Arquivo

Archive for 06/04/2015

D. António Couto no programa Ecclesia: Ressurreição de Jesus Cristo

D. António Couto foi convidado especial do Programa da Igreja Católica na RTP 2, Ecclesia, abordando a Paixão e Morte de Jesus Cristo, em programa emitido em Sexta-feira Santa, no passado dia 3 de abril, e o mistério da Ressurreição, programa emitido em Segunda-feira de Páscoa, 6 de abril. Aqui disponibilizamos esta segunda entrevista com o nosso Bispo:

Visita Pastoral em Lamego |> Unidade Hospitalar de Lamego

hospital-visita

Integrado num programa alargado de Visita Pastoral às Paróquias da Sé e Almacave, o Sr. Bispo de Lamego manifestou a vontade de estar com os doentes e com os colaboradores da Unidade Hospitalar de Lamego do CHTMAD E.P.E, no dia 4 de março de 2015, pelas 15.00h. Depois de recebido na porta do Hospital pelos representantes do Conselho de Administração na Unidade Hospitalar de Lamego e outras pessoas que o esperavam, o Sr. D. António Couto visitou os diversos serviços do Hospital, cumprimentando, dando a sua bênção e a sua palavra amiga a todos os doentes e colaboradores que foi encontrando na sua caminhada.

Foi percetível a satisfação e alegria com que muitos doentes sentiram a presença próxima e solidária do seu Bispo, ouviram as suas palavras e se sentiram reconfortados na sua dor. Como disse D. António Couto, são pessoas que doem e temos que lhes acudir. Na sua dor física, mas também na sua dor espiritual. E por isso, demoradamente, afavelmente, um por um e a cada um abriu as suas mãos e, com o seu irmão, se fez solidário.

No fim da visita pelos serviços do Hospital, reuniu-se com todos os colaboradores que quiseram estar presentes no auditório. Aí, foi proferido um pequeno apontamento formal de boas vindas pelo Enfº. José Manuel Correia que, em nome da Instituição, o saudou e lhe disse que a sua presença era importante para a maior parte das pessoas e dos colaboradores desta casa:

  • Importante porque é Pastor de um rebanho que contém muitas pessoas que connosco estão todos os dias (doentes, familiares, colaboradores);

  • Importante porque é uma pessoa com responsabilidade social acrescida e capacidade de cativar os outros;

  • Importante porque a Igreja não pode deixar de ser parceiro deste “nosso” Hospital na sua missão de “acudir às pessoas que doem”;

  • Importante porque  o  consideramos  nosso  amigo  e  esperamos  que  com  a  sua solidariedade e partilha possamos prestar cada vez mais e melhores cuidados de saúde.

De seguida o Sr. D. António Couto agradeceu o acolhimento e a oportunidade de poder estar perto dos que sofrem e dos que deles cuidam. Enfatizou o seu desejo, a necessidade e a disponibilidade para ajudar a encontrar a melhor assistência religiosa para esta Unidade e, porque estamos todos do lado das pessoas, juntar a sua voz e a sua escrita ao anseio legítimo (das pessoas) de haver cada vez “mais saúde” nesta região e nesta Diocese de população idosa e fragilizada, de menor densidade populacional mas de elevada densidade intelectual e moral, sempre com o objetivo de continuar a prestar-se os melhores cuidados de saúde em proximidade e qualidade.

Terminou com palavras bonitas e sentidas de um poema seu e que nos exorta a saber ver a flor de amendoeira que, do negrume da invernia é a primeira e emergir, nascida bela e harmoniosa, como que a querer dizer-nos: Olhem. Vejam. Vem aí a primavera. Vem aí a esperança. Vamos caminhar em frente…

in Voz de Lamego, n.º 4307, ano 85/20, de 31 de março de 2015