Início > Bíblia, D. António Couto, Evangelho, Eventos, , Formação, Jesus Cristo, Jovens > Formação Bíblica para jovens da Diocese de Lamego

Formação Bíblica para jovens da Diocese de Lamego

jovens-biblia

Formação Bíblica

“Podia estar perdido Como um náufrago no mar

E ainda perder tudo, até o alento… Podia estar faminto

Como uma criança sem lar Mas eu sei que a Tua palavra Sempre me sustentará…”

 No passado dia 4 foi nos dada a oportunidade de aprofundarmos o nosso conhecimento sobre a Bíblia. Reunidos no Seminário de Lamego, o Departamento dos Jovens ajudou-nos a perceber que apesar de ser um livro “tão velho” ele tem tudo a ver com gente “tão nova” como nós.

Durante a manhã, após uma oração onde invocamos o Espírito Santo, recebemos a visita do Sr. Bispo, D. António Couto, que nos indicou o caminho para este dia de descoberta. De facto, no princípio deste percurso necessitávamos de uma orientação geral que nos ajudasse a compreender toda a jornada: a riqueza da Palavra de Deus não está num conjunto de palavras escritas num papel mas está naquilo que transparece, na profundidade do sentido daquilo que está escrito e que é lido, que é anunciado!

Pouco a pouco fomos percebendo que não estávamos a pegar num simples livro, mas numa autêntica biblioteca, contendo uma grande variedade de livros e pontos de vista. Não estávamos a ler um ditado Divino onde as capacidades humanas não tivessem sido empreendidas, não, quando nos debruçamos sobre alguns versículos percebemos que existem linguagens diferentes, características especificas de uma região, a história de um povo, vidas humanas concretas. Nesta linha, o nosso Pastor Diocesano interpelava-nos dizendo: “A Bíblia é – de longe – o livro que mais respeita o Ser Humano. Repito: de longe! Experimentem espremê-la bem espremida. Sabem o que sai? Sangue! Porque o que está na Bíblia é VIDA!”

Durante o resto do dia foram abordados outros pontos interessantes, nomeadamente: o estereótipo Fé vs Ciência que pudemos compreender, de maneira muito bela, graças a uma explicação de algumas partes do livro do Génesis; a análise de alguns “confrontos bíblicos” percetíveis nos relatos da infância de Jesus; o valor simbólico de alguns números, palavras, entre outros.

É de salientar a pertinência destas formações para os jovens pois, além do teor educativo que têm, servem ainda para nos ajudar a compreender muitas situações do nosso quotidiano, principalmente o significado desta nossa relação com Deus, perceber que não somos nós que vamos até Ele, mas Ele que vem até nós, dando-nos a oportunidade de o acolher.

Tão importante como a oportunidade de ouvir e aprender com os oradores, é a possibilidade de conviver e partilhar opiniões e vivências com outros jovens, sendo que na minha opinião é isso enriquece bastante este tipo de encontros.

Após um dia diferente, fica então o desafio de continuar a acolher este Deus, que vem revelar-se a todos nós, nunca perdendo a vontade de continuar esta busca do sentido da sua Palavra.

Rafael Ferreira, in Voz de Lamego, ano 87/13, n.º 4398, 7 de fevereiro de 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: