Arquivo

Archive for 18/03/2016

Dia da Mulher: Comer e orar vai do começar

IMG_8358

No dia 8 de Março comemora-se o Dia da Mulher; pode ser visto como mais um dia, pois há tantos e dedicados a assuntos tão diversos que até acabam por perder significado. Nós, as mulheres, não precisamos de um dia, além dos que já são dedicados à Mãe do Céu, pois ao homenagear Maria todas nós nos sentimos unidas a Ela e, portanto, também homenageadas.

Mas é importante lembrar este dia e as mulheres que lhe deram origem, bem como aquelas pelas quais se determinou a escolha da data, trabalhadoras industriais que lutavam por melhores condições de trabalho e tratamento mais digno barricando-se no seu local de trabalho como protesto, e que foram barbaramente assassinadas quando foram incendiadas as instalações para “servirem de exemplo” às outras operárias!

Passou-se isto a 8 de Março de 1857 em New York, e tal brutalidade, impensável nos nossos dias e na nossa sociedade, não está, no entanto, assim tão longe das indignas condições em que muitas mulheres vivem e trabalham em certas zonas do globo, pelo que não é de todo descabido marcar este dia para refletir no que ainda precisa de ser feito para melhorar a vida de muitas das nossas irmãs.

Um grupo de colaboradoras da paróquia da Sé decidiu reunir-se num jantar, em convívio são e “orante”, pois como a Igreja é parte integrante das nossas vidas, a oração está sempre presente; esperamos que o grupo cresça, pois como a ideia é recente ainda não houve o “passa-palavra”, mas para o ano seremos certamente muitas mais.

Após o repasto, que terminamos rezando o Magnificat pedindo por todas as mulheres, o grupo dirigiu-se ao salão apostólico de Almacave para assistir ao Curso Bíblico ministrado pelo nosso Bispo, D. António Couto, sob o tema “A Misericórdia na Bíblia”.

IM,  in Voz de Lamego, ano 86/17, n.º 4354, 15 de março de 2016

Retiro das Equipas de Nossa Senhora

Retiro 035

No passado fim-de-semana, 12 e 13 de Março, as Equipas de Nossa Senhora dos sectores de Lamego, Alijó e Chaves, estiveram em retiro, utilizando para isso, as óptimas instalações da “Obra Kolping” de Lamego.

“Recebe e oferece a misericórdia”, foi o tema escolhido, não só para ser vivido e compreendido em casal, mas para ser posto em prática em todas as circunstâncias da vida.

O conferencista convidado foi o Frei Filipe Rodrigues, Dominicano, com origens na nossa diocese, mas que veio de propósito de Lisboa, onde reside, para nos brindar com o seu saber, o seu entusiasmo, a sua simpatia, a sua simplicidade competente.

Foram dois dias extraordinariamente ricos em conhecimentos, esclarecimentos e desafios para pormos em prática em casal, em família, em comunidade, na paróquia, não só neste “Ano Santo da Misericórdia”, mas para ser Regra de Vida a considerar na caminhada em Equipa e no Movimento.

A Equipa de Sector de Lamego, in Voz de Lamego, ano 86/17, n.º 4354, 15 de março de 2016