Início > Editorial, , Jesus Cristo, Mensagem, Opinião > LUZ PARA AS NAÇÕES | Editorial Voz de Lamego | 3 de fevereiro

LUZ PARA AS NAÇÕES | Editorial Voz de Lamego | 3 de fevereiro

VL_3fev2015

Quando se aproxima o Dia Mundial do Doente, e com a Mensagem do Papa Francisco já conhecida, a edição do Jornal Diocesano destaca este acontecimento e publica, nas páginas interiores, a Mensagem papal. Mas, como nos habituou, a Voz de Lamego tem muitos outros motivos de interesse, notícias, eventos futuros, propostas de reflexão, sugestões de leitura, informações sobre a Igreja na Diocese, em Portugal e no mundo; o que vai acontecimento nesta região; as intervenções do Papa durante a última semana; nota também para o texto sobre a vida consagrada e uma nova rubrica dedicada às Pastoral Vocacional.

Mas para já, a primeira partilha, o Editorial do Diretor da Voz de Lamego, Pe. Joaquim Dionísio:

LUZ PARA AS NAÇÕES

No segundo dia de fevereiro, quarenta dias depois do Natal, a Igreja celebra a Apresentação do Senhor. Cumprindo a tradição, José e Maria levam Jesus a Jerusalém para o consagrarem a Deus e oferecem por ele o sacrifício que a lei estipulava. Tudo se passa no Templo, centro da vida religiosa de Israel, espaço de encontro, de cumprimento de promessas e de revelação divina.

Diante do recém-nascido, Simeão, um senhor já avançado na idade, louva a Deus por ver cumpridas as promessas, exterioriza a sua alegria diante daquele que contempla como “Luz para as nações” e confessa estar pronto para partir ao encontro do Criador, porque os seus olhos já “viram a Salvação”.

Apresentação do Senhor é a festa da luz, oportunidade para recordar a cada baptizado que, com as suas opções, gestos e palavras pode ser um reflexo dessa Luz. Não para ser o centro ou a referência, mas contribuindo para que todos possam ver e ser vistos com a claridade de Deus.

Mas é também a festa da profecia, mostrando-nos que toda a verdadeira profecia conduz a Cristo e anuncia que Jesus é a felicidade, o Salvador do mundo.

O Templo era o lugar do sacrifício. Jesus não foge das dificuldades e do sofrimento e ali o encontramos por diversas vezes. Mas, entrando, anuncia e testemunha que o verdadeiro sacrifício é o dom de si mesmo e a luz é a amizade por todos.

No segundo dia de Fevereiro, contemplando a Luz que ilumina, a Promessa que se cumpre e o Dom que se oferece, a Igreja festeja os Consagrados. Pela sua vida, pelo seu serviço, pela sua palavra, os consagrados anunciam Cristo na nossa diocese. E agradecemos-lhe por isso.

in VOZ DE LAMEGO, n.º 4299, ano 85/12, de 3 de fevereiro de 2015

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: