Início > Centenário das Aparições, Deus, Eventos, , Formação, Igreja, Nossa Senhora, Santuários > Aprofundar a Mensagem de Fátima com a Irmã Ângela Coelho

Aprofundar a Mensagem de Fátima com a Irmã Ângela Coelho

O Movimento da Mensagem de Fátima promoveu, no passado sábado, dia 11 de março, no Seminário Maior de Lamego, um encontro de formação de aprofundamento da Mensagem de Fátima. Esteve presente mais de uma centanta de participantes, entre fiéis leigos, um diácono e sacerdotes, de vários arcipreastados e zonas pastorais da nossa Diocese.

A Irmã Ângela Coelho orientou este encontro no qual fez uma bela exposição e apresentação de alguns traços essenciais da Mensagem de Fátima, com simplicidade, beleza e profundidade. Sempre com um sorriso no rosto, próprio de quem reflete a luz da alegria que brota do Evangelho, a Irmã Ângela cativou a assembleia com o seu enorme e fundamentado conhecimento da Mensagem de Fátima.

Nossa Senhora apareceu na Cova da Iria, escolheu três crianças, falou na nossa língua e deixou uma Mensagem para o mundo. Mensagem mística e profética, de misericórdia, de paz e de esperança, que continua atual. O seu conhecimento e aprofundamento tem cada vez mais sentido neste nosso mundo de hoje.

Lembrando e citando a Carta Pastoral no Centenário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima, da Conferência Episcopal Portuguesa, intitulada: “Fátima, Sinal de Esperança para o nosso tempo” e a que a Irmã Ângela fez referência, destacamos o que os bispos portugueses dizem: “Ao longo de todos estes cem anos, a peregrinação a Fátima revitalizou a fé de muitos crentes cansados, suscitou a conversão eclesial de muitos batizados desorientados, tornou possível que muitos indiferentes redescobrissem o Evangelho, suscitou uma religiosidade que plasmou a vida de grande parte do nosso povo”( nº 4). Os nossos bispos também referem quase no final da mesma Carta: “Fiéis ao carisma de Fátima, somos chamados a acolher o convite à promoção e defesa da paz entre os povos, denunciando e opondo-nos aos mecanismos perversos que enfrentam raças e nações: a arrogância racionalista e indivudualista, o egoísmo indiferente e subjetivista, a economia sem moral ou política sem compaixão. Fátima ergue-se como palavra profética de denúncia do mal e compromisso com o bem, na promoção da justiça e da paz, na valorização e respeito pela dignidade de cada ser humano” (nº 15).

Conhecer e viver a Mensagem de Fátima deve ser a atitude a tomar durante este Ano do Centenário e, como Ela prometeu a Lúcia: o seu “Coração Imaculado” será sempre o nosso refúgio no tempo das tribulações.

Saibamos pois, como os Pastorinhos, responder aos apelos de Nossa Senhora.

O Secretariado Diocesano

in Voz de Lamego, ano 87/18, n.º 4403, 14 de março de 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: