Início > Mensagem, Notícias, Sacerdotes, Seminários > Semana dos Seminários | SERVIDORES DA ALEGRIA DO EVANGELHO

Semana dos Seminários | SERVIDORES DA ALEGRIA DO EVANGELHO

2014-10-SemanaSeminarios2014-Cartaz

Aproxima-se a Semana dos Seminários, que decorrerá de 9 a 16 de novembro de 2014, em todo o Portugal. D. Virgílio do Nascimento, responsável pela Comissão Episcopal das Vocações e dos Ministérios, propõe-nos a seguinte Mensagem:

A alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus” (Papa Francisco, Evangelii gaudium, 1).

Nesta Semana dos Seminários de 2014, reafi rmamos a nossa certeza de que o caminho da Igreja é o caminho da alegria do Evangelho, ou seja, o caminho de Cristo, que transforma as dores da humanidade, a tristeza, o desespero e a morte, em nova aurora de vida, de esperança e de alegria.

Reafirmamos que o caminho da evangelização do mundo passa pelo testemunho de vida de muitas pessoas, famílias e comunidades, que se sentem felizes por estar fundadas em Cristo. Do mesmo modo, assumimos que a via mais segura para o cultivo das vocações sacerdotais entre os jovens, exige que todos nós, cristãos, vivamos e testemunhemos a alegria do encontro com o Evangelho.

Rezamos pelos nossos Seminários, para que sejam escolas de formação dos futuros padres, servidores da alegria do Evangelho.

  1. Padre, discípulo com os discípulos

Ontem, como hoje, a Igreja e o Mundo reclamam padres que sejam homens de Deus, cheios do Evangelho no coração e na vida, apaixonados por Jesus Cristo, discípulos disponíveis para seguir o Mestre.

Não se pede ao padre que seja o compêndio de todas as virtudes humanas e espirituais, o herói que tudo pode e supera, o mestre que domina todas as áreas do saber, a perfeição no agir. Pede-lhe a humanidade e pede-lhe o Evangelho que seja homem alegre e amigo fi el de Jesus Cristo, cristão, que agradece o dom da fé como o tesouro da sua vida e o Evangelho como a sua única via de fidelidade a Deus e aos homens.

A partir do batismo, porta de entrada na fé da Igreja, ele começou a participar da alegria do Evangelho, que procura incarnar na totalidade da sua existência, como um apaixonado por Jesus Cristo, que o chama e um apaixonado pela humanidade que serve.

O percurso eclesial do padre, na fase da descoberta vocacional, no período da formação específica enquanto seminarista e no exercício do ministério ordenado, carateriza-se pelo amor incondicional à condição de cristão/discípulo do Senhor. Ali encontra a razão de ser da sua vida e a disponibilidade para acolher e anunciar a alegria do Evangelho, para integrar a comunidade cristã e a servir, para seguir Cristo e convidar os outros a segui-l’O.

  1. Padre, pastor para os cristãos

A especificidade da vocação sacerdotal faz do padre pastor dos outros cristãos, em virtude da graça do sacramento da Ordem, que o configura com Cristo Cabeça e Pastor da Igreja.

A sua maior alegria está em acompanhar as comunidades e em as ajudar a caminhar na fé, na esperança e no amor, a irem ao encontro do Senhor e a progredirem como comunidades de discípulos missionários.

Sem deixar de ser cristão com os outros cristãos, sem deixar de ser membro da comunidade, o padre é pastor dos outros cristãos e dedica-lhes, com coração indiviso, a totalidade das suas capacidades e forças. Sente a alegria de dar e de se dar para que todos tenham a Vida em abundância, tal como Cristo se entregou na cruz e continua a entregar-se, em sinal de amor.

Quando anuncia o Evangelho, quando convoca a comunidade, a orienta e conduz, quando preside em nome de Jesus Cristo, sente-se realizado na sua ânsia de se dar e na concretização da sua vocação de irmão de todos os homens e pastor do rebanho do Senhor. De um modo muito especial, quando celebra a Eucaristia, manifesta a grandeza de Deus que alimenta e enche de bens todos os famintos; quando perdoa e absolve em nome de Jesus, manifesta o mistério de graça e misericórdia que habita o coração de Deus.

Em todas as fases da sua vida, desde que conhece a vocação à qual foi chamado, torna-se disponível para ser o rosto de Deus diante da humanidade, para ser instrumento de Deus que aponta o caminho da Vida e atualiza, por gestos e palavras, a salvação realizada por Jesus Cristo. O Seminário é, já, o lugar, o tempo e a comunidade em que saboreia antecipadamente a alegria de ser rosto, voz, mãos e coração de Deus.

  1. Padre, servidor da alegria do Evangelho

O Papa Francisco convidou toda a Igreja a ser serva da alegria do Evangelho e convidou todos os cristãos a renovarem o seu encontro pessoal com Jesus Cristo, como o caminho da alegria, do qual ninguém é excluído (cf. EG 3).

Enquanto chamado a viver na intimidade de Cristo, o padre tem a oportunidade de conhecer de perto a fonte e as razões de toda a alegria; enquanto chamado a configurar-se com Cristo, Pastor e Cabeça da Igreja, entra em profundidade no seu mistério pascal, com Ele passa pela dor da cruz e da morte, para com Ele testemunhar a alegria da ressurreição; enquanto enviado ao mundo, tem por missão sintonizar com todos os homens e mulheres, assumir as suas dores e acolher as suas alegrias, para as oferecer Àquele que renova todas as coisas.

Ser servidor da alegria do Evangelho significa estar com todos, especialmente com os mais pobres, com os que mais sofrem, com os pecadores e doentes, para lhes comunicar a alegria do Ressuscitado, para restaurar a esperança perdida, para ser sinal da bênção do Deus rico de misericórdia.

O Seminário é tempo, lugar e comunidade, em que os jovens aprendem a viver a alegria do Evangelho, em que sentem e assumem as alegrias e tristezas da humanidade, no concreto da relação com as pessoas com as quais se cruzam, dentro de casa, na escola de Teologia ou nos trabalhos apostólicos.

  1. ORAÇÃO PARA A SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2014

Senhor, nosso Deus, nós Vos bendizemos,

porque nos chamastes a ser cristãos

e discípulos de Jesus Cristo, o único Mestre.

Nós Vos damos graças pelos pastores,

que nos conduzem às fontes da Palavra,

ao banquete da Eucaristia

e aos caminhos da Reconciliação.

Nós Vos pedimos pela Igreja,

para que, testemunhando a alegria do Evangelho,

gere no seu seio santas vocações sacerdotais.

Por intercessão de Maria,

nós vos pedimos pelos nossos Seminários,

escola de cristãos, discípulos e pastores:

servidores da alegria do Evangelho.

Ámen.

D. Virgílio do Nascimento Antunes

Bispo de Santarém e Presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios

Outro material disponibilizado através da página da Diocese de Santarém:

SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2014

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: