Início > Eventos, Formação, Mensagem > ESCOLAS DO CENTRO DIOCESANO | TRABALHAR O FUTURO

ESCOLAS DO CENTRO DIOCESANO | TRABALHAR O FUTURO

jornadas

Sob a égide do tema “A Trabalhar o Futuro”, decorreram mais umas Jornadas Culturais, promovidas pelas Escolas de Formação Social Rural e Profissional de Lamego. Os dias 4 e 5 de junho foram preenchidos com atividades que fomentaram a formação, a aprendizagem, a diversão e o espírito de grupo e de pertença a uma escola.

No dia 4, fomos recebidos pelo TRC e aí decorreram, durante a manhã, três palestras. A primeira ministrada pela Prof.ª Dra. Ana Branca Carvalho sobre “Os desafios profissionais, as oportunidades e o perfil de um profissional”; na segunda a palestrante, Prof.ª Dra. Sandra Antunes  falou sobre “Problemas da sociedade contemporânea” e na terceira a Prof.ª Dra. Isabel Vieira  refletiu sobre “A importância do Turismo no Douro”.

Depois de um almoço animado no Centro João Paulo II, voltamos ao TRC para a IV Gala dos Globos de Ouro, em que se louvou aqueles que mais se destacaram ao longo do ano. Um espetáculo pleno de animação onde, mais uma vez, os nossos alunos deram mostras de muito talento não só nos estudos, mas também na dança, na música, no canto e na representação.

Seguiu-se a XII mostra de produtos regionais, apenas possível com a contribuição das mais diversas empresas da região, dedicadas à área agro-alimentar. A todos eles um público agradecimento. A noite foi animada com um flash mob e com a peça “A Escola Educa ou Instrói?”. Desde as crianças do Centro Infantil “Mãe Admirável”, passando pelos elementos do Clube de Idosos até aos alunos das escolas, fez-se uma retrospetiva da escola do antigamente e do hoje, prestando-se homenagem a um grande empreendedor, o fundador do Centro Diocesano de Promoção Social, Monsenhor Ilídio Fernandes.

O dia seguinte foi mais descontraído e teve como intuito a promoção da atividade física. Teve início com uma caminhada da Rina até à mata da Nossa Senhora dos Remédios. Aí decorreu uma caça ao tesouro, o concurso de dança e um picnic. A tarde foi preenchida com a participação nas atividade militares complementares, que nesta data se encontravam na cidade para as comemorações do 10 de Junho.

Esta tradição não seria possível sem a dedicação e a colaboração de algumas entidades, das quais destacamos a ESTGL, o TRC, a Paróquia da Sé, os Bombeiros Voluntários, a PSP e a Câmara Municipal. Um obrigado aos nossos professores, funcionários e alunos, que se dedicaram e trabalharam para que tudo tivesse o sucesso idealizado.

A promessa que fica é de continuar a promover um ensino de qualidade, virado para o mundo do trabalho, mas nunca esquecendo que é na escola que se fortalecem laços que duram uma vida e estas atividades são o reflexo dessas vontades.

Fica a promessa de continuidade, pois a satisfação foi geral e quer a ESFOSOL, quer a ESCOPAL querem continuar na vanguarda da formação.

As Direções da ESCOPAL e da ESFOSOL,

in Voz de Lamego, n.º 4318, ano 85/31, de 16 de junho de 2015

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: