Início > Eventos, , Jesus Cristo, Jovens, Mensagem, Seminários, Vocações > CAMINHADA VOCACIONAL | Pré Seminário | SEMINÁRIO DE LAMEGO

CAMINHADA VOCACIONAL | Pré Seminário | SEMINÁRIO DE LAMEGO

SAMSUNG DIGITAL CAMERA

“O último presente”

O Seminário Maior de Lamego realizou, de 7 a 8 de março, em Braga, no Seminário Interdiocesano de S. José, mais um Pré-seminário. Neste, participaram três seminaristas do Seminário Menor de Resende que puderam contactar com a vida diária dos seminaristas, mais diretamente. Foram incluídas no fim de semana as visitas a alguns locais da cidade, momentos de oração, a visualização de um filme e momentos de reflexão. Este último ponto girou em torno de uma temática diferente…“Trabalho, dinheiro, amizade, conhecimento, problemas, família, alegria, sonhos, dar, gratidão, dia perfeito, amor… o derradeiro presente”. À primeira vista, isto é apenas uma sequência aleatória de palavras que têm um significado por si mesmas, mas sem ligação alguma às restantes. No entanto estas podem ser ligadas se dermos um “título” a esta lista. “Dons”/”Presentes” é o elo que organiza as ideias em torno desta espécie de exercício. Tudo isto são dons que fazem ou deveriam fazer parte das nossas vidas.

É necessário o trabalho para obter frutos, pois nada se faz sozinho e é necessário por o nosso suor nas coisas para lhes darmos o devido valor. É necessário o dom do dinheiro, não só para uso próprio, mas também para ajudar quem necessita mais do que nós. O dom da amizade e o da família que muitas vezes são desprezados/maltratados, o que torna necessária uma especial atenção aos laços afetivos que se estejam a “desfazer” de forma a repará-los. A sabedoria, por sua vez, é um caminho que, sendo guiado por Deus, nos leva à verdade, para além de ser uma ferramenta muito necessária no dia-a-dia. Os problemas, apesar do sofrimento que trazem, são também um dom pois é errando que se aprende a nunca voltar a cair nesse mesmo erro. A alegria manifesta-se por um simples sorriso, que tanto nos alegra a nós, mas também contagia os outros. Os sonhos também não devem ser esquecidos e quanto mais difíceis de realizar, mais contribuirão para o nosso desenvolvimento porquanto procuramos concretizá-los. Os dons de “dar e da “gratidão” interligam-se, pois tão  importante é dar, como receber e tão  importante é sentirmo-nos felizes por receber algo, como tornar os outros felizes por pela sua oferta, mesmo com um simples “obrigado”. Já o dia perfeito é, também, aquele em que somos felizes, mas contagiamos de igual forma quem nos rodeia. Por fim o amor, como o derradeiro presente. O presente mais perfeito, que nos é oferecido por Deus e que deve ser retribuído ao mesmo, mas também partilhado. Toda esta interpretação resume um filme, “O último presente” (de Michael O. Sajbel, 2017), em que o protagonista, Jason, tem que realizar uma série de trabalhos para adquirir os doze dons e no fim receber o derradeiro presente (como herança) do seu falecido avô. De seguida a estes doze dons, propôs-se um décimo terceiro: a vocação. A vocação, o tema base dos “pré-seminários”, como um dos destinos a que levam e para a qual são necessários os outros doze dons.

Ilídio Ferreira, SMR, in VOZ DE LAMEGO, n.º 4304, ano 85/17, de 10 de março de 2015

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: