Início > Ano Pastoral, D. António Couto, Editorial, Evangelho, Eventos, , Jesus Cristo, Jovens, Notícias, Opinião, Ordenações, Sacerdotes, Sacramentos, Vocações > MISSÃO E PROXIMIDADE | Editorial Voz de Lamego | 7 de julho

MISSÃO E PROXIMIDADE | Editorial Voz de Lamego | 7 de julho

Editorial_7julho2015

A edição desta semana, como não poderia deixar de ser, abre com a Ordenação do Fabrício e do Valentim, na Sé Catedral, no passado dia 5 de julho. Além do destaque na primeira páginas, outras páginas dedicadas a esta celebração importantíssima na vida dos ordenados, suas famílias e comunidades, mas também de toda a Igreja em Lamego.

O Editorial do nosso Diretor, Pe. Joaquim Dionísio ambienta e sublinha este acontecimento, balizando a ordenação e o sacerdócio entre a missão e a proximidade:

MISSÃO E PROXIMIDADE

A ordenação sacerdotal, culminar de uma caminhada formativa e de discernimento, é sempre um momento decisivo para quem se dispõe a seguir e a servir o Senhor, mas também de alegria para a Igreja que pede a sua ordenação e para o presbitério que cresce com os novos membros.

Por isso, é sempre oportuno agradecer tal graça ao Senhor da Messe, suplicando-Lhe que acompanhe os sacerdotes, cooperadores dos bispos, e os ajude a viver, com alegria, o serviço ao Povo de Deus.

A propósito da exigente missão dos padres, o Decreto conciliar sobre o “Ministério e a Vida dos Sacerdotes” (PO), recorda que estes são “testemunhas e dispensadores duma vida diferente da terrena”, mas só poderão servir os homens se não permanecerem “alheios à sua vida e às suas situações” (PO 3). O seu ministério exige “que não se conformem a este mundo”, mas, “como bons pastores”, tudo devem fazer para conhecer e trazer todos para o “redil de Cristo”. Daí que o título dado ao próximo Simpósio do Clero, “Padre, Irmão e Pastor” revele uma oportunidade sempre actual: a proximidade humana é condição para a missão de pastor.

O número já citado do documento conciliar, partindo do que escreveu S. Paulo (Fil 4, 8), convida os presbíteros a protagonizarem determinadas virtudes “que se apreciam no convívio humano” (bondade, sinceridade, fortaleza de alma, constância, cuidado assíduo da justiça, delicadeza) e que muito contribuirão para o concretizar da missão de pastor, cujo objectivo será “levar todos a ouvir a voz de Cristo e haja um só rebanho e um só pastor”.

Alegramo-nos com a ordenação dos Padres Fabrício e Valentim e acreditamos que, no serviço à Igreja, vão atingir, “com o seu ministério e a sua vida, a glória de Deus Pai em Cristo” (PO 2).

in Voz de Lamego, n.º 4320, ano 85/34, de 7 de julho de 2015

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: