Início > Colégio de Arciprestes, D. António Couto, Eventos, Notícias, Sacerdotes > Colégio de Arciprestes e o novo Ano Pastoral

Colégio de Arciprestes e o novo Ano Pastoral

20140912_112052

No passado dia 12 de setembro, o Colégio de Arciprestes, reuniu, na Casa de São José, na cidade de Lamego, centrando particular atenção no lançamento do novo ano pastoral.

Com a presença dos Arciprestes e Vice Arciprestes, do senhor Vigário Geral e do senhor Pró Vigário Geral, presidiu, como habitualmente, o Sr. Bispo, D. António Couto, que tomou a palavra durante o momento da Oração inicial, sublinhando a necessidade de sermos verdadeiramente aprendizes de Jesus, procurando iluminar a nossa vida com a Sua presença, para sairmos e O levarmos aos outros. O Evangelho revela-nos o mistério de Deus, justo e bom, e faz-nos sair ao encontro dos outros (cf, Ro 1, 16-17).

O reverendo Pe. José Manuel Melo, responsável diocesano da pastoral, apresentou as linhas gerais do Plano Pastoral Diocesano, que acolhe sugestões dos vários arciprestados e movimentos eclesiais, serviços diocesanos, com os tempos fortes a valorizar, do Advento e Natal, Quaresma e Páscoa, Semana (dia) da Família, da Juventude, dos Idosos, do Doente…

O próximo triénio estará sob a ambiência da Família, cujos Sínodos dos Bispos, Ordinário e Extraordinário, se realizarão em Roma em 2014 e em 2015, respetivamente, procurando encontrar respostas que vão de encontro às preocupações, dificuldades e anseios das famílias no contexto atual. Depois da auscultação às dioceses e paróquias do mundo inteiro, com o instrumento de trabalho disponibilizado pelo Vaticano, é agora tempo das comunidades aprofundarem em conjunto as questões, com ousadia, em atitude de humildade e serviço, sempre na predisposição de seguir Jesus Cristo: acolher a pessoa concreta, com o seu sofrimento e os seus sonhos, as suas dúvidas e esperanças, as suas tristezas e alegrias.

20140912_112114A planificação pastoral continuará agrafada ao “IDE”, conforme sublinhou o Senhor Bispo, na dinâmica acentuada pelo Papa Francisco que desafia os cristãos a percorrerem as periferias existenciais, no cuidado dos mais frágeis e desprotegidos. A Igreja, centrada em cristo há sair ao encontro das 99 ovelhas que andam afastadas. Discípulos missionários. Acolher, viver Jesus Cristo e sair a anunciá-lo a todas as pessoas, em todos os ambientes.

O triénio desdobrar-se-á do seguinte modo: ano pastoral de 2014/2015 – Ide e construi com mais amor a família de Deus; ano pastoral de 2015/2016 – Liturgia e Oração; 2016/2017 – Ide e levai/anunciai a Palavra de Deus. Envio de Jesus – Ide e fazei discípulos (Mt 28,19), envio a construir mais família, em ambiência de oração que nos abre à família de Jesus, e tendo sempre como objetivo levar o Evangelho a todas as nações.

Neste primeiro ano, a temática da família, com a luzes e as sombras, com o caminho que poderemos e deveremos percorrer para melhor vivermos e anunciarmos Jesus, com tempos de formação voltados para a família, na preparação do batismo e do matrimónio, nas Bodas de Prata e de Ouro Matrimoniais, numa presença mais afetiva por ocasião dos funerais, a catequese paroquial. Promovendo ocasiões para que as famílias se encontrem, rezem em conjunto, debatam preocupações, testemunhem a partir das suas famílias, celebrem, abrindo-se sempre à família mais alargada de Deus.

De sublinhar, entre outras oportunidades pastorais, o próximo dia 27 de setembro, Dia da Igreja Diocesana, destinado a apresentar o Plano Pastoral às pessoas mais empenhadas na dinâmica pastoral, sacerdotes, membros dos conselhos pastorais, paroquiais, arciprestais, diocesano, membros de conselhos económicos, catequistas, movimentos eclesiais, grupos corais, jovens.

Uma iniciativa acolhida com grande expectativa: CATEQUESES QUARESMAIS, preparadas e a proferir por D. António Couto, a partir da Sé Catedral, nos Domingos da Quaresma, pelas 17h00 da tarde, com a participação presencial, mas com a possibilidade, através de diversas plataformas tecnológicas, de juntar comunidades, grupos, movimentos, em outros locais da Diocese para que tenham acesso às catequese, em direto ou em deferido.

Outra oportunidade: a celebração da Solenidade de São Sebastião, Padroeiro da Diocese de Lamego, no dia 20 de janeiro, valorizando-o com encontro/iniciativa cultural e formativa, e com o solene Pontifical na Sé Catedral.

No âmbito do Centenário das Aparições de Fátima, no ano de 2017, a passagem da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima entre os dias 26 de julho e 9 de agosto de 2015. Será um momento de particular mobilização dos fiéis desta mui nobre Diocese de Lamego, como o será nas outras Dioceses portuguesas.

As reuniões e os encontros de movimentos, serviços ou departamentos de pastoral têm como fito congregar esforços, coordenar iniciativas, agilizar a proximidade entre pessoas e entre comunidades, chamando mais pessoas, para que mais pessoas sejam enviadas a testemunhar a alegria de ser cristão.

Pe. Manuel Gonçalves, in Voz de Lamego, n.º 4280, de 16 de setembro de 2o14

  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: