Início > Editorial, , Mensagem > CURIOSIDADE E PERSEVERANÇA | Editorial Voz de Lamego

CURIOSIDADE E PERSEVERANÇA | Editorial Voz de Lamego

Three Kings Behold the Star of Bethlehem

Na edição da Voz de Lamego desta semana destaque de primeira página para o Centenário das Aparições aos três Pastorinhos, na Cova de Iria, com a promessa de que em próximos edições o Jornal diocesano, Voz de Lamego, vai apresentar textos enquadrando e explicando, refletindo, as Aparições.

No editorial, o Pe. Joaquim Dionísio, nosso Diretor, parte da solenidade da Epifania, para que nos deixemos guiar pela estrela, mas não desistamos, como eles não desistiram, mesmo quando não virmos a estrela…

CURIOSIDADE E PERSEVERANÇA

A solenidade da Epifania, popularmente conhecida como Festa dos Reis, coloca diante de nós a figura de uns Magos que, vivendo no oriente, se deixaram interpelar por uma estrela e partiram em busca de respostas.

A atenção e a curiosidade foram determinantes para verem além de si próprios. Na verdade, nem todos avistam estrelas. Isso é próprio de quem está atento, curioso e se interroga. Dito de outra maneira, quem não está cheio de si abre as janelas, vislumbra mais longe e procura. Aliás, enquanto crentes, somos simultaneamente convidados a viver a espera e provocados a ir em busca, entre um “já” e um “ainda não” que nos assegura e desinstala…

No caminho, os Magos deixam de ver a estrela. Quantas vezes o entusiasmo inicial esmorece ou desaparece? Como avançar quando se deixa de ver? Quem nos conduz na noite? A experiência mostra-nos que o caminho é feito de evidências e obscuridades, de confiança e de dúvida, de força e fragilidade. E temos consciência de que “A fé não é luz que dissipa todas as nossas trevas, mas lâmpada que guia os nossos passos na noite, e isto basta para o caminho” (Francisco, Lumen Fidei, 57).

Contemplando os Magos, vemos como a estrela foi importante para desinstalar e motivar à caminhada, mas aprendemos também que o impulso inicial precisa da perseverança, determinante para reencontrar a estrela.

O encontro com o Menino permite aos Magos regressar por outro caminho. Depois das festas natalícias, após todo o entusiasmo na sua preparação e vivência, no início de um novo ano, não pode instalar-se agora a melancolia…

Importa continuar e perseverar na determinação em avançar. E, se for preciso, regressar por outro caminho!

in Voz de Lamego, ano 87/09, n.º 4394, 10 de janeiro de 2017

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: