Início > Ano Pastoral, Editorial, Eventos, , Mensagem, Opinião > COLABORAR E COMPROMETER-SE | Editorial Voz de Lamego | 29/09

COLABORAR E COMPROMETER-SE | Editorial Voz de Lamego | 29/09

editorial_29_setembro_2015

A edição da Voz de Lamego, semanalmente, traz-nos um conjunto de notícias e de reflexões que nos sintoniza com o mundo e com a Igreja, em particular com a região e com a diocese, com a cultura, a história, a religião. Esta semana destaca-se de forma particular a Viagem Apostólica do Papa Francisco a Cuba e aos EUA, tendo discursado no Senado norte-americano, na sede das Nações Unidas (ONU) e encerrando o encontro mundial das Famílias em Filadélfia. Outros destaques deste número: a morte do Padre Manuel João, e também do Padre Mário Lages; a entrada dos novos párocos, a entrevista a D. Jacinto por ocasião do seu 80.º aniversário natalício.

O Editorial, do nosso Diretor, Pe. Joaquim Dionísio, desafia-nos a seguir Jesus comprometendo-se totalmente com o anúncio do Evangelho, em palavras e obras. Não basta colaborar, é urgente comprometer-se com a vida toda. O Editorial convoca-nos também para a abertura do Ano Pastoral, no próximo sábado, 3 de outubro, no Seminário Maior de Lamego.

COLABORAR E COMPROMETER-SE

A fábula é conhecida e circula por aí: fala de um porco e de uma galinha que foram desafiados a providenciarem, durante duas semanas, um pequeno almoço diferente em cada dia. A ideia partiu do dono da quinta que, no momento, logo avisou: o não cumprimento do acordo levaria a que ele próprio preparasse a refeição, cujos ingredientes seriam fêveras e ovos.

Diante da perspectiva, o porco empenhou-se, sabendo que o não cumprimento ditaria o seu fim. A galinha, pelo contrário, não mais se preocupou com o assunto e continuou a picar por aqui e por ali. E um dia a refeição não apareceu e o lavrador cumpriu a ameaça: matou-se o porco para conseguir o lombo e o galinheiro foi visitado para se arranjarem ovos.

O ensinamento da fábula é claro: há uma grande diferença entre colaborar e comprometer-se. Colaborar é dar uma mão, uma ajuda, uns ovos; comprometer-se é gastar-se até ao fim, dar-se a si, dar o lombo todo.

E foi isso que Jesus pediu aos seus discípulos (Lc 9, 23-25), que se comprometessem e não se contentassem em colaborar. E o convite é válido para a vivência comunitária da fé, mas também diz respeito à vida do casal, da família, do trabalho…

No próximo sábado, a nossa diocese tornará público o seu Plano Pastoral para este ano. Mais uma etapa da nossa história comum, da qual ninguém está dispensado e que só com o contributo e disponibilidade de todos poderá ser devidamente concretizado.

Acolher os textos e as propostas ali contidos e comprometer-se, pessoal e comunitariamente, a realizar o percurso delineado contribuirá para o crescimento desta porção do Povo de Deus que é a nossa diocese. Mas, para isso, não basta opinar ou ter a intenção de colaborar; urge comprometer-se.

in Voz de Lamego, ano 85/44, n.º 4331, 29 de setembro

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: