Início > Eventos, Igreja, Notícias > Passeio Anual da Freguesia de Samodães

Passeio Anual da Freguesia de Samodães

samodães1

Realizou-se no passado sábado, dia 16 deste mês de Julho o tradicional passeio da freguesia que este ano nos levou até ao Santuário de Nossa Senhora da Penha de França situado na província de Salamanca- Espanha.

Pelas 7 horas de uma bela manhã solarenga iniciamos a nossa viagem com um forte espírito de boa disposição e curiosidade em conhecer o destino escolhido pela Junta de Freguesia, organizadora deste passeio.

Acompanhou-nos o nosso querido pároco – Padre Victor, que durante o percurso nos foi dando algumas explicações sobre os lugares a visitar, alternando a sua presença nos dois autocarros.

Como nos esperava um dia longo e árduo, recheado de visitas e caminhadas, tivemos de, bem cedo, começar a carregar baterias para superar todos estes desafios. Não havia fastio, as arcas de alguns abriram-se e deixaram no ar um agradável aroma testemunho de um apetitoso farnel. Outros, não dispensaram o Snack e o delicioso cafezinho da manhã, aquele que seria o último em terras portuguesas.

Logo após a passagem da fronteira de Vilar Formoso, já se vislumbrava ao longe a serra para onde nos dirigíamos. Rapidamente nos fomos aproximando e eis-nos no cimo da montanha junto ao Santuário de  Nossa  Senhora da Penha de França  que tem como característica a cor de pele negra. Não havia tempo a perder. Esperava-nos o momento alto da nossa caminhada, a celebração da Santa Missa com a passagem pela Porta da Misericórdia para assim obtermos uma indulgência plenária. O primeiro passo tinha sido dado no dia anterior com a confissão na paróquia. Aqui e agora, seguiram-se as restantes etapas onde um número significativo de fiéis, participou comprometendo-se “ a ser misericordiosos com os outros, como pai o é connosco” como nos diz o Santo Padre na bula com que anunciou o Jubileu.

A celebração presidida pelo nosso pároco, foi acolitada por cinco dos acólitos da nossa paróquia e abrilhantada pelo grupo coral e restante assembleia. No final seguiram-se as habituais fotos para mais tarde recordar e a contemplação daquela maravilhosa paisagem com   muitas aldeias espalhadas pelo parque natural como também  os animais típicos da região (cabras montanhês)  que alguns tiveram o privilégio de ver.

Como se aproximava a hora do almoço, seguimos viagem para um dos muitos parques  que  a região nos oferece, onde  passamos umas horas de convívio com a partilha dos farnéis e os grelhados ali confeccionados por alguém que teve  a iniciativa de preparar e oferecer.

Daqui partimos rumo a la Alberca, uma aldeia medieval com uma arquitectura tradicional e típica da região com varandas e janelas cobertas de flores, deixando todo o grupo encantado e maravilhado.

As ruas estreitas estão repletas de comércio tradicional, doçaria e enchidos que  fazem crescer a água na boca e poucos são os não resistem provar.

Na Praça Maior, onde convergem as principais ruas, abundam as esplanadas onde nos deliciamos com as saborosas tapas e as refrescantes “ canhas”

Uma das tradições mais curiosa é a de um porco preto que vagueia pelas ruas e é chamado “porco do povo”. É alimentado por todos os habitantes para posterior matança entre todos da comunidade, ou venda. O dinheiro angariado reverte a favor das festividades anuais da aldeia.

Junto à Igreja Paroquial existe um monumento ao porco, mostrando a importância que este animal tem para a comunidade.

A cidade de Rodrigo esperava-nos para uma visita à muralha histórica, à catedral e à Praça Maior onde nos refrescamos para continuarmos o caminho de regresso a casa.

Na fronteira houve uma pequena paragem para comprar os tradicionais caramelos e  em Trancoso fizemos o lanche/jantar mais uma vez partilhado e saboreado por todos e cada um.

Alegres, bem dispostos e com algum cansaço, principalmente os mais idosos, depois deste dia repleto de boa disposição, regressamos a Samodães na expectativa que novas iniciativas se vão certamente repetir.

Alzira Coelho, in Voz  de Lamego, ano 86/37, n.º 4373, 26 de julho de 2016

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: