Início > Ano Pastoral, Editorial, Eventos, Igreja, Jesus Cristo, Sacerdotes > PRESBÍTEROS . ASSEMBLEIA | Editorial Voz de Lamego | 4 de outubro

PRESBÍTEROS . ASSEMBLEIA | Editorial Voz de Lamego | 4 de outubro

29-1-2012

No passado dia 1 de outubro, no Seminário Maior de Lamego, a Diocese de Lamego viveu a Abertura do Ano Pastoral, com a apresentação da Carta Pastoral de D. António Couto, que fundamenta, justifica e enquadra o Plano Pastoral Diocesano e as linhas programáticas deste novo Plano de Pastoral. O Jornal Diocesano faz eco desta jornada, mas também da Visita Pastoral de D. António Couto a Vila Cova à Coelheira, a Abertura solene do ano letivo nos dois Seminários, de Resende e de Lamego, entrevista ao Pe. Diamantino Alvaíde, com outras notícias e reflexões.

O nosso Diretor, em vésperas da Assembleia do Clero, a 5 de outubro, no Seminário Maior, reflete sobre as razões desta Assembleia e o que está na base da sua convocação e realização.

PRESBÍTEROS . ASSEMBLEIA

Aproveitando o feriado reposto, o clero diocesano vai viver a sua assembleia anual no próximo dia 05 de Outubro, sob o mote “Análise do nosso ministério pastoral na diocese”, tal como comunicado na missiva endereçada aos sacerdotes.

Cooperadores dos Bispos “no ministério e múnus de ensinar, santificar e apascentar o Povo de Deus” (PO 7), os presbíteros assumem-se como “educadores da fé” (PO 6) e sabem que o mundo “exige sacerdotes radical e integralmente imersos no mistério de Cristo, e capazes de realizar novo estilo de vida pastoral, caracterizado por profunda comunhão com o Papa, os Bispos e entre si próprios, e por fecunda colaboração com os leigos” (PDV 18).

Conscientes da missão confiada, no decorrer do ano, vários são os momentos em que os presbíteros se encontram, entre si e com os fiéis leigos, seja a nível diocesano, arciprestal ou paroquial, para rezar, meditar e dialogar, tendo como finalidade sentir e servir a Igreja.

A assembleia do clero é um pouco diferente, já que surge como oportunidade para os sacerdotes dialogarem entre si sobre assuntos que lhes dizem respeito. Não se trata de promover qualquer “clerocentrismo”, mas antes de proporcionar a partilha de situações que favorecem ou dificultam o exercício da missão confiada no meio do Povo de Deus. Habituados a falar do Outro aos outros (pregação) e dos outros ao Outro (oração), nem sempre é fácil ou cómodo falar de si e das alegrias e tristezas que os habitam na relação com os fiéis leigos, o bispo e o presbitério.

Tal assembleia surge como oportunidade para dar vez e voz a todos, sem intermediários ou distâncias, cabendo a cada um dizer e dizer-se, assumindo e partilhando análises, críticas e propostas que podem contribuir para o bem do presbitério e, consequentemente, para a vida diocesana.

in Voz de Lamego, ano 86/45, n.º 4381, 4 de outubro de 2016

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: