Arquivo

Archive for 09/12/2016

Imaculada Conceição 2016 | Homilia de D. António Couto

pedras-vivas

TODOS OS MEUS DIAS SÃO DE DEUS, E SÃO-ME DADOS

  1. Amados irmãos e irmãs, convido-vos a sentir e a consentir com emocionada alegria o facto de as Igrejas do Oriente e do Ocidente, embora tantas vezes divididas entre si, estarem hoje, dia 8 de dezembro, unidas em maravilhosa harmonia para celebrar a Mãe de Deus no singular privilégio da Conceição Imaculada da sua humanidade, nove meses antes do seu Nascimento ou Natividade, que celebraremos jubilosamente no dia 8 de Setembro.
  1. É bom e belo sabermos e sentirmos que hoje estamos em comunhão e sintonia com essas Igrejas sofridas e doridas do Oriente, nossas irmãs queridas, que sempre dedicaram à Mãe de Deus um muito particular carinho traduzido em tempo dado à Mãe de Deus. Só quem ama tem tempo, e até o inventa, se necessário. É assim que os Coptos dedicam a Maria o inteiro mês de Kiahq, que coincide mais ou menos com o nosso mês de Dezembro, e os Caldeus, os Antioquenos e os Maronitas celebram, também nesta altura do ano, e durante pelo menos quatro Domingos, o tempo da chamada Sûbbarâ ou «Anunciação», que é a Vinda de Deus ao nosso mundo, em catadupa, dia após dia, para abrir as nossas trincheiras e fazer nascer em nós um mundo novo, aberto, encantado e feliz, e fazer de nós homens novos capazes de cantar um cântico novo.
  1. Memorial desta beleza incandescente é a Basílica da Anunciação, em Nazaré. Esta grandiosa Basílica foi inaugurada em 25 de Março de 1969, e foi visitada, ainda as obras estavam em curso, em 1964, pelo Beato Papa Paulo VI. Escavações feitas antes desta grandiosa construção puseram a descoberto, e podem ver-se ainda hoje, os majestosos pilares de uma Catedral levantada em 1099, pelo príncipe cruzado Tancredo, bem como o pavimento em mosaico de uma igreja bizantina, que pode ser datada do ano 450. Mas, descendo mais fundo, até às entranhas da atual Basílica, acede-se à Gruta da Anunciação, sob cujo altar se lê a inscrição Verbum caro hic factum est [= «Aqui o Verbo se fez carne»], e a outros lugares de culto antigos, talvez já do século II. Numa grafite antiga foi encontrada a gravação XE MAPIA, abreviação de Chaîre Maria [= «Ave-Maria»], a primeira Ave-Maria da história.

Ler mais…

Jovens de Resende | Encontro de Formação

resende-jovens

Proclama e Vive a Palavra que Deus nos dá

No passado dia 3 de dezembro, decorreu durante toda a manhã, no Seminário Menor de Resende, um encontro de jovens da Zona Pastoral de Resende com o objetivo de Proclamar e Viver a Palavra que Deus nos dá.

O senhor padre Miguel Peixoto, o seminarista Diogo Martinho, o senhor padre António Jorge Giroto, a catequista Eliana Loureiro e o senhor padre Manuel Gonçalves presentearam-nos durante toda a manhã com momentos de oração, de convívio e de reflexão.

Falaram-nos sobre a linguagem simbólica da Bíblia, dos livros da Sagrada Escritura e da forma como estão organizados. Foi apresentado um PowerPoint sobre a relação dos jovens com a religião e com Deus, e como as suas qualidades e defeitos interferem nisso. Refletimos sobre o significado do espírito natalício e das coisas verdadeiramente importantes nesta época. Falaram-nos do papel do discípulo missionário e refletimos também sobre o que é ser cristão, como seguir Jesus e o modo como O negámos nas atitudes do dia a dia. As apresentações foram intercaladas com pequenos vídeos sobre os diferentes assuntos. Foi um tempo em que rezamos, cantamos, refletimos e demos algumas gargalhadas.

Encerrou-se o encontro com um almoço convívio.

Foi uma manhã bem passada envolvida num espírito de oração, de paz, de alegria e de companheirismo.

Alexandra Sequeira

Resende

in Voz de Lamego, ano 87/05, n.º 4390, 6 de dezembro de 2016