Início > EMRC, Eventos, Formação, Igreja, Notícias > ENCONTRO E PARTILHA | Jornadas Locais de Escolas Católicas

ENCONTRO E PARTILHA | Jornadas Locais de Escolas Católicas

16422469_988159101284802_8039892018010956261_o

Decorreram no passado sábado, dia 4 de fevereiro as Jornadas Locais de Escolas Católicas, subordinadas ao tema: “Como é que o Evangelho trespassa o nosso projecto educativo?”

Estas Jornadas Locais tiveram um âmbito interdiocesano, com presença de Escolas das Dioceses de Aveiro, Guarda, Lamego, Vila Real e Viseu. Das 5 Escolas Católicas da nossa diocese apenas o Colégio de Lamego se fez representar na pessoa do seu Diretor Pe. Avelino Silva e mais três Professores.

O Seminário de Viseu acolheu-nos da parte da manhã onde, pelas 9.30h, se iniciaram os trabalhos com um momento de oração presidido pelo Bispo de Viseu, D. Ilídio Leandro. Em seguida o Sr. D. Ilídio apresentou-nos alguns pontos essenciais a ter em conta sobre o papel do Professor na Escola Católica baseados em alguns pontos fundamentais do Papa Francisco.

Começou o Sr. D. Ilídio por nos dizer que “…não se pode ensinar sem paixão convidando-nos a escancarar as portas para que os estudantes tenham esperança. Educar é um gesto de amor, é dar vida. «Faz-se pouco pelo que se diz; muito pelo que se faz; sobretudo pelo que se é». Devemos atender aos valores testemunhados – coerência entre a Fé, a Cultura e a Vida. Por outro lado a Escola deve ser olhada como um lugar de encontro. Ela educa para o verdadeiro, o belo e o bom. O projecto educativo da Escola deve ter em conta a Nova Evangelização e os Valores Evangélicos: um serviço à Sociedade no Bem Comum. Devemos promover a renovação da educação, tendo em conta a Transcendência e preparar o futuro dos jovens: queremos jovens com asas e com raízes”.

Para o Papa Francisco, os pais e todos os outros educadores da Escola são convidados a não estar “fora do mundo, mas a viverem como a levedura na massa”.

Após a conferência do Sr. D. Ilídio Leandro as Escolas presentes foram convidadas a apresentar as suas “Ousadias” no âmbito do seu Projeto Educativo.

Na parte da tarde os Professores e Diretores presentes reuniram-se em pequenos grupos para reflectirem sobre algumas questões:

1 – “Olhando a acção do papa Francisco, quais são os desafios novos para a missão dos educadores cristãos, na Família, na Escola e na Sociedade?

2 – O que se deve entender, hoje, por “Civilização do Amor”? Quais as características desta Civilização e qual o papel do educador cristão?

3 – Nas circunstâncias atuais, qual pensa ser a missão da Escola católica na construção da Sociedade em Portugal?

4 – Quais devem ser, hoje, os aspectos mais característicos do cristão, na sua acção transformadora da Sociedade em Portugal e no Mundo?

O plenário que se seguiu foi muito enriquecido pela partilha de todos os grupos com ênfase em palavras-chave: DESAFIO, AMOR, TRANSCENDÊNCIA, VALORES, FAROL.

João Ferraz, in Voz de Lamego, ano 87/13, n.º 4398, 7 de fevereiro de 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: