Início > Eventos, Notícias > Passeio Anual do Centro Social Paroquial de Lamosa

Passeio Anual do Centro Social Paroquial de Lamosa

lamosa

“O segredo da genialidade é conservar o espírito de criança até à velhice, o que significa nunca perder o entusiasmo.”

Realizou-se no dia 1 de junho, dia mundial da criança, o passeio anual do Centro Social Paroquial de Lamosa a Lamego e Salzedas, daí fazer todo o sentido usar a citação introdutória de Aldous Huxley. São estes passeios, de cariz notoriamente religioso e cultural, que fomentam o entusiasmo pela vida, uma vez que vão de encontro aos interesses e preferências dos nossos utentes.

Choveu abundantemente nas semanas que antecederam esta viagem, porém, no dia 1 de junho, o sol não se fez rogado e sorriu para nós, embelezando este dia tão marcante para todos. Com saída da instituição marcada para as 8 horas da manhã tínhamos como objetivo visitar o Arquivo – Museu Diocesano de Lamego às 10 horas da manhã. E assim foi, visitámos o museu, muito bem auxiliados pelo guia que tão bem nos eludiu sobre todo o espólio exposto e ao qual agradecemos pela prestabilidade concedida durante toda a visita. Passámos também pela Sé de Lamego e pelos seus esplendorosos claustros, onde, quase que obrigados pela arrepiante beleza do local, foi feito um registo fotográfico de grupo. Seguidamente e tal como planeado, os utentes tiveram oportunidade de assistir a uma missa, celebrada pelo Presidente da instituição, Padre Tiago Cardoso, na Igreja do Espírito Santo pelas 11horas e 30 minutos. Seguiu-se o almoço e visita ao Santuário de Nossa senhora dos Remédios, que tanto significa para os nossos utentes. Após a visita ao Santuário, onde tivemos a oportunidade de admirar a beleza paisagística, partimos em direção a Lamosa de volta à nossa instituição, passando antes por Ucanha e Salzedas, com o intuito de visitar o Mosteiro Cisterciense de Salzedas, que se mostrou tão imponente perante o olhar espantado de todos. Ao chegarmos ao Centro Social Paroquial de Lamosa era inequívoco, através da satisfação expressa pelos comentários e sorrisos, que este foi um dia carregado de solenidade, emoção e devoção.

Tendo em conta que este passeio se realizou no dia Mundial da Criança e que o trabalho realizado pelo CSPLamosa destina-se a uma população mais velha, importa finalizar este pequeno texto, reiterando que a defesa pela dignidade da pessoa humana é um imperativo, independentemente desta se enquadrar numa faixa etária mais velha ou mais nova. A vida humana tem, impreterivelmente, de se esvaziar de todos os preconceitos idadistas, pois só existe uma verdade inegável, a qual Khalil Gibran definiu perfeitamente, exortando que “a morte não está mais perto do idoso do que do recém nascido. NEM A VIDA”.

in Voz de Lamego, ano 86/31, n.º 4367, 14 de junho de 2016

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: