Arquivo

Archive for 25/02/2016

Pré-Seminário no Seminário Maior de Lamego | 20 e 21 de fevereiro

vocacao_

Nos passados dias 20 e 21 de fevereiro, realizou-se em Lamego um encontro do Pré-Seminário no Seminário Maior de Lamego, dirigido pelo Excelentíssimo Padre Vasco Pedrinho com a colaboração de João Pereira do 2.º ano de Teologia. Participando Adriano Pereira e Marcelo Moutinho. Sendo um fim-de-semana de reflexão, convivo e animação.

Iniciou-se no dia 20, pelas 10h00 da manhã, onde ocorreu o acolhimento e distribuição dos quartos, seguindo-se de uma reunião que contou com a presença inicial do Reitor do Seminário, Padre Joaquim Dionísio, onde demonstrou acolhimento, abertura das portas desta casa e votos de um futuro da nossa parte em ingressão no Seminário. Seguindo-se de uma breve reflexão sobre duas passagens da bíblia (Jo 1, 35-42 e Lc 5, 1-11), sobre o chamamento, o convite a entrar na barca do Senhor e com Ele navegar, mesmo que por vezes em aguas tenebrosas, caminhos estreitos, mas com fé inabalável com São Pedro. Seguindo-se depois o almoço ao meio dia e meio, contando com a presença de alguns Presbíteros e seminaristas. Durante a tarde visualizou-se um filme intitulado “Deus Não Está Morto” seguindo-se uma breve reflexão sobre o mesmo. Em seguida deu-se um encontro individual com o Senhor Padre Vasco Pedrinho, e preparação para a Via Sacra organizada pelos Pré-seminaristas e o João Pereira do 2.º ano. Depois da realização da mesma, houve o Jantar e finalizando a noite Rezamos Completas e fomos a uma Oração de Taizé, na Paroquia de Santa Maria Maior de Almacave organizada pelo grupo de Jovens, na qual está em pastoral, o seminarista Diogo Martinho, do 4.º ano.

No dia 21, iniciamos o dia com missa na Sé Catedral, presidida pelo Senhor Padre Vasco. No final fomos fazer uma visita as Irmãs Dominicanas de clausura.

Finalizando com o almoço e uma visita ao lar das Freiras de São Camilo, para congratular o Monsenhor Germano Lopes pelos seus 95 anos de idade realizados no passado dia 20 de fevereiro.

Dando-se por finalizado o fim-de-semana de pré-seminário, com energias renovadas, reflexões realizadas e ensinamentos para o futuro.

António Marcelo Mateus Moutinho, in Voz de Lamego, ano 86/14, n.º 4351, 23 de fevereiro de 2016

Retiro Quaresmal no Seminário Interdiocesano

 

P1010425

Misericordiosos como o Pai

Como vai sendo costume pelo início da Quaresma, o nosso Seminário Maior Interdiocesano de São José, que é constituído pelos seminaristas das dioceses de Bragança-Miranda, Guarda, Lamego e Viseu, viveu o período de retiro espiritual. O Tempo da Quaresma é um tempo forte de reaproximação a Deus, pelas tradicionais vias de conversão: oração mais intensa, jejum e esmola. Retirar-se é, necessariamente, querer e começar a concretizar essa proximidade a Deus.

Os exercícios espirituais tiveram início com a celebração de Quarta-feira de Cinzas e foram, este ano, orientados por um padre mariano, Pe. João Carlos Rodrigues, no edifício DomusCarmeli em Fátima.

Durante o retiro meditou-se e rezou-se o tema da Misericórdia: partindo da Sagrada Escritura e ao longo de várias conferências o Pe. João foi trazendo luz a diversas passagens que demonstram a Misericórdia do Pai.

Ao longo de quatro dias, oração, formação e silêncio foram os pilares que construíram o retiro anual do Seminário Maior Interdiocesano de São José, uma oportunidade de reflectir sobre a temática do Ano Santo que estamos a viver e de experimentar a Misericórdia de Deus que apesar das nossas constantes faltas, está sempre disponível para perdoar.

O retiro terminou no sábado, dia 13 de Fevereiro, sob a protecção de Maria a Mãe de Misericórdia. No dia seguinte, toda a comunidade, como corolário do retiro, participou na celebração de Ordenação Diaconal de Ivo Fernandes da Diocese de Bragança-Miranda e membro da comunidade do Seminário Maior Interdiocesano de São José em Braga.

Diogo Jesus, in Voz de Lamego, ano 86/14, n.º 4351, 23 de fevereiro de 2016

Seminaristas percorrem última etapa formativa

IMG_5644

O sexto ano do Seminário é o cume da formação do seminarista. Ao longo deste ano, depois de terminado o curso de Teologia, a formação passa a ser efetuada no próprio edifício do Seminário, pois reveste-se de um caráter mais prático e de preparação para o envio às comunidades. Assim sendo, já não se prende com um caráter de avaliação, mas em vista da preparação para a vida sacerdotal.

Esta formação só pode ser concretizada através do esforço dos sacerdotes da nossa diocese que nela colaboraram e colaboram. Neles, o seminarista vê aqueles que o precedem e que por isso o ajudarão naquilo que é o mais importante para o seu envolvimento com a Diocese e com o mundo atual, no seguimento de Cristo. Não poderemos esquecer a boa vontade dos sacerdotes presentes no I Semestre, bem como aqueles que de novo nos vêm ajudar na caminhada deste II Semestre. Desde a preparação para o ministério da Presidência e Comunhão, o conhecimento da História da Diocese, a análise dos vários Documentos do Magistério, a valorização das Técnicas de Comunicação, o estudo da Pastoral Comunitária e da Doutrina Social da Igreja, todas nos ajudaram na primeira parte deste nosso último ano. Neste segundo período de tempo debruçar-nos-emos sobre áreas como a Espiritualidade Sacerdotal, a Evangelização, a Missiologia, a Pastoral Catequética e o Direito Sacramental.

Assim, ao terminar o I Semestre, e ao iniciar um novo, queremos agradecer aos sacerdotes que nos acompanharam: Mons. Bouça Pires, Cón. José Manuel Melo, Cón. José Manuel Ferreira,  Pe. João António Teixeira,  Pe. João Carlos e Pe. Joaquim Dionísio a sua disponibilidade, a partilha de experiências e do seu saber, bem como damos as boas-vindas aos que nos vão ajudar nesta nova etapa, nomeadamente o Cón. Joaquim Assunção, o Cón. Manuel Leal e o Pe. Diamantino Alvaíde agradecendo a sua disponibilidade, bem como a do Cón. Melo e do Pe. Joaquim Dionísio que continuam a acompanhar-nos neste semestre.

Diogo Rodrigues | Luís Azevedo, in Voz de Lamego, ano 86/14, n.º 4351, 23 de fevereiro de 2016