Início > Bíblia, D. António Couto, Eventos, , Formação, Igreja, Jesus Cristo, Nossa Senhora, Notícias > Curso Bíblico “Nossa Senhora na Bíblia”

Curso Bíblico “Nossa Senhora na Bíblia”

Pelo 10.º ano consecutivo decorreu em Lamego mais um Curso Bíblico, de organização conjunta das Paróquias de Almacave e Sé, contando como orientador pelo 4.º ano o Bispo de Lamego D. António Couto, que mais uma vez partilhou os seus dons de orador e de sabedoria que a todos cativa.

Nos três dias do Curso, de 4 a 6 de Abril, as mais de 150 pessoas presentes no Centro Paroquial de Almacave, de diversas paróquias do Arciprestado de Lamego, puderam ouvir falar de Maria e do seu papel de Mulher e Mãe, descrito na Bíblia, desde a Anunciação do Anjo até à Ressurreição de Jesus.

Estando a decorrer o Centenário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima, a escolha do tema foi pertinente pela sua contemporaneidade e pela necessidade de percebermos a docilidade e afabilidade da “Virgem desposada”  que disse o Seu SIM a Deus e se tornou a “Arca do Senhor” carregando no Seu ventre o Salvador Jesus Cristo.

Foram percorridas diversas Orações, desde a Avé-Maria, ao Magnificat a primeira oração de Maria, passando pela primeira oração a Maria, no ano 300, mostrados os textos dos Evangelistas que escreveram sobre Ela e no-La deram a conhecer através da Palavra de Deus, num caminhar constante de descoberta da beleza da Vida de Maria, enquanto presente fisicamente na Terra.

Foi-nos ainda apresentada Nossa Senhora como a “compositora” que guardava no Seu coração tudo o que se passava, como um “vaso que recebe”, numa alusão ao nosso modo de vida que deverá “ser um vaso como Maria com docilidade e disponibilidade para tornar a Palavra de Deus fecunda na nossa vida”. Assim com e como Ela se poderão abrir caminhos novos na nossa vida, para nós e para os outros.

A figura de Maria, apresentada na Bíblia, ora como MULHER, ora como MÃE, a serva do Senhor, é assim “a compositora que compõe tudo com extrema carinho e tece a Sua melodia da Alegria” e que “canta Deus como nós o fazemos no Terço”, foi assim ao longo dos três dias que tivemos a graça de A descobrir na sua beleza, docilidade, oferta e doçura pela palavras proferidas por D. António do Couto

Sendo Maria a Medianeira de todas as graças, é Ela que vai “(re)lembrando” a Deus e ao Seu Filho as nossas necessidades e anseios, no Seu olhar de doçura maternal, ouvindo os nossos gritos e súplicas e depondo-as junto do Pai e do Filho para obtenção  das graças divinas.

Isolina Guerra, in Voz de Lamego, ano 87/22, n.º 4407, 11 de abril de 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: