Início > Falecimento, Igreja, Oração, Sacerdotes > Monsenhor José Gomes nas mãos de Deus |1925-2015

Monsenhor José Gomes nas mãos de Deus |1925-2015

gomes 4

26 de março de 1925 – 10 de dezembro de 2015

José do Nascimento Gomes nasceu na freguesia de Penela da Beira, no dia 26 de março de 1924. Filho de Joaquim Maria Gomes e de Ana da Ascensão Seixas, foi o mais novo dos 5 filhos do casal e o único rapaz. Na igreja matriz de Penela da Beira recebeu o sacramento do batismo a 3 de junho de 1925 e, na mesma freguesia, recebeu a instrução primária. Depois frequentou os seminários diocesanos de Resende e de Lamego, sendo ordenado sacerdote a 22 de agosto de 1948, pelo bispo de então, D. Ernesto Sena de Oliveira. Foram ordenados, no mesmo dia, 7 condiscípulos. Um destes veio a ser ordenado bispo para a diocese de Bragança – Miranda, D. António José Rafael.

Iniciou a sua vida paroquial nas paróquias da Prova e do Aveloso do concelho de Mêda, onde esteve 3 anos. Em 1951, D. João da Silva Campos Neves pede-lhe para assumir o múnus pastoral da paróquia de Ervedosa do Douro, no concelho de São João da Pesqueira, com a missão de construir uma residência paroquial. Em Ervedosa do Douro, uma das suas irmãs que o acompanhava morre queimada devido a uma máquina de fazer hóstias. Em 1961, no dia 1 de outubro, o mesmo bispo pede-lhe que assuma a responsabilidade pastoral da paróquia de São João da Pesqueira. Confia-lhe também a responsabilidade de arcipreste da zona pastoral de São João da Pesqueira, que exerceu durante quase 50 anos. Nos anos de 1971/72, já a pedido de D. Américo Henriques, acolheu na paróquia de São João da Pesqueira, um diácono para a primeira experiência de estágios diaconais na diocese de Lamego. Recebeu na sua paróquia aquele que é hoje o bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos.

No dia 17 de agosto 2009, o Papa Bento XVI concedeu-lhe o título de Monsenhor, pelos méritos da sua ação pastoral nas paróquias ao longo de 61 anos. Em setembro de 2010, a seu pedido, é dispensado da paroquialidade de São João da Pesqueira, pelo bispo D. Jacinto Botelho. Passa os últimos anos da sua vida com estadias alternadas entre a sua terra natal, Penela da Beira e a cidade de Almada, junto de familiares.

Enquanto pároco, foi também professor de música e assumiu, sempre que necessário, a paroquialidade de várias comunidades do concelho de São João da Pesqueira, como aconteceu a 19 de abril de 1973, em que foi nomeado pároco de Vale de Figueira a Velha por 3 anos, e a 4 de janeiro de 1978, quando foi nomeado pároco de Vilarouco e Valongo dos Azeites.

Deus chamou-o para junto de si no dia 10 de Dezembro de 2015, quando estava em Almada. O seu corpo veio, no dia seguinte, para São João da Pesqueira, onde foi celebrada eucaristia em sufrágio da sua alma. Ao fim da tarde foi trazido para Penela da Beira onde ficou câmara ardente, na igreja matriz.

No sábado, dia 12, realizou-se o seu funeral, tendo presidido à eucaristia exequial D. Jacinto Botelho, em representação do bispo de Lamego, D. António Couto. O seu corpo foi sepultado no cemitério de Penela da Beira.

A nossa oração.

in Voz de Lamego, ano 85/54, n.º 4341, 15 de dezembro

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: