Início > Centenário das Aparições, Eventos, , Formação, Igreja, Nossa Senhora, Santuários > CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES | AINDA O SEGREDO

CENTENÁRIO DAS APARIÇÕES | AINDA O SEGREDO

Na semana passada fizemos referência ao “segredo” de Fátima que, durante tantos anos, alimentou fantasias e “profecias catastrofistas”. Um “suspense” que durou até ao ano 2000, quando o Papa João Paulo II autorizou a sua divulgação e a Congregação para a Doutrina da Fé, pela voz do Card. J. Ratzinger, apresentou um comentário ao conteúdo até então desconhecido, a tal “terceira parte”. Recorde-se que as outras duas partes já tinham sido tornadas públicas em 1941.

Continuando uma breve apresentação, eis algumas palavras sobre as duas partes restantes.

A “segunda parte do segredo” refere-se à devoção ao Imaculado Coração de Maria. Para lá dos desastres da fome e da guerra, refere-se também à perseguição da Igreja. E é neste âmbito que surge a referência à Rússia e às más influências por ela provocadas, propondo o referido texto que se proceda à consagração daquele país.

Tal consagração foi concretizada por João Paulo II (25/03/1984), sem, contudo, se referir explicitamente àquele país. Os entendidos afirmam que a nomeação da Rússia quererá significar a existência de todos os países que perseguem os cristãos e procuram destruir a Igreja. Daí que João Paulo II consagre o mundo inteiro ao Imaculado Coração de Maria.

A “terceira parte do segredo”, porque ainda não fora tornada pública, alimentava a curiosidade de muitos. Aquando da beatificação de Jacinta e Francisco (13/05/2000) e com João Paulo II presente na Cova da Iria pela terceira vez, o Secretário de Estado do Vaticano, tornou pública esta parte do “segredo”. Em Junho seguinte, o texto integral do “segredo” será  publicado, bem como um comentário do Card. J. Ratzinger.

No dizer do futuro Bento XVI, o texto até então guardado, faz referência ao sofrimento e às perseguições, aos conflitos bélicos e à destruição que marcaram grande parte do século passado. O próprio João Paulo II considerou que parte do texto se referia a si próprio e ao atentado que quase o vitimou, em 13/05/1981, atribuindo a Nossa Senhora o facto de ter sobrevivido.

Certamente que o texto está disponível para leitura de todos os interessados, bem como o comentário teológico referido e tantos textos que se referem ao assunto. Mas, de forma breve e incompleta, talvez não seja descabido dizer que o “segredo” se inscreve no todo da mensagem de Fátima: o caminho do pecado, oposto ao de Deus, provoca sofrimento, afasta do Criador e leva à condenação; ao contrário, o caminho da conversão, para o qual muito contribuem a oração e a penitência, leva à comunhão com Deus e à paz entre todos.

Por isso, o melhor é procurar conhecer e valorizar a “mensagem de Fátima” no seu todo, não se fixando demasiado neste pormenor do “segredo” que tanta especulação alimentou. Afinal, Deus não tem segredos para nós. E todos sabem que o não assumir com responsabilidade a vida recebida ou o não respeitar da dignidade humana, em si e nos outros, leva à tentação de domínio, às perseguições e aos conflitos.

JD, in Voz de Lamego, ano 87/20, n.º 4405, 28 de março de 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: