Início > Ano Pastoral, D. António Couto, Eventos, Jovens, Mensagem, Solenidades, Visitas Pastorais > D. ANTÓNIO COUTO em VILA NOVA DE SOUTO D’EL REI

D. ANTÓNIO COUTO em VILA NOVA DE SOUTO D’EL REI

Photo 19-04-15, 10 36 14

Admonição inicial do Pároco,

na Eucaristia de encerramento da Visita Pastoral

 

Ex.mo e Reverendíssimo Sr. D. António Couto:

Na qualidade de Pároco de Vila Nova de Souto d’El-Rei, saúdo V.ª Ex.ª Reverendíssima e quero manifestar, em nome de todos os paroquianos, nesta Igreja Matriz, a nossa gratidão pela honra e a graça que nos confere a sua presença. Encontra-se no meio de nós para presidir à Eucaristia e proceder à administração do sacramento do Crisma a 23 jovens.

Os sinos repicam hoje festivamente para anunciar que a nossa Paróquia recebe a graça de um novo Pentecostes. Neste ano de 2015, Deus dá-nos a oportunidade de receber um sacramento que torna mais forte a fé dos jovens e os ajuda a serem testemunhas do amor de Cristo nos mais variados ambientes que os rodeiam. Os 7 dons da sabedoria, entendimento, conselho, fortaleza, ciência, piedade e temor de Deus vão ajudar estes jovens no seu crescimento, em ordem à construção do Reino de Deus nesta comunidade. Seja bem vindo Sr. Bispo, a esta parcela da Igreja diocesana.

O templo é pequeno hoje, para albergar todos os fiéis. Estão presentes os pais, padrinhos, familiares e restantes paroquianos, desde Arneirós e Lamelas até Juvandes e Póvoa. Os padrinhos foram escolhidos pelos próprios crismandos, e serão para eles a referência de uma vida consentânea com a sua fé.

Está Vossa Reverendíssima numa Paróquia que o estima, generosa no contributo material e espiritual, solidária com o seu Pároco na oração e em caminhada permanente de comunhão com Deus e os irmãos. Hoje a tradição religiosa dos mais velhos junta-se ao dinamismo da fé dos mais jovens, mas todos na mais recta intenção de construir uma Igreja viva, que cumpra sua missão de mãe e mestra da verdade, que seja um átrio de fraternidade, lugar de encontro e reconciliação, apostólica e solícita para com todos.

Estes jovens são os aliados naturais de Cristo e serão apóstolos de outros jovens. Amam a Igreja, e na reflexão que fizeram durante os encontros de preparação para o Crisma, auxiliados pelos seus catequistas, fizeram a descoberta feliz de que Deus os chama ao testemunho e à fortaleza das suas convicções religiosas. Eles querem ser soldados de Cristo, capazes de sempre O confessar diante dos homens. N’Ele encontram o sentido pleno para as suas vidas.

O grupo coral também hoje mais numeroso, constituído por elementos de toda a Paróquia, organizou-se para apoiar estes jovens, com cânticos plenos de beleza artística. Todos, sem excepção, se empenharam para que esta sua visita e, de modo particular, esta Celebração Eucarística, fosse digna, festiva e jubilosa.

                                                                         Pe. Assunção Ferreira, cónego,

in Voz de Lamego, n.º 4310, ano 85/23, de 21 de abril de 2015

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: