Início > Deus, Editorial, , Jesus Cristo, Opinião > SANTIDADE – SIM| Editorial Voz de Lamego | 27 de outubro de 2015

SANTIDADE – SIM| Editorial Voz de Lamego | 27 de outubro de 2015

Santidade_Sim

No último Domingo, 25 de outubro, encerrou a XIV Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, pelo que a edição da Voz de Lamego desta semana não poderia deixar de fazer eco do acontecimento bem como a mensagem vincada no mesmo, na preocupação comum de valorizar a família.

Por outro lado, e sintonizando com a solenidade do Todos os Santos, aí está também o Editorial do pe, Joaquim Dionísio para que a santidade seja o jeito normal de realizar a vida.

SANTIDADE – SIM

O texto “Retrato de Mónica” faz parte do livro “Contos Exemplares”, da escritora Sophia de Mello Breyner. Com a mestria que todos lhe reconhecem, a autora descreve o ser e o agir de alguém que tudo faz para ter sucesso e influência social, imune ao vazio que a habita e cega à futilidade que alimenta, seleccionando contactos, mantendo aparências e promovendo iniciativas que lhe dão visibilidade.

Mas para atingir tal “sucesso” – escreve a autora – teve que “renunciar a três coisas: à poesia, ao amor e à santidade”. À poesia só precisou de dizer não uma vez e o amor, após algumas recusas, deixou de aparecer. “Mas a santidade é oferecida a cada pessoa de novo cada dia, e por isso aqueles que renunciam à santidade são obrigados a repetir a negação todos os dias”.

A vocação comum de homens e mulheres é a santidade, entendida como fruto de uma humanidade plenamente assumida, resultado das opções e decisões de todos os dias, soma do sim ao Senhor, aos irmãos e ao mundo. Não é um acaso ou uma herança, mas resulta de um caminho consciente e responsável que não se cumpre sem sacrifício. Porque o bem, a verdade e a justiça dão trabalho!

Dizer não à santidade será, então, viver sem sentimentos, calcular egoisticamente os percursos e calar a consciência que alerta, corrige e denuncia, deixando de lado valores e princípios que elevam, aproximam e dignificam.

No próximo domingo celebramos a festa de Todos os Santos, a oportunidade para louvar e recordar todos quantos, com esforço e perseverança, disseram sim à vida e ao Seu Autor.

Eis uma ocasião propícia para repensar opções e percursos, aceitando o convite à santidade que chega diariamente. O sim será exigente, mas mais realizador que o cansativo não!

in Voz de Lamego, ano 85/48, n.º 4335, 27 de outubro

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: