Início > Ano Pastoral, Eventos, Igreja, Notícias > Pelas Altas Terras Beirãs: Ecos da Bareira

Pelas Altas Terras Beirãs: Ecos da Bareira

barreira

A paróquia de Santa Catarina de Barreira, diocese de Lamego, está em movimento.

Há muitos, muitos anos que a nossa igreja estava meio adormecida e a necessitar de uma profunda reforma.

Como havia infiltrações, colocou-se um telhado novo, melhorou-se um pouco a sacristia e colocaram-se portas laterais novas.

No interior, o revestimento e o chão de madeira estavam envelhecidos, os mosaicos partidos e remendados…

Com a chegada do Senhor Padre José Fonseca à nossa aldeia e a comparação com as outras igrejas da sua responsabilidade pastoral, tomou-se consciência do estado lastimoso em que se encontrava esta igreja e da urgente necessidade de obras de beneficiação.

Partilhou os seus sonhos, preocupações e receios com os Barreirenses e daí nasceu uma nova motivação.

Juntaram-se vontades religiosas, sociais e políticas e a obra fez-se.

As pedras centenares que serviram de sepulturas aos nossos antepassados viram novamente a luz do Sol, as paredes salitradas e barrentas foram lavadas devolvendo a frescura e beleza originais do granito. Junto à pia baptismal foi colocado um belíssimo painel de azulejos pintado pelo mestre Manuel Miranda. O coro lúgubre ficou mais leve e arejado. Os ultrapassados confessionários deram origem a vitrinas que albergam algumas alfaias e utensílios religiosos que fazem parte da nossa história. Com muita pena nossa devido ao péssimo estado a que chegou, não foi possível restaurar a porta principal.

A parte eléctrica e o som também foram melhorados.

Agora, entra-se e sentimo-nos acolhidos por uma luz suave e convidativa ao recolhimento e oração elevando o pensamento para Deus agradecendo a todos os que de alguma forma contribuíram para a renovação desta igreja, destacando os reverendos Padres José Fonseca e Bernardo Gago e o Senhor Presidente da Câmara, Professor Anselmo Antunes.

Esta fase está concluída mas… os altares clamam uma nova pintura e o exterior aguarda a sua vez…

Com a boa vontade dos homens e a graça de Deus lá chegaremos.

in Voz de Lamego, ano 86/38, n.º 4374, 2 de agosto de 2016

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: