Início > Ano Pastoral, D. António Couto, Evangelho, Eventos, Igreja, Jesus Cristo, Jubileu da Misericórdia, Notícias, Oração > Abertura da Porta Santa abre Jubileu | Ano Santo da Misericórdia

Abertura da Porta Santa abre Jubileu | Ano Santo da Misericórdia

IMGP9414

A diocese de Lamego, em comunhão com a Igreja universal, viveu festivamente o início do Jubileu extraordinário da Misericórdia, na tarde do passado domingo. Em simultâneo, as cerimónias aconteceram em Lamego, na Sé, e no Santuário de Nossa Senhora da Lapa.

Em Lamego, os fiéis congregaram-se na igreja de S. Francisco, sob a presidência do nosso bispo, D. António Couto. Nos ritos iniciais, a par da saudação, o Pastor diocesano sublinhou a singularidade do momento e a alegria da misericórdia proposta como caminho e porta de entrada no convívio de Deus e dos irmãos.

Após a proclamação do evangelho proposto pelo guião preparado para toda a Igreja, a multidão dirigiu-se, em procissão, para a Sé, entoando louvores a Deus e pedindo a intercessão de todos os santos, rezando a ladainha. Algumas centenas de metros depois, no adro da igreja catedral, uns trompetes anunciaram a abertura da Porta da Misericórdia que o Senhor Bispo abriu logo de seguida. E foi também seguindo o Pastor, que transportava o Evangeliário, que a numerosa assembleia entrou e ocupou todos os espaços da igreja. A cerimónia continuou com o rito da aspersão, recordando a todos as fontes baptismais pelas quais se incorporaram a Cristo, e com a celebração eucarística.

Como notas finais, sublinhar a multidão que encheu por completo a Sé, o razoável número de sacerdotes (cerca de quarenta), a participação do coro da catedral e o trabalho dos que mais de perto estiveram envolvidos na preparação das cerimónias.

De acordo com alguns testemunhos, a abertura da Porta da Misericórdia no Santuário da Lapa também decorreu bem. Presidiu à celebração o nosso bispo emérito, D. Jacinto Botelho, a que se juntaram alguns sacerdotes (nove) e um razoável número de fiéis leigos.

Com alegria, a diocese iniciou a vivência deste Ano Santo que se espera seja ocasião privilegiada de encontro de cada baptizado consigo próprio, com Deus e com os irmãos.

in Voz de Lamego, ano 85/54, n.º 4341, 15 de dezembro

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: