como patrono deste 59º Cursilho de homens, São Francisco Marto, e como padroeira do 4º dia, do mesmo curso, Santa Jacinta Marto.

Para finalizar, deixo o testemunho de alguns novos cursilhistas, no início do 4º dia, a saber:

“Foi um importante momento da minha vida, que me fez sentir mais próximo do Senhor, onde me questionei por diversas vezes se seguia o caminho certo, onde conheci pessoas com grande caráter e, acima de tudo, onde vivi momentos de grande paz e harmonia. Considero-me um sortudo por ter participado e por ter conhecido todos os outros participantes.” (Paulo Pedro, Vila Nova de Paiva);

“Viver este Cursilho de Cristandade foi uma oportunidade para me aproximar mais de perto com os outros e com Aquele que nos chamou à vida – Deus. Ao longo de toda a nossa peregrinação neste mundo, Deus presenteia-nos com diversas situações, acontecimentos, vivências. Este cursilho foi, de facto, uma prenda de Deus para mim e para todos os que o viveram comigo”. (Vítor Carreira, Queimadela);

“Aprendi a viver , a confiar, a acreditar, a aceitar um Deus próximo que permite o melhor para nós! Estou bem, estou em paz porque acredito no Senhor!”
(Nuno Nascimento, Moimenta da Beira);

“Para mim, a frequência deste cursilho foi encontrar Cristo para a vida e torná-la mais rica/dócil/harmoniosa” (Carlos Nobre, Lamego);

“Sinto-me um privilegiado e honrado por ter participado neste Cursilho e nas vezes em que estava deitado a descansar quase que sentia a Sua mão a acariciar a minha cabeça. Posso dizer que Jesus me tem guiado e acompanhado sempre. Neste momento só me ocorre uma frase: EU E JESUS CRISTO, UNIÃO ABSOLUTA.

Ter frequentado este cursilho foi como ver os meus “campos vestirem-se de cores como na primavera”. Por tudo isto, hoje, sinto uma Grande alegria dentro de mim, sinto-me em Graça com Deus. É, sem dúvida, para mim, um marco na minha vida, uma catapultagem para outro estado de espírito. Quero agradecer a Deus por tudo o que me tem proporcionado e espero retribuí-lo em boas ações, amor como Ele me tem ensinado.” (Paulo Portela, Cambres).

Para todos, Coragem e Confiança! Que o Espírito Santo nos ilumine e São Paulo nos guie para melhor podermos servir os nossos irmãos em Cristo!

DE COLORES.

(Eduardo Pinto), in Voz de Lamego, ano 87/26, n.º 4411, 9 de maio de 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: