Início > D. António Couto, Eventos, , Jesus Cristo, Jovens, Mensagem > Discípulos Missionários caminhando na Alegria! PONTE 2015

Discípulos Missionários caminhando na Alegria! PONTE 2015

ponte-Vila da Ponte1

“Ser missionário é evangelizar! Desde já aqui, mas também ter horizontes!” D.António Couto

Somos 8 jovens vindos de várias dioceses do país: Braga (Pe. Hugo Ventura – espiritano), Porto (João Paulo Freitas – espiritano), Lamego (Luís Rafael Azevedo – Vila da Ponte), Algarve (Adriana Gonçalves e Adriana Cavaco – São Brás de Alportel), Leiria-Fátima (Jéssica Sousa – Santa Eufémia), Setúbal (Marlene Veríssimo – Barreiro), Lisboa (Elisabete Ferreira – Monte Abraão). Somos jovens com caminhadas de fé diferentes mas que se juntaram para o mesmo projeto de voluntariado missionário: Ponte 2015 numa periferia do Rio de Janeiro.

Mas para partir, não podemos simplesmente fazer as malas e voar no meio de “uma ilusão de palmas”. É necessário discernir bem qual a vontade de Deus a nosso respeito e realizar um “trabalho lento mas seguro”. Por isso encontramo-nos para mais um fim-de-semana (27-29 de Março) marcado pela oração, formação, partilha, convívio… desta vez em Vila da Ponte!

Para nos ajudar a compreender o que é ser missionário à luz no Concílio Vaticano II e perante os ensinamentos do Papa Francisco, tivemos entre nós o Bispo de Lamego, D. António Couto. Com ele aprendemos que “missão não é uma etiqueta que se possa colocar e retirar”, pelo contrário, é uma natureza apreendida do estilo de Jesus: “Como Eu vos fiz, fazei vós também”. Somos missionários desde o momento que somos discípulos e isto deve ver-se nas relações quotidianas porque “o que vai ficar para o futuro é aquilo que semearmos na nossa vida normal”. Foi um momento bastante interessante, de conversa fluida, com perguntas/respostas e várias partilhas.

Durante a tarde de sábado, orientados pelo Anthony Nascimento (JSF Douro) e pela Salomé Peixoto (JSF Minho) colocamos os pés a caminho e subimos até ao Santuário de Nossa Senhora das Necessidades. Fomos parando, refletindo na importância de sair de nós próprios, sair do nosso “mundinho”, olhar o outro, tocar o enfermo, abraçar quem amamos, confiar em Alguém que nos guia e quer que sejamos UM grupo.

ponte-Vila da Ponte

Uma vez lá em cima, realizamos uma Lectio Divina. Antes de jantar ouvimos alguns testemunhos da Cátia Santa, Stéphanie Ferreira (JSF Godim/ Brasil 2010) e da Ana Pereira (JSF Godim/ Guiné-Bissau 2014). Ao escutarmos as suas palavras compreendemos que para irmos fazer voluntariado missionário para outro país temos de ter o coração aberto para acolher uma nova vivência da fé, tradições diferentes, uma cultura desconhecida.

Para terminar o dia em grande cantamos e rezamos juntamente com a população de Vila da Ponte e outros amigos num fantástico concerto orante proporcionado pelos “Mendigo de Deus”.

O sol nasceu! Era o Dia Mundial da Juventude! Celebramos com a comunidade paroquial e juntamente com o grupo JSF que nos acolhia dramatizamos a “Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém”.

Entretanto chegou a hora de regressar a casa. O tempo tinha passado a correr… mas os objetivos do fim-de-semana estavam cumpridos: fortalecer os laços dentro do grupo e preparar a mente e o coração para uma missão verdadeiramente ao “estilo” de Cristo!

Obrigado a todos aqueles que connosco querem contruir esta PONTE!

Grupo Ponte 2015, in Voz de Lamego, n.º 4308, ano 85/21, de 7 de abril de 2015

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: